Racionamento elétrico na Venezuela pode prolongar-se durante um ano

Jeffrey Arguedas / EPA

O prolongamento surge após a Associação Venezuelana de Engenharia Elétrica (Aviem) avisar que são necessários sete anos para conseguir que o sistema elétrico do país volte a ter a estabilidade que tinha.

O novo ministro venezuelano de Energia Elétrica, Igor Gavidia, anunciou esta segunda-feira que o programa de racionamento de eletricidade no país, iniciado no dia 1, “poderá prolongar-se por “um ano”. “Vamos atacar os problemas do plano de recuperação do sistema elétrico que o Presidente iniciou a curto prazo, entre 30 e 60 dias, entre 60 e 90 dias e prolongar um ano.”

O ministro falava em Puerto Ordáz, no Estado venezuelano de Bolívar, no sudeste de Caracas, durante a instalação do Estado-Maior Elétrico da Região Sul.

Já o ministro de Comunicação e Informação da Venezuela, Jorge Rodríguez, explicou que o Governo do Presidente Nicolás Maduro trabalha para “assegurar, em todos os sentidos, o sistema elétrico nacional”, após os apagões que em março deixaram o país na quase totalidade às escuras.

Segundo Jorge Rodríguez, a recuperação do sistema elétrico venezuelano passa pela criação dos Estados-Maiores Elétricos nas diferentes regiões do país. “Estamos numa construção, sem pressa, mas sem pausa, da vitória que é a tranquilidade das pessoas”, garantiu.

O anúncio do prolongamento do racionamento elétrico “até um ano” ocorreu depois de a Associação Venezuelana de Engenharia Elétrica (Aviem) advertir, no último domingo, que são necessários sete anos para conseguir que o sistema elétrico do país volte a ter “a estabilidade que tinha há mais de uma década”.

“Durante muitos anos foram orçamentadas numerosas obras, mas nunca foram incorporadas fisicamente”, disse o diretor da Aviem, Rafael Rodríguez, ao diário El Universal. Segundo aquele responsável, além de um programa de manutenção permanente, o sistema elétrico venezuelano requer grandes investimentos e a capacitação dos funcionários.

Rafael Rodríguez adiantou que durante o Governo do Presidente Hugo Chávez (que presidiu o país entre 1999 e 2013) foram compradas “pequenas máquinas, de poucos quilowatts, algumas delas usadas” e que “nada acrescentaram ao serviço elétrico“.

De acordo com o presidente da Associação Civil Comité de Afetados pelos Apagões, Aixa López, o plano de racionamento “é um apagão legal”, considerando que estão a sacrificar os Estados do interior do país “para dar eletricidade a Caracas”.

No dia 31 de março, entre protestos a nível nacional por falta de energia elétrica, gás e outros serviços básicos, Nicolás Maduro anunciou a ativação de um programa de racionamento elétrico durante um mês. Um dia depois, o Presidente demitiu o ministro da Energia Elétrica, o general Luís Motta Domínguez, e nomeou para o seu lugar o engenheiro Igor Gaviria.

Entretanto, o programa de racionamento, divulgado pela Corporação Elétrica Nacional da Venezuela (Corpoelec), prevê que a população tenha serviço contínuo 24 horas, dois dias no total em cada semana.

No passado dia 7 de março, uma falha na barragem de El Guri (a principal do país) deixou a Venezuela às escuras durante uma semana. Em 25 de março verificou-se um novo apagão, que afetou pelo menos 18 dos 24 Estados, incluindo Caracas, que estiveram às escuras, total ou parcialmente, pelo menos durante 72 horas.

Quatro dias depois pelo menos 21 Estados ficaram sem eletricidade e 24 horas depois as falhas elétricas fizeram sentir-se em pelo menos 20 Estados.

Na Venezuela são cada vez mais frequentes e prolongadas as falhas no fornecimento de eletricidade, passando de pequenos a grandes apagões que chegam a afetar a totalidade do território.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Afinal tinham sido os americanos a provocar a falha…. agora já é a rede que está degradada e que nunca foi intervencionada e com investimentos em material obsoleto nos tempos de chaves…
    Enfim o maduro agarra-se ao poder que nem uma lapa podre!
    Está na hora dos Venezuelanos correrem com esses parasitas!

RESPONDER

Gelo a cair num buraco faz barulhos estranhos (e parece uma batalha de lasers)

Alguma vez pensou o que se ouve quando deixamos cair gelo num buraco gelado profundo? Já não precisamos de pensar mais - e já podemos ouvir. O vídeo do pedaço de gelo a cair num buraco …

Tribunal recusa exumar corpo. Rosa Grilo conhece sentença a 3 de março

A leitura do acórdão no processo do homicídio do triatleta ficou agendada, esta terça-feira, para o dia 3 de março. De acordo com o Diário de Notícias, a defesa de Rosa Grilo pediu a exumação do …

Revelados documentos que provam a investigação de OVNIs por parte do Pentágono

Documentos recentemente divulgados mostram que o Departamento de Defesa dos Estados Unidos (EUA) financiou estudos sobre Objetos Voadores Não Identificados (OVNI's), contradizendo declarações recentes do Pentágono. Em 2017, o New York Times revelou a existência de …

"Nem sei onde é Alcochete". Pinto da Costa ouvido como testemunha de Bruno de Carvalho

O presidente do FC Porto foi ouvido, esta terça-feira, como uma das testemunhas do ex-dirigente leonino no julgamento da invasão à academia do Sporting, em Alcochete, que está a decorrer no tribunal de Monsanto, em …

A nova obra de Bansky só durou dois dias

A nova obra do artista britânico Banksy, que apareceu na véspera do Dia dos Namorados em Bristol, foi coberta por um grafite cor-de-rosa dois dias depois. A imagem de uma menina a atirar flores vermelhas com uma …

Mais de cem médicos assinam carta a exigir fim da "tortura" de Assange

Mais de cem médicos assinaram uma carta, divulgada esta terça-feira, na qual pedem que o fundador do Wikileaks receba tratamento médico adequado.  Através de uma carta publicada, esta terça-feira, na revista científica The Lancet, mais de uma …

Espiões russos foram à Irlanda investigar cabos submarinos de Internet. Teme-se que os cortem

Esta segunda-feira, o mundo entrou em estado de alerta: agentes secretos da Rússia foram descobertos na Irlanda, numa missão para mapear a localização exata dos cabos submarinos que conectam a Europa à América do Norte. Não …

Telmo Correia eleito líder parlamentar do CDS-PP por unanimidade

O deputado foi eleito, esta terça-feira, presidente do Grupo Parlamentar do CDS-PP, sucedendo a Cecília Meireles, numa votação em que contou com os votos favoráveis dos restantes quatro eleitos centristas. O anúncio foi feito no Parlamento …

Site de genealogia "salva" homem preso há 15 anos por um crime que não cometeu

Ricky Davis é a primeira pessoa a ser libertada com recurso a testes modernos de ADN no estado da Califórnia e o segundo nos Estados Unidos. Ricky Davis tinha 20 anos quando Jane Hylton, de 54 …

Bolsonaro acusado de fazer insinuação sexual contra jornalista

O Presidente do Brasil foi acusado, esta terça-feira, de fazer uma insinuação de natureza sexual contra uma jornalista do jornal Folha de São Paulo. De acordo com o jornal Folha de São Paulo, a jornalista em …