Os quasares produzem tsunamis devastadores que “rasgam” galáxias

ESA / NASA

 

O telescópio Hubble revelou os fluxos mais energéticos alguma vez visto no Universo, que emanam de quasares e atravessam o espaço interestelar, como um tsunami, causando estragos em galáxias.

Os quasares são núcleos brilhantes e compactos de galáxias distantes que podem brilhar mil vezes mais que as galáxias hospedeiras de centenas de milhões de estrelas. Os seus principais motores são buracos negros supermassivos cheios de poeira, gás e estrelas.

Quasares são criados quando um buraco negro devora matéria e emite radiação intensa. Alimentadas pela pressão de radiação do buraco negro, as explosões empurram o material para fora do centro da galáxia em fluxos de ejeção que se aceleram a velocidades impressionantes que são apenas uma pequena percentagem da velocidade da luz.

“Estas ejeções são cruciais para entender a formação de galáxias”, disse Nahum Arav, professor no Departamento de Física, parte do Colégio de Ciências da Virginia Tech, e investigador principal do estudo, em comunicado. “Empurram centenas de massas solares de material por ano. A quantidade de energia mecânica transportada por esses fluxos de saíde é centenas de vezes maior que a luminosidade de toda a galáxia da Via Láctea”.

Os ventos do quasar espalham-se pelo disco da galáxia, varrendo violentamente materiais que formariam novas estrelas. Segundo o estudo, publicado este mês na revista científica Astrophysical Journal Supplements, a radiação empurra gás e poeira para distâncias muito maiores do que os cientistas pensavam anteriormente, criando um evento em toda a galáxia.

À medida que este tsunami cósmico colide com material interestelar, a sua temperatura sobe para milhares de milhões de graus, onde o material brilha amplamente em raios-X, mas também em todo o espectro de luz. Quem testemunhasse esse evento, veria um espetáculo de fogo de artifício.

A equipa também descobriu outro fluxo que acelera mais rapidamente do que qualquer outro. O fluxo aumentou de quase 69 milhões de quilómetros por hora para aproximadamente 78 milhões de quilómetros por hora durante um período de três anos. Os cientistas acreditam que a sua aceleração continuará a aumentar com o passar do tempo.

Os astrónomos conseguiram ver a velocidade vertiginosa do gás acelerado pelo vento do quasar, observando as “impressões digitais” espectrais da luz incandescente do gás. Os dados ultravioleta do Hubble mostram que essas características de absorção mudaram no espectro devido ao rápido movimento do gás pelo Espaço.

A simulação numérica da evolução das galáxias sugere que estes fluxos de saída podem explicar alguns enigmas cosmológicos importantes, como a razão pela qual os astrônomos observam tão poucas galáxias grandes no Universo e a razão pela qual há uma relação entre a massa da galáxia e a massa do seu buraco negro central.

O estudo mostra que estes fluxos de saída poderosos de quasares devem prevalecer no Universo primitivo.

ZAP //

 

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Governo negoceia até mais 35 milhões em apoios para agricultura

A ministra da Agricultura disse hoje que está em curso a negociação de medidas adicionais para apoiar o setor agrícola, face ao impacto da covid-19, através do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR), que podem mobilizar …

Moro não assinou exoneração de ex-diretor da Polícia, admite Presidência do Brasil

A Secretaria-Geral da Presidência brasileira admitiu na segunda-feira que o agora ex-ministro da Justiça Sergio Moro não assinou o decreto de exoneração de Maurício Valeixo da direção-geral da Polícia Federal, confirmando a versão original do …

Norte foi região que mais contribuiu para aumentar produtividade do trabalho no país

O Norte foi a região que mais contribuiu para aumentar a produtividade laboral entre 2000 e 2017, crescendo 20% quando a Área Metropolitana de Lisboa subiu 3,3%, revelou na segunda-feira a Comissão de Coordenação e …

Vai nascer uma praia fluvial nas margens do Alqueva em 2021

Uma nova praia fluvial começou a ser construída nas margens do Alqueva, devendo começar a funcionar no verão do próximo ano. Uma nova praia fluvial começou a ser construída nas margens do Alqueva, junto à aldeia …

Câmara de Bragança vai ajudar com até 100 euros a pagar renda

As famílias mais vulneráveis do concelho de Bragança vão poder contar com um apoio financeiro até 100 euros mensais para pagar a renda. A Câmara de Bragança vai ajudar as famílias do concelho em situação vulnerável …

Parlamento chumba lay-off para sócios-gerentes, mas acaba com teto de faturação ao apoio

A Comissão de Economia chumbou, esta terça-feira, o alargamento do lay-off simplificado aos sócios-gerentes. Por outro lado, aprovou o fim do teto de faturação para aceder ao apoio a estes portugueses. A proposta do PSD, BE …

Comissão Europeia admite que Portugal fica "em desvantagem" nas ajudas estatais

Margrethe Vestager, vice-presidente executiva da Comissão Europeia, admite que países como Portugal, com menor capacidade orçamental do que Estados-membros como Alemanha ou França, fiquem “em desvantagem” nas ajudas estatais em altura de crise gerada pela …

Comissão aprova levantamento da imunidade parlamentar a José Silvano

Fontes parlamentares dizem que o também secretário-geral do PSD é arguido no processo das falsas presenças no Parlamento. Silvano afirmou ter sido informado da decisão de levantamento da imunidade e que “nada tinha a opor”. A …

FC Porto está de olho em Santos Borré para o ataque

Rafael Santos Borré tem brilhado ao serviço do River Plate esta temporada. O FC Porto quer o avançado internacional colombiano para a próxima época. O FC Porto está interessado na contratação de Rafael Santos Borré para …

A bóia de salvação da Suíça é a economia forte e diversificada

A economia suíça, forte e diversificada, deverá resistir à crise que se avizinha. Com a fronteira com o norte de Itália, o país agiu cedo e prepara-se agora para revitalizar a economia. A tempestade ainda não …