Putin estará a comandar campanha para denegrir Biden, admite CIA

Heikki Saukkomaa / Lehtikuva Handout / EPA

O Presidente dos EUA, Donald Trump, e o seu homólogo russo, Vladimir Putin

Esta terça-feira foi divulgado um documento da CIA que aponta para interferência russa na degradação da imagem de Joe Biden.

Vladimir Putin está “provavelmente a comandar” uma campanha para denegrir Joe Biden, candidato do Partido Democrata às eleições norte-americanas. A informação surge num relatório confidencial da CIA, cujo conteúdo foi revelado por duas fontes anónimas ao jornal The Washington Post.

“Consideramos que o Presidente Vladimir Putin e os mais altos dirigentes russos estão cientes, e provavelmente a comandar, operações da Rússia que têm como objetivo denegrir o antigo vice-presidente [Biden] e alimentar a discórdia pública sobre as eleições de novembro nos Estados Unidos”, lê-se no relatório.

A informação consta de uma avaliação classificada da CIA, que data de 31 de agosto, cujo conteúdo sobre as intenções de Moscovo interferir nas eleições do próximo dia 3 de Novembro foi divulgado esta terça-feira. O documento tem por base informação de outros serviços além da CIA, como o FBI e a Agência de Segurança Nacional (NSA).

O relatório avança detalhes sobre a forma como o deputado ucraniano Andrii Derkach tem feito passar informação depreciativa em relação a Joe Biden através de lobistas, membros do Congresso e da comunicação social e com a ajuda de uma figura ligada a Donald Trump (que se sabe ser Rudolph W. Giuliani) e Vladimir Putin.

Segundo o diário norte-americano, este deputado ucraniano pró-Rússia manteve relações de proximidade com Rudolph Giuliani, advogado de Donald Trump, e esteve na origem da divulgação de gravações de chamadas telefónicas.

Entre o material, estão áudios de conversas de Biden com o presidente ucraniano da altura, Petro Poroshenko. Estes áudios servem de base à acusação de Trump de que o ex-vice de Barack Obama tentou influenciar a justiça ucraniana para que esta não investigasse o filho, Hunter Biden, que fazia parte da direção da Burisma Holdings, uma empresa de extração e produção de gás investigada pela justiça do país.

Recorde-se que Donald Trump insistiu várias vezes para que o atual Presidente da Ucrânia, Volodimir Zelenskii, investigasse o filho de Joe Biden, enquanto bloqueava um prometido pacote de ajuda financeira ao país. A situação levou ao processo de impeachment do Presidente norte-americano, que acabou por ser chumbado no Senado.

A 10 de setembro de 2019, o Departamento do Tesouro norte-americano acusou Andrii Derkach de ser um “agente russo ativo há mais de dez anos” e de estar a tentar “minar as eleições presidenciais de 2020 nos Estados Unidos”.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Olha que surpresa!.. Que novidade…
    O problema é que a massa crítica “Americanosa” é tão estúpida que nem que dissessem que o Trump queria violar a Mãe e a mulher deles, eles eram os primeiros a amarrá-las à cama.

  2. Trump derrota facilmente o dorminhoco. O Biden nem com estética facial para tirar o enrugado, lá vai. Aqueles passinhos miudinhos já indiciam a sua pré-senilidade.

    • Mais uma campanha de desinformação. Biden tá com doença neurodegenerativa, não precisa de russos para o denegrirem pois a sua senilidade encarrega-se disso…

RESPONDER

Uniforme da II Guerra Mundial encontrado num pacote "cheio de história"

Um uniforme de piloto da Força Aérea Real (RAF), usado na II Guerra Mundial, foi descoberto embrulhado num pacote feito de folhas de jornais e vai agora a leilão. De acordo com a cadeia televisiva CNN, …

Primeiro motociclo voador do mundo pode alcançar uma velocidade de quase 490 km/h

A empresa Jetpack Aviation concluiu os testes referentes ao projeto Speeder, para o desenvolvimento de uma aeronave que faz descolagens e aterragens na vertical. Segundo a companhia, o veículo, que se assemelha a um motociclo, …

Scarlett Johansson processa Disney por estreia de "Viúva Negra" no streaming

A atriz norte-americana processou a Disney, esta quinta-feira, por violação do contrato, na sequência do lançamento digital do filme "Black Widow" na plataforma de streaming, adiantando que o seu salário estava dependente das receitas de …

Incidente com módulo russo fez EEI mudar de posição

A Estação Espacial Internacional (EEI) perdeu, esta quinta-feira, o controlo de orientação e saiu da posição configurada, na sequência de um incidente com o módulo russo Nauka. A situação, que se prolongou durante 47 minutos, aconteceu …

Relatório dos CDC indica que variante Delta é tão contagiosa como a varicela

Um relatório interno dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos indica que a variante Delta é tão contagiosa como a varicela. O jornal Washington Post teve acesso a este relatório interno …

Task force concorda que número de mortos e internados vacinados seja divulgado

A sugestão apresentada pelo presidente da Assembleia da República, de se divulgar os dados da vacinação nos internamentos e óbitos por covid-19, "é muito sensata", defendeu o coordenador da task force do plano de vacinação. Em …

Lucro da CGD sobe 18% para 294 milhões de euros no primeiro semestre

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) registou 294 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, mais 18% do que no período homólogo, foi anunciado esta sexta-feira. "A Caixa Geral de Depósitos registou 294 milhões de …

Acordar uma hora mais cedo diminui (muito) o risco de depressão

Estudo envolveu mais de 800 mil pessoas. Risco de cair em depressão desce 23%. Um estudo recente indica que, se uma pessoa se levantar uma hora mais cedo do que o habitual, o risco de cair …

Adeptos no Dragão: acabou o "enorme vazio no coração do FC Porto"

O Estádio do Dragão vai voltar a ter pessoas nas bancadas em jogos do FC Porto, 17 meses depois. O regresso vai acontecer na estreia na I Liga, contra o Belenenses SAD, e o clube …

México planeia libertar milhares de reclusos idosos ou que foram torturados

O Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta quinta-feira que vai libertar por decreto reclusos detidos em circunstâncias especiais, como os que foram torturados, os maiores de 75 anos e os que estão …