Os quasares produzem tsunamis devastadores que “rasgam” galáxias

ESA / NASA

 

O telescópio Hubble revelou os fluxos mais energéticos alguma vez visto no Universo, que emanam de quasares e atravessam o espaço interestelar, como um tsunami, causando estragos em galáxias.

Os quasares são núcleos brilhantes e compactos de galáxias distantes que podem brilhar mil vezes mais que as galáxias hospedeiras de centenas de milhões de estrelas. Os seus principais motores são buracos negros supermassivos cheios de poeira, gás e estrelas.

Quasares são criados quando um buraco negro devora matéria e emite radiação intensa. Alimentadas pela pressão de radiação do buraco negro, as explosões empurram o material para fora do centro da galáxia em fluxos de ejeção que se aceleram a velocidades impressionantes que são apenas uma pequena percentagem da velocidade da luz.

“Estas ejeções são cruciais para entender a formação de galáxias”, disse Nahum Arav, professor no Departamento de Física, parte do Colégio de Ciências da Virginia Tech, e investigador principal do estudo, em comunicado. “Empurram centenas de massas solares de material por ano. A quantidade de energia mecânica transportada por esses fluxos de saíde é centenas de vezes maior que a luminosidade de toda a galáxia da Via Láctea”.

Os ventos do quasar espalham-se pelo disco da galáxia, varrendo violentamente materiais que formariam novas estrelas. Segundo o estudo, publicado este mês na revista científica Astrophysical Journal Supplements, a radiação empurra gás e poeira para distâncias muito maiores do que os cientistas pensavam anteriormente, criando um evento em toda a galáxia.

À medida que este tsunami cósmico colide com material interestelar, a sua temperatura sobe para milhares de milhões de graus, onde o material brilha amplamente em raios-X, mas também em todo o espectro de luz. Quem testemunhasse esse evento, veria um espetáculo de fogo de artifício.

A equipa também descobriu outro fluxo que acelera mais rapidamente do que qualquer outro. O fluxo aumentou de quase 69 milhões de quilómetros por hora para aproximadamente 78 milhões de quilómetros por hora durante um período de três anos. Os cientistas acreditam que a sua aceleração continuará a aumentar com o passar do tempo.

Os astrónomos conseguiram ver a velocidade vertiginosa do gás acelerado pelo vento do quasar, observando as “impressões digitais” espectrais da luz incandescente do gás. Os dados ultravioleta do Hubble mostram que essas características de absorção mudaram no espectro devido ao rápido movimento do gás pelo Espaço.

A simulação numérica da evolução das galáxias sugere que estes fluxos de saída podem explicar alguns enigmas cosmológicos importantes, como a razão pela qual os astrônomos observam tão poucas galáxias grandes no Universo e a razão pela qual há uma relação entre a massa da galáxia e a massa do seu buraco negro central.

O estudo mostra que estes fluxos de saída poderosos de quasares devem prevalecer no Universo primitivo.

ZAP //

 

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Fluminense: as derrotas pós-Evanilson e as quatro ausências de Fred

O reforço do FC Porto deixou a equipa brasileira que, desde essa transferência, contabiliza mais derrotas do que vitórias. A instabilidade de Fred não ajuda. Portugal continua mais atento ao Flamengo do que ao Fluminense, mesmo …

MP suíço pede 28 meses de prisão para presidente do PSG e 3 anos para Valcke

O Ministério Público suíço pediu, esta terça-feira, uma pena de 28 meses de prisão para Nasser Al-Khelaïfi, presidente do Paris Saint-Germain, e de três anos para Jérôme Valcke, antigo número dois da FIFA. Trata-se dos primeiros …

Empresa japonesa cria lâmpada UV inócua para humanos que inativa coronavírus

Uma empresa japonesa desenvolveu uma lâmpada de radiação ultravioleta que inativa o novo coronavírus, recorrendo a um comprimento de onda que um estudo científico diz ser inócuo para os seres humanos. A lâmpada Care 222 foi …

Trump pede à ONU atribuição de sanções à China por ter "ocultado factos relevantes"

O Presidente dos EUA, Donald Trump, exortou hoje as Nações Unidas a “pedirem responsabilidades à China” pela sua atuação na fase inicial da expansão da pandemia de covid-19. Na sua intervenção durante o debate geral da …

Há um "clima de medo e insatisfação" nas Forças Armadas, diz Associação de Sargentos

O presidente da Associação Nacional de Sargentos (ANS), Lima Coelho, disse à Rádio Renascença que se vive um "clima de medo e insatisfação nas Forças Armadas", que inclui ameaças, avaliações injustas, demora excessiva das reclamações …

Teletrabalho e questões ambientais são prioridade para o PS no início da sessão legislativa

A líder parlamentar do PS afirma que duas das principais prioridades da sua bancada no início da presente sessão legislativa vão passar pela regulamentação do teletrabalho e pela aprovação de uma lei de bases do …

Justiça alemã abre novo inquérito contra suspeito do desaparecimento de Maddie

A justiça alemã abriu um novo inquérito contra o principal suspeito do desaparecimento de Maddie McCann, relativo à violação de uma jovem irlandesa, em 2004, anunciou, esta terça-feira, o procurador de Brunswick. "Posso confirmar que investigamos …

Mais de metade dos portugueses acredita que os fundos europeus vão ser mal geridos

Mais de metade dos portugueses (60,6%) acredita que os fundos europeus que Portugal vai receber para fazer face à pandemia vão ser mal geridos, revela uma sondagem da Intercampus para o Jornal de Negócios e …

CMVM avança com suspensão de ex-secretário de Estado da Energia da OMIP

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) notificou, esta segunda-feira, o ex-secretário de Estado da abertura de um processo para a sua suspensão da administração da OMIP, alegando "dúvida fundada" quanto à adequação aos …

Satélite mostra preparativos de desfile na Coreia do Norte (e há quem desconfie da presença de novos TEL)

Novas fotografias tiradas por satélite e analisadas hoje pelo portal especializado 38North mostram os preparativos para um grande desfile militar na capital da Coreia do Norte, que a 10 de outubro comemora a fundação do …