PSP multou 406 pessoas (e deteve 16) no fim de semana que passou

António Cotrim / Lusa

A PSP deteve, durante o passado fim de semana, 16 pessoas e multou 406 por incumprimento do dever geral de recolhimento, num total de 621 operações de fiscalização.

Dos detidos, “dez foram por desobediência ao dever geral de recolhimento – portanto, pessoas que se encontravam na via pública sem uma justificação prevista na lei e que se recusaram terminantemente a voltar à sua residência quando lhes foi indicado por parte dos nossos polícias. Foram, portanto, detidas por desobediência”, explica o intendente Nuno Carocha, em declarações à Renascença.

O porta-voz da PSP considera que, de uma maneira geral, os portugueses cumpriram as regras impostas pelo Governo, que estarão em vigor até, pelo menos, às 23h59 do dia 30 de janeiro.

Ainda assim, foram detidas “cinco pessoas por incumprimento da proibição de venda e consumo de bebidas alcoólicas na via pública e ainda uma pessoa que se encontrava infetada com covid-19 e que tinha instruções das autoridades de saúde para se manter no domicílio”.

“Foi encontrada na via pública e automaticamente detida”, explicou Nuno Carocha.

A recusa em cumprir as limitações de circulação na via pública e a falta de máscara foram as principais razões para as 406 coimas aplicadas durante o fim de semana pela PSP.

“Dessas 406 contraordenações, destacam-se 97 por falta de uso de máscara, 70 por incumprimento do dever geral de recolhimento, 49 por incumprimento das regras de distanciamento físico e 37 por consumo de bebidas alcoólicas na via pública”, refere o intendente.

“São tudo contraordenações punidas com coima, agora durante o estado de emergência, de 200 euros no mínimo e que têm de ser pagas, no contexto do novo regime legal que entrou em vigor neste fim-de-semana, de imediato”, sublinha ainda Nuno Carocha.

Quanto à GNR, passou 186 contraordenações e deteve um cidadão por incumprimento do dever de recolher obrigatório, razão pela qual foram multadas 83 pessoas. Houve ainda 42 pessoas multadas por passagem indevida entre concelhos, noticia a Renascença.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

    • Não, nunca tinha pensado… nisso! Aliás nunca tinha pensado. Isso dá muito trabalho. Eu sou daqueles que acha que as leis foram feitas para serem cumpridas… pelos outros! Como nunca fui multado e ando a conduzir com uma carta comprada… Estou imune!

RESPONDER

Deco avança para tribunal contra Apple por manipulação de desempenho dos iPhones 6

A Deco Proteste anunciou esta segunda-feira que avançou com uma ação judicial contra a Apple, acusando-a de práticas enganosas por ter manipulado os iPhones 6, 6 Plus, 6S e 6S Plus para se tornarem obsoletos …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: pouco Festival no FC Porto-Sporting

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/fc-porto-0-0-sporting-o-musical Está bem: Futebol Clube do Porto contra Sporting Clube de Portugal. Segundo classificado recebe o líder. Jogo que pode praticamente definir o novo campeão nacional de futebol. O encontro é naquele estádio junto ao centro …

Índia e Paquistão comprometem-se a respeitar cessar-fogo em Caxemira

Na quinta-feira, o Paquistão e a Índia alcançaram um acordo para fazer cumprir o cessar-fogo na região de Caxemira, reivindicada pelos dois países. A fronteira entre ambos é palco frequente de ataques que deixam soldados …

Governo quer rever norma da dádiva de sangue que exclui homossexuais

O Governo determinou, esta segunda-feira, a constituição de um grupo de trabalho para rever a norma que exclui dadores "por comportamento sexual". De acordo com o SAPO24, o Ministério da Saúde determinou a constituição de um …

Governador de Nova Iorque volta a ser acusado de assédio sexual

O governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, foi acusado por outra ex-assessora de assédio sexual, que foi sua assistente executiva e conselheira de políticas de saúde até novembro do ano passado. Segundo noticiou no sábado o New …

Francisco Assis alerta Governo para riscos das raspadinhas

O presidente do Conselho Económico e Social (CES), Francisco Assis, vai promover um estudo sobre o impacto social do vício da raspadinha e informar o Governo, na esperança de que este repondere o lançamento da …

Mais de 75% dos refugiados sírios podem sofrer de stress pós-traumático

Mais de três quartos dos refugiados sírios podem estar a sofrer de distúrbios mentais, como transtorno de stress pós-traumático (TEPT), dez anos após o início da guerra civil no país. De acordo com um artigo do …

AVC foi a principal causa das 112.334 mortes em 2019

As doenças circulatórias foram as principais causas das 112.334 mortes verificadas em Portugal em 2019, divulgou esta segunda-feira o Instituto Nacional de Estatística, assinalando que a mais mortífera foi o acidente vascular cerebral (AVC). Em 2019, …

Iémen irá enfrentar a pior fome já vista nas últimas décadas. Guterres implora por generosidade

De acordo com a ONU, a situação humanitária no Iémen é muito grave e o país irá enfrentar a pior fome à qual o mundo já assistiu. Esta situação pode ser revertida se os seus …

"Um erro histórico". Tratado assinado em Portugal incentiva aquecimento global

Um tratado assinado em Lisboa concede um grande poder às empresas de energia para processar os Estados caso se sintam prejudicadas por políticas climáticas. O Tratado da Carta da Energia (TCE) é um acordo internacional assinado …