Qual o tamanho mínimo para que um planeta possa ser habitável? Cientistas responderam

NASA

Uma equipa de cientistas de Harvard revelou o tamanho crítico abaixo do qual um planeta nunca pode ser habitável, mesmo que esteja numa área com uma distância à sua estrela que permita a existência de água no estado líquido.

Os cientistas descobriram que o tamanho crítico é de, aproximadamente, 2,7% da massa da Terra. Se um objeto for menor do que 2,7% da massa do nosso planeta, a sua atmosfera escapará antes de ter a oportunidade de desenvolver água líquida superficial, tal como acontece atualmente com os cometas. Para colocar este número num contexto, a Lua corresponde a 1,2% da massa da Terra e Mercúrio a 5,53%.

A equipa foi também capaz de estimar as zonas habitáveis desses pequenos planetas em torno de certas estrelas. Para tal, modelaram dois cenários possíveis para dois tipos diferentes de estrelas: uma estrela do tipo G, como o nosso próprio Sol, e uma estrela do tipo M, inspirada numa anã vermelha na constelação de Leo.

Segundo o Europa Press, o efeito de estufa descontrolado ocorre quando a atmosfera absorve mais calor do que aquele que consegue irradiar para o Espaço, impedindo assim que o planeta arrefeça causando um aquecimento incontrolável que acaba por transformar os oceanos em vapor.

No entanto, quando os planetas diminuem de tamanho, algo de extraordinário acontece: à medida que aquecem, as suas atmosferas expandem-se, ficando cada vez maiores em relação ao tamanho do planeta. Essas grandes atmosferas aumentam a absorção de calor e a radiação, permitindo que o planeta mantenha uma temperatura estável.

A expansão atmosférica impede que os planetas de baixa gravidade sofram um efeito estufa descontrolado, permitindo, assim, que consigam manter a água líquida na superfície enquanto orbitam mais perto das suas estrelas.

Em sentido inverso, quando os planetas se tornam demasiado pequenos, perdem completamente a sua atmosfera e, consequentemente, a água líquida presente na superfície congela ou evapora.

Desta forma, a equipa de Harvard provou que existe um tamanho crítico abaixo do qual um planeta nunca pode ser habitável, o que significa que a zona habitável é limitada não apenas no Espaço, mas também no tamanho do planeta.

Nesta investigação, os cientistas resolveram outro antigo mistério do nosso próprio Sistema Solar. Há muito que a comunidade científica se questionava sobre se as luas de Júpiter seriam habitáveis caso a radiação solar aumentasse. Ora, segundo esta tese, estas luas são demasiado pequenas para manter a água líquida da superfície, mesmo estando mais próximas do Sol.

Quando as observações de mundos aquáticos de baixa massa forem possíveis, “será empolgante tentar testar estas previsões”, rematou Robin Wordsworth, principal autor do estudo, publicado recentemente no Astrophysical Journal.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Pode haver vida em qualquer ambiente. Vida humana só em nosso ambiente. Mas existem outras vidas. Até aqui na Terra existe dúvida onde não é possível. Como nos desertos ( último recurso de salvação do mundo). Uma chuvinha já floresce. Como nas fossas abissais, não há luz mas tem vida. Tanto espaço, tantos mundos. Tantas VIDAS possíveis.

  2. Certamente que há milhares de milhões de exoplanetas com vida inteligente! O que acontece neste planeta acontece noutros semelhantes… Só uma mente muito mesquinha irá achar que somos únicos num universo tão grande.
    Está mais do que provado que o que é difícil mesmo é não existir vida onde há água… É uma questão de tempo até termos tecnologia que nós permita contatar outras espécies.

RESPONDER

Ativista detido depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Museu do Louvre

Mwazulu Diyabanza foi detido na semana passada em Paris, depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Louvre. O ativista congolês disse que a ação foi parte de um protesto para que os museus europeus …

Proteção Civil do Porto já pediu recolher obrigatório e recomenda novo estado de emergência

A Proteção Civil do distrito do Porto já avançou com o pedido ao Governo de recolher obrigatório para a região. Marco Martins sugere ainda o regresso ao estado de emergência. Marco Martins, responsável pela proteção Civil …

Exames nacionais de 2021 mantêm normas excecionais criadas no anterior ano letivo

Os professores vão voltar a contabilizar, na classificação dos próximos exames nacionais, apenas as respostas às perguntas obrigatórias e àquelas em que o aluno tenha melhor pontuação, à semelhança das normas excecionais aplicadas no ano …

PSD-Madeira critica preços "pornográficos" e "obscenos" nas viagens da TAP no Natal

O PSD-Madeira voltou nesta quarta-feira a criticar os preços praticados pela TAP nas viagens para a região, referindo que na época do Natal chegam a atingir 1.143 euros, e considerou os valores “pornográficos” e “obscenos”. “São …

Autarca de Roma revela que máfia italiana planeou um ataque contra si e a sua família

A presidente da Câmara de Roma, Virginia Raggi, revelou que grupos do crime organizado planearam matá-la e a sua família porque ela os estava a atacar em partes da capital italiana que dominam. Aos 37 anos, …

OE2021. "Quem vota contra quer outro modelo ou desistiu de melhorar o SNS", diz Temido

A ministra da Saúde, Marta Temido, sustentou esta quarta-feira que os partidos que vão votar contra o Orçamento do Estado para 2021 querem outro modelo de sistema de saúde ou desistiram de melhorar o SNS. Numa …

Mais 3.960 casos e 24 mortes. É o pior dia desde o início da pandemia

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 3.960 casos positivos e 24 mortes por covid-19. Os dados foram divulgados no mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este foi o pior dia desde o …

Reconhecimento para cuidadores informais vai ser mais fácil e rápido

O pedido de estatuto de cuidador informal fica, a partir de hoje, mais fácil, deixando de ser necessário apresentar atestado médico e permitindo que documentos que impliquem atos médicos possam ser apresentados posteriormente. De acordo com …

OE2021 ainda não foi votado, mas já se espera um aumento da despesa em mais de 300 milhões

Entre a entrega da proposta e a votação, o Governo voltou a negociar com os partidos, mostrando abertura para medidas na especialidade que deverão custar pelo menos mais 300 milhões de euros. O Orçamento do Estado …

Portugal é dos 10 países com melhores políticas de integração de migrantes

Portugal está no grupo dos dez países com melhores políticas de integração de migrantes, segundo uma avaliação de 52 estados que destaca o combate à discriminação ou a reunificação familiar como pontos fortes. Segundo o Índice …