Novo ransomware para telemóveis é propagado via SMS

Um novo ransomware para Android está a ser difundido através de mensagens para a lista de contactos do telemóvel. O malware bloqueia todas as funções e exige um resgate de 0,01 bitcoins.

A ESET publicou no seu blogue a descoberta de mais um malware que está a afetar os utilizadores Android. Este consiste na encriptação de dados e num consequente pedido de resgate para que volte a ter acesso à informação pessoal, tal como um típico ransomware de computador.

Segundo a ESET, este malware encontra-se ativo, pelo menos, desde 12 de julho. Não sendo possível saber o real impacto que este software malicioso já possui, a fonte destes dados acredita que o número de lesados possa ser limitado.

Apelidado de Android/Filecoder.C, a sua propagação está a ser feita em fóruns como o Reddit ou o XDA Developers. O isco é lançado no formato de um QR Code, que pode ser encontrado em publicações ou comentários presentes nos fóruns.

Esse QR Code leva ao download de uma aplicação, que é instalada manualmente no smartphone. Uma vez instalada, ela terá acesso à lista de contactos e a partir dela enviará mensagens com um link que aponta de volta para esse software malicioso.

Depois de enviada essa mensagem, o Android/Filecoder.C consegue encriptar todos os ficheiros, com exceção dos ficheiros de sistema. Feito esse processo, a vítima é confrontada com uma mensagem que indica que os dados foram sequestrados e que só é possível reavê-los mediante o pagamento de 0.01 bitcoins — o equivalente, no momento, a cerca 95 euros.

De forma a maximizar o seu alcance, este software malicioso possui uma mensagem gravada em 42 idiomas diferentes. Em seguida, baseia-se na linguagem predefinida do seu smartphone para eleger a que deverá enviar às vítimas. Assim, garante que conseguirá ser compreendida por todos os potenciais alvos.

Como evitar

Um dos passos fundamentais para precaver este esquema é manter o smartphone sempre atualizado. Mensalmente a Google disponibiliza atualizações de segurança para o Android para que o equipamento não fique vulnerável a terceiros.

Outra questão que se deve ter imensa cautela é as aplicações que se descarrega. O lugar mais seguro para o fazer é na Play Store. Assim sendo, é aconselhável que se mantenha o mais afastado possível de apps que não sejam provenientes desta loja de aplicações.

No entanto, a loja da Google não é infalível e importa igualmente perceber que tipo de aplicação se está a descarregar. Se os comentários e avaliações à mesma deixarem incertezas, o melhor mesmo é esquecer a aplicação.

ZAP ZAP // 4gnews

PARTILHAR

RESPONDER

Nova Iorque quer oferecer vacina aos turistas. Miami vai começar a vacinar no aeroporto

Em Nova Iorque os turistas irão receber a vacina da Johnson & Johnson e em Miami a vacina da Pfizer. Com o objetivo de reativar o turismo na cidade, as autoridades de Nova Iorque querem oferecer …

Carta misteriosa escrita por passageira do Titanic está a intrigar os peritos

Uma equipa de investigadores está a tentar desvendar um mistério que envolve uma carta que terá sido escrita por uma jovem a bordo do Titanic na véspera do naufrágio. Uma família encontrou a carta numa garrafa …

Violência na Colômbia preocupa comunidade internacional

Várias cidades colombianas continuam a ser palco de violentas manifestações contra o Governo do país, mas são reprimidas com força pela polícia e por militares. As manifestações começaram em forma de protesto contra uma reforma tributária …

Veterana de Bletchley Park tem um novo código da 2.ª Guerra para decifrar (mas precisa de ajuda)

Um casal que encontrou mensagens codificadas da II Guerra Mundial sob o assoalho está tentar decifrá-las com a ajuda do seu vizinho, um decifrador de códigos de Bletchley Park. John e Val Campbell encontraram um esconderijo …

"Caixas mistério" com animais de estimação geram indignação na China

Uma nova moda conhecida como "caixa mistério" ganhou popularidade na China. O método consiste em fazer uma encomenda através da internet e é enviada, pelo correio, uma caixa com um animal de estimação. Estas encomendas estão …

Arquivos da polícia do Estado Islâmico revelam como era a vida sob o califado

Arquivos da polícia do Estado Islâmico, conhecida como shurta, revelam como era a vida sob o califado. Os polícias eram tão bem pagos que não podiam ser subornados. Não é sempre que os regimes mirram …

Barco português detido por ancorar ilegalmente em águas da Malásia

Um navio mercante registado em Portugal está retido na Malásia por ter alegadamente ancorado em águas territoriais do país sem autorização, avançou esta sexta-feira a Guarda Costeira malaia. Num comunicado, Nurul Hizam Zakaria, diretor da agência …

”Eficácia e qualidade”. OMS aprova vacina chinesa da Sinopharm

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou, esta sexta-feira, o uso de emergência da vacina chinesa contra a covid-19 da Sinopharm. Trata-se da primeira vacina desenvolvida pela China a ser aprovada pela organização, lembra a agência …

Sem estado de emergência não pode haver confinamento de pessoas saudáveis

O constitucionalista Jorge Reis Novais defendeu hoje que sem estado de emergência que suspenda a garantia do artigo 27.º da Constituição não pode haver confinamento de pessoas saudáveis, até uma eventual revisão constitucional. Por outro lado, …

"Neuro-direitos". O Chile quer proteger os seus cidadãos do controlo da mente

O Chile quer tornar-se o primeiro país a proteger as pessoas do controlo da mente, à medida que a capacidade de mexer com cérebros se aproxima cada vez mais da realidade. O senador Guido Girardi está …