PSP só registou agressão a jovem na noite de S. João três dias depois

Nicol Quinayas / Facebook

Nicol Quinayas, a colombiana agredida no São João no Porto

Os agentes da PSP que foram chamados para o caso da agressão à jovem colombiana Nicol Quinayas, de 21 anos, na noite de S. João, no Porto, levaram três dias a redigir o auto da ocorrência. E só o fizeram depois de Nicol ter apresentado queixa na esquadra e de o caso ter sido noticiado.

A jovem foi violentamente agredida e insultada, na madrugada de domingo, no Porto, por um segurança da empresa 2045 a exercer funções de fiscalização para a STCP (Serviço de Transportes Colectivos do Porto).

Os agentes da PSP que foram ao local ignoraram Nicol e as testemunhas da agressão e só registaram os “dados de agressor”, reporta o jornal Público. A PSP só fez a participação da ocorrência três dias depois, aponta o diário, notando que antes disso Nicol fez queixa na esquadra e que o caso foi reportado pelos órgãos de informação.

Uma fonte da Direcção Nacional da PSP refere ao Público que a data do auto é de 27 de Junho, enquanto a agressão ocorreu na madrugada de 24 de Junho. Nicol fez queixa no dia 25 de Junho numa esquadra.

A Inspecção-Geral da Administração Interna (IGAI) nota ao Público que vai “monitorizar a situação” através de “um processo de índole administrativa“, solicitando, nomeadamente, à Direcção Nacional da PSP para “se pronunciar sobre o procedimento adoptado”.

A Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial refere, por seu lado, que vai remeter o caso para o Ministério Público.

(dr) Nicol Quinayas

PS exige acção do Governo e debate sobre racismo

Bloco de Esquerda, PCP e PS já vieram a terreiro condenar o sucedido, pedindo respostas sobre a actuação da PSP. O PS exigiu ao Governo que actue junto das forças policiais para que haja consequências da agressão “racista” de que foi vítima a jovem colombiana e que conclua “rapidamente” o diploma sobre segurança privada.

Palavras do Presidente do PS, Carlos César, que também deixa recados ao Governo, notando que “é importante que conclua rapidamente a proposta de lei para disciplinar melhor a actividade da segurança privada”.

“É importante também que o Governo tenha consciência de que aquilo que se passou não foi uma mera desavença”, sublinha Carlos César. “Foi uma agressão com um fundamento racista, que não pode deixar de ser registada no plano político”, considera.

O Presidente do PS também reforça que “é importante que na sociedade portuguesa não se escondam acontecimentos como estes, que não sejam mascarados ou trivializados” e que sejam, “antes, devidamente valorizados”, e destaca que “é importante que se aprofunde o debate sobre o racismo”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Totalmente contra o segurança, mas como não sou parvo se as imagens apresentadas correspondessem á verdade? bem nunca em 4 ou 5 dias que perfazem hoje. Como via na televisão hoje só pequenos sinais de agressão, nem com muito gelo etc esses sinais desapareceriam quase por completo e nem com maquilhagem acho.
    Mas concordo em absoluto que se investigue e castigue fortemente até como exemplo.

RESPONDER

Leite sem lactose em laboratório (e com a ajuda de membranas de óxido de grafeno)

As membranas de óxido de grafeno (uma forma oxidada do material) têm sido muito estudadas para a dessalinização da água e separação de corantes, mas as suas propriedades podem não ficar por aqui. Uma equipa de …

Cientistas criam material de "auto-reparação" mais resistente do mundo (e é perfeito para ecrãs de telemóveis)

Investigadores do Instituto Indiano de Educação e Investigação Científica (IISER, na sigla em inglês) podem ter encontrado o material perfeito para fazer os ecrãs de smartphones: transparente, resistente e que a capacidade de se "auto-curar" …

"A bitcoin vai criar a paz mundial"

A rainha das moedas digitais, se não construir a paz no planeta, vai ajudar na pacificação entre os seres humanos. É a opinião de Jack Dorsey. É o centro de atenções de muitos investidores, é o …

"Burrolandia". Parque temático de burros no México está a tentar salvar estes animais

Um parque temático de burros no México serve de santuário a estes animais que estão aos poucos a desaparecer no país. "O burro ajudou o homem por muito tempo. É hora de retribuirmos o favor", …

Uma mão robótica que joga Super Mario Bros na Nintendo? Sim, existe

Uma equipa de investigadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, imprimiu em 3D peças para criar uma mão robótica capaz de jogar Super Mario Bros na Nintendo.  A mão robótica é totalmente montada com circuitos …

"Narco Drones" apanhados a entregar drogas numa prisão chilena

Reclusos e cúmplices no exterior estão a usar drones para contrabandear droga para a prisão mais antiga do Chile. As autoridades chilenas descobriram que o esquema de contrabando tinha como objetivo transportar drogas para a Ex …

Erupção do vulcão Etna causa problemas económicos na Sicília

Nos últimos meses, o vulcão Etna tem estado em constante erupção e o custo de limpeza das cinzas está a deixar muitas cidades da Sicília à beira da falência. O vulcão Etna – um dos mais …

Argentina cria documento de identidade para pessoas não binárias

O Presidente da Argentina anunciou, esta semana, que o país tem um novo documento de identidade para incluir pessoas não binárias. É o primeiro país da América Latina a fazê-lo. De acordo com o chefe de …

Costa diz que Portugal vai ter "o dobro" de fundos comunitários para investir

O primeiro-ministro afirmou, este sábado, que Portugal vai contar, nos próximos sete anos, com "o dobro" de fundos comunitários para investimento, considerando que esta "é uma oportunidade única" que não pode ser desperdiçada. "Vamos ter a …

Chinesa morre após salvar a filha de deslizamento de terra. Bebé esteve 24 horas nos escombros

Uma mulher morreu após salvar o seu bebé quando um deslizamento de terra e uma forte inundação atingiram a sua casa na China, revelam as equipas de resgate. Como noticia a BBC, a bebé foi resgatada …