Quase 500 turcos no banco dos réus por suspeitas de conspiração contra Erdogan

Sedat Suna / EPA

Tentativa de golpe de estado militar na Turquia – população protesta contra o Golpe

Um julgamento contra 486 pessoas acusadas de envolvimento na tentativa fracassada de golpe de Estado de 15 de julho de 2016 na Turquia, o maior processo judicial do caso até hoje, foi aberto esta terça-feira num tribunal da prisão de Sincan, em Ancara, segundo a agência Anadolu.

Os acusados são, na sua maioria, militares de alta categoria suspeitos de terem dirigido o motim na base aérea de Akinci, no noroeste da capital, considerada pelo Governo como a sede do golpe e de onde teriam sido enviadas as ordens para bombardear o Parlamento turco na noite do golpe.

O Ministério Público acusa-os de assassinato, violação da Constituição e tentativa de assassinar o presidente do país, Recep Tayyip Erdogan. Dos suspeitos, 461 estão em prisão preventiva e 18 em liberdade condicional à espera de julgamento, enquanto outros sete são considerados foragidos da Justiça.

Entre os que serão julgados à revelia destaca-se o clérigo islamita Fethullah Gülen, que vive exilado nos EUA e é apontado por Ancara como o mentor da tentativa de golpe, pelo que o Governo turco pede a sua extradição.

Outro procurado é o teólogo Adil Öksüz, que é acusado pelo Ministério Público de coordenar a ação golpista em território turco. Öksüz foi detido após o golpe, mas foi colocado em liberdade pouco tempo depois.

Já o ex-chefe da força aérea Akin Öztürk, que terá supostamente dirigido as ações na base aérea de Akinci, vai estar presente no banco dos réus.

Na noite de 15 para 16 de julho do ano passado, unidades militares saíram às ruas e tomaram pontos estratégicos do país, como as duas pontes sobre o Estreito de Bósforo em Istambul e os aeroportos internacionais dessa cidade e de Ancara.

Os golpistas bombardearam com caças e helicópteros o palácio presidencial, o Parlamento e a sede do órgão de segurança em Ancara. Em Istambul, os militares também abriram fogo contra grupos de pessoas que saíram para manifestar contra os golpistas.

No total, 248 pessoas morreram durante os confrontos daquela noite e, desde então, milhares de supostos membros da organização de Gülen foram detidos ou destituídos, muitos deles integrantes das forças armadas, da polícia, da justiça e de universidades.

// EFE

PARTILHAR

RESPONDER

Resort da Tailândia processa norte-americano por causa de avaliação negativa no Tripadvisor. Arrisca dois anos de prisão

Um resort de uma ilha da Tailândia processou um norte-americano por causa de uma análise negativa no Tripadvisor. Se for considerado culpado, o homem pode ser condenado a até dois anos de prisão. Wesley Barnes …

Em 2020, o Ártico teve a segunda menor extensão de gelo já registada

A 15 de setembro de 2020, o gelo do mar Ártico atingiu a sua extensão mínima anual, a segunda menor já registada. A região do Ártico em geral está a aquecer três vezes mais depressa …

Assassinato em série por resolver. Vacas podem estar a pisar coalas até à morte

Afinal, as vacas podem não ser herbívoros inofensivos. Um novo estudo revela que estes animais podem estar a pisar - e a matar - coalas em toda a Austrália. Os coalas enfrentam muitas ameaças, mas raramente …

Em apenas dois dias, duas mulheres "dalit" morreram vítimas de violação na Índia

De acordo com a polícia local, uma segunda mulher dalit morreu na Índia após ter sido violada por dois homens. Outro caso semelhante aconteceu esta semana, depois de uma jovem de 19 anos, do mesmo …

A Casa Branca contratou para a NOAA cientistas que defendem que as mudanças climáticas "são uma mentira"

Funcionários do governo norte-americano terão abordado cientistas com historial de críticas regulares sobre as mudanças climáticas causadas pelo homem, aos quais foram propostos cargos de gestão na NOAA. Segundo especialistas citados pela E&E News, esta …

United quase pede para Dalot sair

Adeptos pensavam que o português nunca mais ia jogar pela equipa principal do Manchester United. Jogou na Taça da Liga e não convenceu. O Manchester United seguiu para os quartos-de-final para a Taça da Liga inglesa, …

Testemunhas revelam que agentes de inteligência dos EUA consideraram sequestrar (e envenenar) Assange

Testemunhas anónimas revelaram em tribunal que planos para envenenar ou sequestrar Julian Assange da embaixada do Equador foram discutidos entre fontes da inteligência dos Estados Unidos e uma empresa de segurança privada que espiou o …

"Assassino do Twitter" assume ter matado 8 mulheres que partilharam pensamentos suicidas

O caso está a chocar o Japão. Perante o Tribunal de Tóquio, Takahiro Shiraishi declarou-se culpado, após ter assassinado e esquartejado oito mulheres e um homem em 2017. O assassino conheceu as vítimas através da rede …

"Como me mudar para o Canadá?" É o que os norte-americanos querem saber depois do debate presidencial

Depois do debate presidencial ficar marcado por diversas interrupções e insultos entre os candidatos à Casa Branca, são muitos os americanos a sentirem-se tentados a abandonar o país, e já escolherem o destino: o Canadá. Ao …

"Não toleramos insultos": Equipa abandona jogo decisivo ao intervalo

Comentário sobre a homossexualidade de um futebolista antecipou o final de um jogo de futebol. A mesma equipa tinha protestado outro encontro devido a insulto racista. O jogo de futebol entre San Diego Loyal e Phoenix …