Quartos para estudantes universitários já custam mais de 500 euros

Um estudo da consultora imobiliária JLL, divulgado pelo Jornal de Notícias, indica que a renda de um quarto para um estudante universitário já pode ultrapassar os 500 euros e a tendência é para os preços aumentarem.

Os estudantes universitários têm cada vez mais dificuldade em encontrar alojamentos a preços acessíveis – ou, pelo menos, suportáveis. No entanto, esta é a tendência que se deve manter nos próximos tempos, já que a procura é muito elevada para uma oferta tão escassa.

Em Lisboa e no Porto, arrendar um quarto já custa mais de 500 euros. Segundo Maria Empis, responsável pelo departamento de consultoria estratégica e research da imobiliária JLL, o preço médio nas duas principais cidades portuguesas ronda os 550 euros.

O Jornal de Notícias adianta que, todos os anos, há quase 200.000 estudantes, do quais 43.000 estrangeiros, a procurar alojamento no período letivo, uma tarefa que não é nada fácil.

O aumento das rendas é atribuído ao bom momento económico que se vive em Portugal, mas também ao crescimento do turismo e à chegada dos estudantes estrangeiros pela fama das universidades nacionais.

Apesar de em Lisboa e no Porto o preço médio ultrapassar os 500 euros, os estudantes de Braga e Coimbra estão também a sofrer com a falta de oferta e com o aumento da especulação imobiliária, aponta o jornal.

Estima-se que no Porto faltem 3.500 camas e em Lisboa, 10 mil. Ainda assim, há projetos de construção em curso para equilibrar a oferta. “Há vários projetos em pipeline, sabemos que há interesse de fundos estrangeiros em investir neste segmento”, revela Marta Empis.

“É uma grande janela de oportunidade para os players nacionais e internacionais, porque a população estudantil tende a aumentar e há uma enorme ausência de oferta, quer em termos de quantidade quer de diversidade”, diz ao JN Hugo Santos Ferreira, vice-presidente da Associação Portuguesa de Promotores e Investidores Imobiliários (APPII).

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Especulação isso sim, bom momento económico quem é que o vive? Quanto a mim estão-se a gerar todos os ingredientes necessários para mais um estoiro na economia e a culpa não é apenas de quem governa!.

    • E o nosso primeiro-ministro que o diga que em 10 meses dobrou o preço de um imóvel. Maior especulador que o nosso pm não há.

  2. Não há muito tempo ouvi falar (e vi escrito) , sobre rendas económicas…! Como é que estará esse assunto? Ou foi só para não estarem calados, esses “socialistas” da treta???

Responder a Vasco Cancelar resposta

Vacina de Oxford testada em humanos com "resultados promissores"

Os testes clínicos em humanos da potencial vacina contra a covid-19 que a Universidade de Oxford criou tiveram "resultados prometedores" e desencadearam a resposta imunitária que se pretendia. Os testes em humanos, que desde abril envolveram …

Goa decreta novo confinamento, com Índia a rondar um milhão de casos

Depois de ter aberto portas ao turismo, Goa decreta um novo confinamento de três dias. Registaram-se 198 novos casos nas últimas 24 horas, o número mais alto desde o início da pandemia. O estado de Goa, …

Tribunal da Concorrência confirma coima de 75 mil euros a Ricardo Salgado

O Tribunal da Concorrência confirmou, esta quinta-feira, a coima de 75 mil euros aplicada pelo Banco de Portugal a Ricardo Salgado, no caso do financiamento do Grupo Alves Ribeiro (GAR) para compra de ações da …

Mais três mortes e 339 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 339 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da DGS. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos …

Crise entrou em nova fase mas mundo "não está fora de perigo", diz FMI

A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, disse esta quinta-feira que a crise provocada pela pandemia entrou numa nova fase, que exige flexibilidade para assegurar "uma recuperação sustentável e equitativa", alertando que o mundo …

China bane importação de ovelhas portuguesas

As alfândegas chinesas baniram as importações de ovelhas e produtos relacionados de Portugal, alegando um aviso da Organização Mundial de Saúde Animal sobre um surto de paraplexia enzoótica dos ovinos na Guarda. A notícia foi avançada …

Tânia já pode abraçar os filhos. Livrou-se do coronavírus ao 16º teste após 4 meses isolada

A algarvia Tânia Poço foi, finalmente, dada como "curada" de covid-19 após quatro meses de confinamento. Aquele que terá sido o caso mais prolongado da infecção em Portugal, chegou ao fim com o 16º teste …

Exame de Matemática A criticado. Prova "infeliz" não permite "distinguir" alunos

A Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM) criticou esta quinta-feira a elaboração do exame nacional de Matemática A, prova realizada por mais de 38.699 alunos que pretendem concorrer ao Ensino Superior. No entender da SPM, "o …

Ninguém quer o novo aeroporto do Montijo. Medina apela a "avanço" na decisão

Autarcas e ambientalistas foram ouvidos, esta quarta-feira, no Parlamento, onde se discutiu o projeto do novo Aeroporto do Montijo. A posição de ambos parece clara: ninguém quer avançar com a ideia. A construção do aeroporto …

Pandemia acelera nos Estados Unidos. Uso de máscara pode salvar 40 mil vidas

Os Estados Unidos ultrapassaram pela primeira vez a barreira dos 70 mil casos de covid-19, nas últimas 24 horas, elevando para mais de 3,49 milhões o total de contágios no país, indicou a Universidade Johns …