Putin pede cancelamento da sua autorização para enviar tropas para a Ucrânia

Kai Mörk / Wikimedia

O presidente da Rússia, Vladimir Putin

O presidente da Rússia, Vladimir Putin

O Presidente russo, Vladimir Putin, pediu esta segunda-feira ao Parlamento russo para anular uma resolução que autorizava Moscovo a intervir militarmente na Ucrânia, decisão que já foi saudada pelas autoridades de Kiev.

O chefe de Estado russo “propôs ao Conselho da Federação, câmara alta do Parlamento russo, a anulação da decisão de 1 de março sobre a intervenção do exército russo em território ucraniano”, declarou o porta-voz da Presidência russa (Kremlin) Dmitri Peskov, citado pelas agências noticiosas russas.

A decisão foi tomada “com o objetivo de normalizar o ambiente e resolver a situação nas regiões orientais da Ucrânia”, indicou o mesmo porta-voz.

Momentos depois, o Presidente ucraniano, Petro Poroshenko, saudou a decisão de Vladimir Putin, afirmando que o pedido do Kremlin é um “primeiro passo concreto” para a resolução da situação na região leste do país.

“O Presidente Petro Poroshenko considera que o pedido de Vladimir Putin para anular a decisão que permitia a intervenção de forças russas na Ucrânia é um primeiro passo concreto após o apoio oficial do Presidente russo ao plano de paz ucraniano” para acabar com a insurreição separatista, referiu a Presidência ucraniana, num comunicado.

O Kremlin também informou que Putin fez este pedido numa missiva enviada ao Conselho da Federação, antes de partir para uma visita oficial à Áustria.

Um representante da câmara alta do Parlamento russo, Andrei Limov, disse, em declarações à agência russa Interfax, que os senadores irão anular na quarta-feira a resolução que autorizava a intervenção do exército russo.

A resolução, justificada pelas autoridades de Moscovo pela necessidade de defender os cidadãos russos residentes na Ucrânia, acabaria por contribuir, em março último, para a escalada do clima de tensão naquela região.

Na altura, a Rússia concentrou várias dezenas de milhares de soldados para exercícios perto da fronteira com a Ucrânia.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Morreu o emir do Kuwait, Sabah Al-Ahmad Al-Sabah, aos 91 anos

O emir do Kuwait, xeque Sabah Al-Ahmad Al-Sabah, morreu esta terça-feira aos 91 anos nos Estados Unidos, onde estava desde julho a receber tratamento médico, anunciou a corte do emirado. "É com grande tristeza e dor …

Não há limite de velocidade num universo de superfluidos (e já sabemos porquê)

O superfluido ainda obedece às leis da Relatividade Geral. Ainda assim, é seguro afirmar que, num superfluido, não há limite de velocidade. Um superfluido é um líquido a uma temperatura extremamente baixa, próxima do zero absoluto. …

Não é um quasar. Astrónomos descobrem galáxia com radiação UV intensa

Cientistas descobriram uma galáxia jovem que brilha em comprimentos de onda ultravioleta, de maneira tão brilhante quanto um quasar. Uma equipa de cientistas descobriu a galáxia BOSS-EUVLG1, com a ajuda do Gran Telescopio Canarias de La …

"Adiem a Liga dos Campeões", pede o Borussia Dortmund

Sorteio está marcado para esta quinta-feira mas Michael Zorc avisa: "Faltam requisitos legais para a fase de grupos arrancar". A fase de grupos da Liga dos Campeões vai começar, pela primeira vez, em outubro. A primeira …

Artista "ressuscita" 54 Imperadores Romanos com ajuda da Inteligência Artificial

Artista canadiano usou um ramo da Inteligência Artificial para criar retratos ultra-realistas de antigos Imperadores Romanos como, por exemplo, Calígula, Nero e Adriano. A aparência física destes antigos Imperadores Romanos foi preservada em centenas de esculturas …

Cantar pode ser uma má ideia durante a pandemia

Uma nova pesquisa revelou que cantar em grupo pode ser perigoso em termos de propagação de patógenos. Esta é só mais uma prova de que 2020 chegou para pôr um travão na diversão. A Universidade de …

Emirados Árabes Unidos anunciam missão espacial à Lua para 2024

Um alto responsável dos Emirados Árabes Unidos disse hoje que o país tenciona enviar para a Lua uma nave com um veículo não tripulado em 2024. O desejo de pisar a lua é uma ambição de …

Exército norte-americano quer ter acesso à rede de satélites da SpaceX

O exército dos Estados Unidos está de olho na Starlink, a constelação de satélites da SpaceX, cujo CEO é o multimilionário Elon Musk e que tem como objetivo levar Internet de banda larga a todos …

Portugal tem cada vez menos água disponível

Portugal tem cada vez menos água disponível e nos próximos cem anos a precipitação em certas regiões do país, como o Algarve, pode sofrer uma redução de até 30%, alertou esta terça-feira a Associação Natureza …

Tel Aviv vai ter estradas elétricas que recarregam autocarros em movimento

Tel Aviv, em Israel, está a trabalhar na criação de estradas elétricas sem fios para carregar e fornecer energia aos transportes públicos da cidade. As estradas elétricas são parte de um programa piloto liderado pelo município …