Putin estará a comandar campanha para denegrir Biden, admite CIA

Heikki Saukkomaa / Lehtikuva Handout / EPA

O Presidente dos EUA, Donald Trump, e o seu homólogo russo, Vladimir Putin

Esta terça-feira foi divulgado um documento da CIA que aponta para interferência russa na degradação da imagem de Joe Biden.

Vladimir Putin está “provavelmente a comandar” uma campanha para denegrir Joe Biden, candidato do Partido Democrata às eleições norte-americanas. A informação surge num relatório confidencial da CIA, cujo conteúdo foi revelado por duas fontes anónimas ao jornal The Washington Post.

“Consideramos que o Presidente Vladimir Putin e os mais altos dirigentes russos estão cientes, e provavelmente a comandar, operações da Rússia que têm como objetivo denegrir o antigo vice-presidente [Biden] e alimentar a discórdia pública sobre as eleições de novembro nos Estados Unidos”, lê-se no relatório.

A informação consta de uma avaliação classificada da CIA, que data de 31 de agosto, cujo conteúdo sobre as intenções de Moscovo interferir nas eleições do próximo dia 3 de Novembro foi divulgado esta terça-feira. O documento tem por base informação de outros serviços além da CIA, como o FBI e a Agência de Segurança Nacional (NSA).

O relatório avança detalhes sobre a forma como o deputado ucraniano Andrii Derkach tem feito passar informação depreciativa em relação a Joe Biden através de lobistas, membros do Congresso e da comunicação social e com a ajuda de uma figura ligada a Donald Trump (que se sabe ser Rudolph W. Giuliani) e Vladimir Putin.

Segundo o diário norte-americano, este deputado ucraniano pró-Rússia manteve relações de proximidade com Rudolph Giuliani, advogado de Donald Trump, e esteve na origem da divulgação de gravações de chamadas telefónicas.

Entre o material, estão áudios de conversas de Biden com o presidente ucraniano da altura, Petro Poroshenko. Estes áudios servem de base à acusação de Trump de que o ex-vice de Barack Obama tentou influenciar a justiça ucraniana para que esta não investigasse o filho, Hunter Biden, que fazia parte da direção da Burisma Holdings, uma empresa de extração e produção de gás investigada pela justiça do país.

Recorde-se que Donald Trump insistiu várias vezes para que o atual Presidente da Ucrânia, Volodimir Zelenskii, investigasse o filho de Joe Biden, enquanto bloqueava um prometido pacote de ajuda financeira ao país. A situação levou ao processo de impeachment do Presidente norte-americano, que acabou por ser chumbado no Senado.

A 10 de setembro de 2019, o Departamento do Tesouro norte-americano acusou Andrii Derkach de ser um “agente russo ativo há mais de dez anos” e de estar a tentar “minar as eleições presidenciais de 2020 nos Estados Unidos”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Olha que surpresa!.. Que novidade…
    O problema é que a massa crítica “Americanosa” é tão estúpida que nem que dissessem que o Trump queria violar a Mãe e a mulher deles, eles eram os primeiros a amarrá-las à cama.

  2. Trump derrota facilmente o dorminhoco. O Biden nem com estética facial para tirar o enrugado, lá vai. Aqueles passinhos miudinhos já indiciam a sua pré-senilidade.

    • Mais uma campanha de desinformação. Biden tá com doença neurodegenerativa, não precisa de russos para o denegrirem pois a sua senilidade encarrega-se disso…

RESPONDER

Ventura tem "receio" que partido seja ilegalizado

Este domingo, o Chega vai organizar uma manifestação contra a ilegalização do partido. André Ventura admitiu ter um "receio muito significativo". O Observador avança que a manifestação tem início no Príncipe Real, passa pelo Tribunal Constitucional …

Três mortos e 441 novos casos em Portugal

Este domingo, Portugal regista mais três mortes e 441 novos casos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o país …

Grande Crise do Ketchup. A pandemia atacou um mercado improvável (e já há um mercado negro para o molho)

Os problemas da cadeia de suprimentos estão a chegar a um canto distante do universo empresarial: os pacotes de ketchup. O ketchup é o molho de mesa mais consumido nos restaurantes dos Estados Unidos, com cerca …

Autoridades brasileiras ilibam João Loureiro

João Loureiro já não é suspeito no processo que envolve a apreensão de um avião com 500 quilos de cocaína, segundo as autoridades brasileiras. As autoridades brasileiras descartaram, este sábado, qualquer ligação do advogado português João …

No Canadá, há dois rios que se encontram (mas não se misturam)

Em Nunavut, no Canadá, há dois rios que se encontram, mas não perdem a sua aparência individual enquanto se movem sinuosamente pela tundra. O Back River flui para o norte em direção ao Oceano Ártico. Ao …

Russos acusados de explosão na República Checa são suspeitos de envenenar Skripal

Os dois suspeitos russos, envolvidos na explosão que matou duas pessoas em 2014 na República Checa, têm os mesmos passaportes que os dois homens acusados de envenenar, com o agente nervoso novichok, o espião Sergei …

Numa cidade na Nova Zelândia, a Páscoa resume-se a exterminar coelhos

Em Alexandra, na região de Otago, os coelhos são considerados pragas, uma espécie que ameaça a biodiversidade do país e a agricultura. Elle Hunt, correspondente do The Guardian em Auckland, na Nova Zelândia, escreveu um artigo …

Reavaliação de barragens da EDP ficou por fazer, depois de Governo ter recuado na decisão

No início do ano passado, o ministério do Ambiente considerou ser necessário reavaliar as barragens da EDP, mas a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e a Parpública disseram não ter competências para fazer a avaliação …

Portugal bateu recorde de vacinação no sábado. Foram administradas 120 mil vacinas

Este sábado, Portugal registou um recorde diário de pessoas vacinadas contra a covid-19. No total, foram administradas 120 mil doses da vacina. De acordo com os números avançados pela task force responsável pelo plano de vacinação, …

Os milionários estão a fugir de Nova Iorque

A cidade de Nova Iorque está a preparar-se para enfrentar para um êxodo dos seus residentes mais ricos após as autoridades terem aprovado um orçamento que fará com que paguem a maior taxa de impostos …