Psicose do Brexit. Diagnosticado primeiro caso no Reino Unido

No Reino Unido, uma equipa de especialistas identificou o primeiro caso que dizem ser um surto psicótico devido ao Brexit. “Os eventos políticos podem atuar como fatores de stress psicológico e têm um impacto significativo na saúde mental das pessoas”, alerta o relatório médico.

Em 2016, três semanas após a saída do Reino Unido da União Europeia ter ganho o referendo do Brexit, um homem de 40 anos foi atendido no hospital, apresentando um estado psicótico agudo e preocupação profundas com o Brexit.

“Apresentava-se agitado, confuso, com pensamento desordenado. Tinha alucinações auditivas, identificações e referências erradas, paranóia e ilusões bizarras”, elenca o relatório, assinado pelo Dr. Mohammad Zia Ul Haq Katshul, do Instituto de Saúde Mental da Universidade de Nottingham.

“Durante o seu internamento na ala psiquiátrica, ele disse ter vergonha em ser britânico. Descreveu a sua família como sendo multicultural. Disse ter olhado para o mapa eleitoral, no que toca aos resultados, sobre a forma como as pessoas votaram sobre a União Europeia. E pertencer a uma circunscrição que reflete uma opinião que não é a sua”, conta o médico, citado pelo Diário de Notícias.

O médico disse ter tratado o paciente com olanzapina, um antipsicótico usado para tratar a esquizofrenia e a desordem bipolar. No relatório, o especialista refere ainda que o paciente tinha tido um episódio semelhante 13 anos antes, relacionado com stress laboral.

O homem “tinha estado sujeito a stress relacionado com o trabalho e a família antes daquele episódio e isso pode ter contribuído”. “Os eventos políticos podem atuar como fatores de stress psicológico e têm um impacto significativo na saúde mental das pessoas, especialmente daqueles que já têm predisposição para desenvolver doenças mentais”, adverte.

O relatório foi publicado no British Medical Journal e citado por vários meios de comunicação, mas não é a única evidência de que o transtorno político que se vive no Reino Unido tem afetado a saúde das pessoas.

Em junho, a psicoterapeuta Emmy van Deurzen disse ao The Guardian que muitos cidadãos comunitários têm procurado a sua ajuda, movidos por problemas de stress e ansiedade relacionados com o Brexit. Na sua clínica, recebe agora 15 cidadãos europeus por semana, quando antes recebida, durante o ano todo, no máximo 50 ou 100.

“Quase todos os cidadãos da UE no Reino Unido são afetados pelo Brexit de alguma forma. Algumas pessoas estão a sentir-se incomodadas, outras que não podem continuar aqui e outras que não conseguem lidar com ansiedade, as insónias, que têm tido ataques de pânico, sentimentos de paranóis e ideação suicida”, disse, na altura, a especialista.

No início deste ano, em declarações ao HuffingtonPost.co.ukMike Ward também já tinha afirmado que a ansiedade causada pelo Brexit é bem real. O psicoterapeuta, que tem duas clínicas no Reino Unido, afirmou que, dos pacientes que atendeu no espaço de duas semanas, metade referiu preocupações em relação ao Brexit.

Apesar de não ser a causa primária da ansiedade, pode certamente piorar sentimentos de preocupação, de falta de esperança e de ausência de controlo sobre uma situação, explica o especialista.

No referendo de 23 de junho de 2016, 52% dos eleitores britânicos votaram a favor da saída da União Europeia e 48% a favor da permanência do Reino Unido na UE. A nova data de saída é 31 de outubro, mas neste momento ainda não é possível saber se o país vai abandonar mesmo a União Europeia.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. E fora da UK também existe o mesmo problema. Eu confesso que tenho sintomas de psicose do Brexit, estou esperançado que saiam sem acordo e se arrependam amargamente… Maldito chá que a nossa princesa Catarina de Bragança levou para Inglaterra.

RESPONDER

Cientistas investigam estranho gelo cor-de-rosa num glaciar dos Alpes italianos

Uma equipa de cientistas anunciou esta segunda-feira estar a tentar averiguar a origem de gelo cor-de-rosa num glaciar nos Alpes italianos. O fenómeno deverá ser provocada por algas que aceleram os efeitos das mudanças climáticas. A origem …

Especialistas de 32 países alertam OMS: covid-19 também se transmite pelo ar

Numa carta aberta à Organização Mundial de Saúde, 239 cientistas pedem que a organização reveja as recomendações que tem emitido, alertando para o facto de a covid-19 poder transmitir-se pelo ar. Numa carta dirigida à Organização …

Moreirense 0-0 Sporting | Nulo em jogo de pólvora seca

A 30ª jornada fechou no Minho com um nulo entre Moreirense e Sporting, que continua sem derrotas sob o comando de Rúben Amorim. A formação leonina poderia muito bem ter vencido em Moreira de Cónegos, pois …

Armazém flutuante. A China está a guardar petróleo no mar (e já se sabe porquê)

A China está a guardar uma quantidade épica de petróleo no mar. De acordo com a CNN, o país comprou tanto petróleo estrangeiro a preços baratos que formou um congestionamento maciço de navios-tanque no mar, …

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …

Federer sente falta de Wimbledon. "Deu-me tudo"

Roger Federer admitiu sentir a falta de Wimbledon, o torneio do "Grand Slam" que, se não tivesse sido cancelado devido à pandemia de covid-19, estaria a decorrer em Londres. O tenista suíço Roger Federer admitiu, esta …