Putin felicita Blatter e oferece colaboração à FIFA

Sergei Karpukhin / POOL / EPA

O presidente da Rússia, Vladimir Putin

O presidente da Rússia, Vladimir Putin

O presidente russo, Vladimir Putin, felicitou este sábado o suíço Joseph Blatter pela sua reeleição à frente da FIFA, organismo ao qual ofereceu a colaboração para a organização do Mundial de futebol da Rússia 2018.

“Putin manifestou-se convencido de que a experiência, o profissionalismo e a grande autoridade ajudarão Blatter a continuar a aumentar a geografia e a popularidade do futebol em todo o mundo”, refere o telegrama de felicitação, segundo informou o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

Além disso, o presidente russo “sublinhou, uma vez mais, que a Rússia está interessada e disposta a colaborar com a FIFA, em geral, e para preparar o Campeonato Mundial de Futebol da Rússia, em particular”.

“A Rússia tem intenção de realizar todos os esforços necessários para organizar de maneira bem-sucedida esse torneio e também para a popularização do futebol e aumentar o milionário exército dos aficionados deste desporto”, adiantou.

Depois de rebentar o escândalo de corrupção envolvendo a FIFA, Putin denunciou que a detenção em Zurique de responsáveis do organismo a pedido da justiça norte-americana era uma tentativa de impedir a reeleição de Blatter.

“Não há dúvidas de que é uma clara intenção de não permitir a reeleição de Blatter como presidente da FIFA”, disse.

Ennio Leanza / EPA

O presidente da FIFA,  Joseph Blatter

O presidente da FIFA, Joseph Blatter

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos indiciou na quarta-feira nove dirigentes ou ex-dirigentes e cinco parceiros da FIFA, acusando-os de associação criminosa e corrupção nos últimos 24 anos, num caso em que estarão em causa subornos no valor de 151 milhões de dólares (quase 140 milhões de euros).

Entre os acusados estão dois vice-presidentes da FIFA, o uruguaio Eugenio Figueredo e Jeffrey Webb, das Ilhas Caimão e que é também presidente da CONCACAF (Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caraíbas), assim como o paraguaio Nicolás Leoz, ex-presidente da Confederação da América do Sul (Conmebol).

Dos restantes dirigentes indiciados fazem parte o brasileiro José María Marín, membro do comité da FIFA para os Jogos Olímpicos Rio2016, o costarriquenho Eduardo Li, Jack Warner, de Trinidad e Tobago, o nicaraguense Júlio Rocha, o venezuelano Rafael Esquivel e Costas Takkas, das Ilhas Caimão.

A FIFA suspendeu provisoriamente 11 pessoas de toda a atividade ligada ao futebol: os nove dirigentes ou ex-dirigentes indiciados e ainda Daryll Warner, filho de Jack Warner, e Chuck Blazer, antigo homem forte do futebol dos Estados Unidos, ex-membro do Comité Executivo da FIFA e alegado informador da procuradoria norte-americana, que já esteve suspenso por fraude.

A acusação surge depois de o Ministério da Justiça e a polícia da Suíça terem detido Webb, Li, Rocha, Takkas, Figueredo, Esquivel e Marin na quarta-feira, num hotel de Zurique, a dois dias das eleições para a presidência da FIFA, à qual concorrem o atual presidente, o suíço Joseph Blatter, e Ali bin Al-Hussein, da Jordânia.

Joseph Blatter foi reeleito na sexta-feira para um quinto mandato como presidente da FIFA, até 2018, ao vencer o jordano Ali bin al Hussein, num sufrágio realizado no 65.º Congresso do organismo que tutela o futebol mundial.

Blatter acabou por ser eleito ao final da primeira volta, depois de o seu oponente ter anunciado que não disputaria uma segunda volta.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Blater e “a grande autoridade…” Putin dixit…
    Resta-lhe o braço dado com o invasor de um país independente e constitucionalmente democrático que pretende aderir à Europa.

RESPONDER

Governo estuda hipótese de aeroporto na base aérea de Monte Real

O Governo está a estudar a hipótese de criar um aeroporto civil na Base Aérea 5 de Monte Real, em Leiria, confirmou o ministério das Infraestruturas. Em declarações a vários jornais, entre os quais o Público, …

Coronavírus chegou à Europa. Dois casos confirmados em França

O novo coronavírus chegou à Europa. A ministra da Saúde francesa anunciou, esta sexta-feira, que há dois casos confirmados no país. "Há dois casos confirmados", vincou a ministra da Saúde francesa, Agnes Buzyn, em conferência de …

Ucrânia perdeu 11 milhões de habitantes desde 2001

A Ucrânia perdeu mais de 11 milhões de habitantes desde o último censo de 2001 devido à imigração, à anexação da Crimeia e à guerra no leste do país. De acordo com os novos dados oficiais, …

CGD sobe comissões a partir deste sábado (incluindo MB Way)

As transferências por MB Way, as contas-pacote e os serviços mínimos bancários na Caixa Geral de Depósitos vão sofrer um agravamento a partir deste sábado. Tal como tinha sido anunciado em outubro do ano passado, a …

Isabel dos Santos não vai ser detida se for a Angola, garante PGR

O procurador-geral da República de Angola afirmou, esta sexta-feira, que a justiça quer esgotar todos os procedimentos para notificar a empresária angolana antes de pedir um mandado internacional de captura. "Primeiro vamos esgotar a possibilidade de …

Assange deixa ala médica da prisão e passa para área com outros reclusos

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi transferido da ala médica da prisão de Belmarsh, no sudeste de Londres, onde estava isolado, para uma área da prisão com outros presos, anunciou hoje um membro do …

"Saudações da Tailândia." Depois de fugir da prisão, Sekkaki enviou um postal aos diretores

Depois de fugir da prisão, Oualid Sekkaki provocou os responsáveis do estabelecimento prisional e enviou-lhes um postal. Em dezembro do ano passado, Oualid Sekkaki e outros quatro indivíduos fugiram do estabelecimento prisional de Turnhout, na Bélgica. …

Irlanda. Tribunal decide extraditar motorista acusado da morte de 39 migrantes vietnamitas

O tribunal de Dublin sentenciou, esta sexta-feira, que o motorista acusado da morte de 39 imigrantes vietnamitas - encontrados em outubro num contentor refrigerado, perto de Londres - pode ser extraditado para o Reino Unido, …

Atriz norte-americana confronta em tribunal Weinstein com acusação de violação

A atriz americana Annabella Sciorra, conhecida por ter participado na série "Os Sopranos", confrontou na quinta-feira o produtor Harvey Weinstein em tribunal, acusando-o de a ter violado, em meados dos anos 1990. Segundo avançou o Expresso, …

Mulher agride médica na Urgência do Hospital de Águeda

Uma médica foi agredida, esta quinta-feira, na Urgência do Hospital de Águeda, por uma mulher que acompanhava o filho a uma consulta. De acordo com o Jornal de Notícias, a médica, de 33 anos, que estava …