Putin avisa: se Washington colocar mísseis na Europa, Moscovo vai retaliar

Yuri Kochetkov / EPA

Vladimir Putin disse num discurso à nação que a Rússia vai responder caso os Estados Unidos decidam implementar os novos mísseis de alcance intermediário na Europa.

Esta resposta, disse o presidente russo citado pelo The Washington Post, terá como alvo não só os países onde os norte-americanos implementaram o armamento, mas os próprios Estados Unidos.

Putin garantiu ainda que estão completos os testes de um novo míssil e drone com capacidade nuclear e que essas armas estão preparadas para serem incluídas no arsenal do país.

Segundo o The New York Post, Putin rejeitou as acusações dos Estados Unidos de que a retirada do tratado das Forças Nucleares de Alcance Intermediário em 1987 foi motivada por violações russas do pacto, acusando ainda os EUA de falsas acusações contra a Rússia para justificar sua decisão de sair do pacto.

Putin disse ainda que a Rússia não será a primeira a implantar novos mísseis de alcance intermediário na Europa, mas alertou que vai retaliar se os EUA colocarem esses mísseis no continente.

“É o direito deles pensarem como querem. Mas conseguem contar? Tenho a certeza que sim. Vamos deixá-lo contar a velocidade e o alcance do sistema de armas que estamos a desenvolver”, disse o presidente russo, acrescentando que “a Rússia será forçada a criar e implementar tipos de armas que possam ser utilizados não só em relação aos territórios de onde surge a ameaça direta, mas também em relação aos territórios onde os centros de decisão estão localizados”.

Para Putin, segundo o Observador, caso os Estados Unidos implantem novos misseis na Europa, a Rússia não tem escolha: terá que responder, pois esta situação iria reduzir drasticamente o tempo que leva os mísseis norte-americanos a alcançar a Rússia, algo que, segundo o líder russo, constitui uma ameaça direta.

“Sabemos como fazer isto e vamos implementar estes planos imediatamente, logo que as ameaças se tornem uma realidade”, acrescentou.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. O filho da Putin vai retaliar como?
    Será que vai invadir a Ucrânia e a Geórgia?
    Ah, espera…
    Enquanto boa parte dos russos vivem na miséria, este psicopata está preocupado com mísseis!…

    • Acho bem pois são os únicos a poder retaliar contra as investidas constantes dos estados unidos em todo mundo para se apodera de todas as riquezas naturais do resto do mundo, enquanto as deles ficam no solo para poderem depois cobrar o que quiserem, quando as riquezas naturais do resto do mundo estiverem a zero.
      É triste que ninguém tenha essa noção…

      • Pois… por acaso, a Rússia nunca fez nada disso – é que nem pensar!!…
        E, como se sabe, o povo russo vive muito bem e toda a gente quer ir viver para a Rússia!…
        O filho da Putin, além de fazer igual ou pior do que os EUA, faz isso fora e DENTRO da própria Rússia, fazendo com que, no país com mais recursos naturais do mundo (e apenas com 150 milhões de habitantes para uma área de 5x a União Europeia!), a maioria da população viva miseravelmente – enquanto ele é “apenas” o homem mais rico do mundo!!
        É triste que, muitos dos que falam da Rússia apenas para contrariar o imperialismo americano, não tenham essa noção…

  2. Este anda por aí a fazer publicidade e ameaças com novos mísseis intercontinentais de última geração e sente-se no direito de manter o terreno limpo nos arredores da casa dele, nada burro!

  3. Sou daquelas pessoas que acredita que os Estados Unidos Americanos e a Rússia, perpetuam um enorme teatro. Não acredito que se queiram enfrentar numa guerra mundial, e a Europa no meio geografico, politicamente iria deixar?

RESPONDER

O RRS David Attenborough, navio virgem dos reinos polares, já saiu do estaleiro

O navio RRS Sir David Attenborough saiu finalmente do seu estaleiro. O já lendário navio vai agora ser sujeito a alguns testes antes de ser oficialmente entregue ao serviço, em novembro deste ano. A construção do …

Vulcões ativos produzem 30 a 50% da atmosfera de Io

Novas imagens rádio obtidas pelo ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) mostram, pela primeira vez, o efeito direto da atividade vulcânica na atmosfera da lua de Júpiter, Io. Io é a lua mais vulcanicamente ativa do nosso …

Descobertas pegadas fossilizadas com mais de 10 mil anos. São a trilha pré-histórica de uma mãe com um bebé ao colo

Uma equipa de investigadores internacional descobriu o trilho pré-histórico mais comprido do mundo no Novo México, nos Estados Unidos. O novo estudo conta a historia de uma mulher que carregou um bebé nos braços durante …

Pure Skies. Empresa desenha cabines dos aviões do pós-pandemia

Desde o início da pandemia, os especialistas têm testado diferentes maneiras de alcançar o distanciamento social em aviões, embora com pouco sucesso. Agora, há uma empresa que está a levar esta ideia até ao próximo …

OE2021. Bloco de Esquerda vota contra na generalidade

O Bloco de Esquerda vai votar contra a proposta do Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, anunciou a coordenadora do partido, Catarina Martins. Em declarações aos jornalistas, a bloquista confirmou este domingo que o …

PS ganha eleições nos Açores sem garantia de maioria absoluta

O PS voltou a ganhar as eleições regionais dos Açores, obtendo entre 37% e 41%, o que não garante a maioria absoluta, segundo a projeção à boca das urnas realizada este domingo pela Universidade Católica …

Extinção da fauna em Madagáscar pode dever-se à presença humana (e a mudanças climáticas)

Grande parte da fauna de Madagáscar e das ilhas Mascarenhas foi eliminada durante o último milénio. Neste sentido, uma equipa de cientistas analisou um registo do clima nos últimos 8000 anos nas ilhas. O resultado …

PAN vai abster-se na generalidade. OE mais próximo da aprovação

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) vai abster-se na votação na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) na próxima quarta-feira, anunciou a líder parlamentar do partido, Inês Sousa Real. Com a abstenção dos três …

O passado tóxico fica para trás. Asbestos, a cidade "amianto", mudou de nome

A cidade canadiana Asbestos (que significa amianto) ganhou um novo nome, quase 11 meses após o anúncio da votação. Wuase metade dos cerca de 6 mil residentes da cidade canadiana marcaram presença numa votação organizada num …

Menino de 12 anos encontra fóssil de dinossauro com 69 milhões de anos

Nathan Hrushkin, aspirante a paleontólogo de 12 anos, encontrou o fóssil de um dinossauro enquanto passeava com o pai em Alberta, no Canadá. Depois de enviarem uma fotografia ao Museu Royal Tyrrell, ficaram a saber …