PS quer manter anonimato dos doadores de esperma e óvulos

O PS submeteu o projeto de lei que pretende alterar a lei da procriação medicamente assistida, criando uma norma que assegura o anonimato das pessoas que doaram esperma, óvulos ou embriões antes de 24 de Abril deste ano.

A iniciativa socialista quer ainda garantir que a pessoa que nasceu através destas técnicas não possa revelar “em caso algum” a identidade do dador a outras pessoas.

O anonimato dos dadores deixou de existir na sequência do acórdão do Tribunal Constitucional publicado a 24 de Abril deste ano, que considerou inconstitucionais algumas normas da lei da procriação medicamente assistida.

Em consequência, o material de doações feitas antes desta alteração deixou de poder ser usado a não ser que os dadores dissessem que autorizavam que a sua identidade fosse revelada, segundo o Público. Nos casos em que essa autorização não foi dada ou em que não foi possível contactar os dadores, os tratamentos foram suspensos.

O projeto de lei cria um regime transitório que especifica que “o dador ou dadora de gâmetas e embriões, cuja doação seja anterior ao dia 24 de abril de 2018 e seja utilizada até cinco anos após a regulamentação da presente lei, mantém confidencial a identidade civil do dador ou dadora, exceto nos casos em que expressamente o permita”.

Só as pessoas nascidas de técnicas com recurso a material doado podem pedir a identificação dos dadores. Sem definir idade a partir do qual o podem fazer, a iniciativa estabelece que os nascidos com recurso a esta técnica “não podem, em caso algum, partilhar com terceiros a identidade do dador, sob pena de incorrerem em responsabilidade civil nos termos gerais”.

Este projeto junta-se ao do BE e do PSD, que já tinham descido à especialidade para discussão. Em comum, os três têm a criação da norma transitória que vem assegurar o anonimato de dadores de gâmetas e embriões doados antes do acórdão do TC, tenha este material já sido usado ou não. Também têm em comum o facto de só as pessoas nascidas em consequência destes processos poderem aceder à identidade civil dos dadores.

Mas existem diferenças. O PS não define a idade a partir da qual se pode fazer o pedido de identificação e é o único a dizer que a pessoa não pode partilhar a identidade do dador. Já o BE define idade igual ou superior aos 16 anos para se poder fazer o pedido de identificação e esclarece que o mesmo também é aplicado nas situações de gestação de substituição. O PSD, por seu lado, estabelece como idade mínima os 18 anos.

Quanto ao efeito da norma transitória, no caso das iniciativas do BE e do PS, o anonimato dos dadores fica assegurado até 24 de abril de 2018, tenha o material sido usado ou não. Ambos referem que o anonimato do dador é aplicado ao material doado até aquela data que venha a ser usado até cinco anos após a regulamentação da lei.

Já o PSD propõe que o anonimato dos dadores fique garantido até 7 de maio de 2018, tenha o material sido usado ou não. A duração da confidencialidade dos dadores de material doado até aquela data que venha a ser usado depois da entrada em vigor da lei também é diferente. No caso dos gâmetas vai até um ano, enquanto que, para os embriões, a confidencialidade é garantida até cinco anos após a entrada em vigor da lei.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Os números falam por si". Fauci critica reação dos Estados Unidos à pandemia e politização das máscaras

O principal epidemiologista norte-americano, Anthony Fauci, criticou a política errática do Governo do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em relação à covid-19, e lamentou o escasso uso de máscaras devido a motivações políticas. Durante uma …

Turistas podem circular entre concelhos apesar das restrições

Apenas os turistas estão autorizados a circular entre concelhos, apesar das restrições que vigoram entre 30 de outubro e 3 de novembro, indicou a AHRESP, citando um esclarecimento do Executivo. Segundo o esclarecimento enviado pelo gabinete …

É preciso esforço grande agora para salvar o Natal, alerta Santos Silva

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse esta quarta-feira ser necessário “um esforço muito grande” para travar a propagação do coronavírus ” para salvar o Natal” das famílias dos cerca de 5 milhões …

"É uma treta". Ronaldo publica (e depois apaga) crítica a teste à covid-19

O futebolista Cristiano Ronaldo, capitão da seleção portuguesa, modificou a publicação efetuada esta quinta-feira no Instagram, tendo retirado a frase “PCR é uma treta”, em referência ao teste de despiste à presença do novo coronavírus. Um …

PSD confiante em geringonça, mas Ventura lembra que não tem "duas caras". Carlos César quer PS no poder

Com a solução governativa dos Açores em aberto, André Ventura já disse que está fora de questão integrar uma geringonça com "partidos do sistema", mas admite viabilizar um Governo do PSD na região com algumas …

Lage rasga elogios a João Félix. "Vai ser uma das referências do futebol europeu e mundial"

O antigo técnico do Benfica Bruno Lage teceu rasgados elogios ao internacional português João Félix, que esta terça-feira somou dois golos e fez uma boa exibição no jogo do Atlético de Madrid frente ao RB …

"Sentimo-nos em Itália". Médicos do Tâmega e Sousa contradizem hospital e reiteram situação de rutura

Médicos do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) ouvidos pelo semanário Expresso reiteram que os hospitais que integram o centro, o de Penafiel e o de Amarante, se encontram perto da rutura, contradizendo a …

Vieira reeleito em votação histórica para o sexto (e último) mandato

O presidente do Benfica esta quarta-feira eleito para um sexto mandato, manifestou "orgulho" por vencer o ato eleitoral mais concorrido da história do clube e apelou a que os benfiquistas "respeitem os resultados" do escrutínio. "Vencer …

Bélgica anuncia confinamento parcial. Ministro visita hospital e mostra-se "chocado" com o que viu

O chefe do governo federal na Bélgica anunciou ontem novas medidas de confinamento que entraram em vigor à meia-noite em todo o território. Em causa está uma crescente preocupação com o aumento de infetados que, …

O caso mais antigo de osteopetrose foi descoberto no esqueleto de um homem da Idade do Ferro

Uma equipa de cientistas alemães descobriu o caso mais antigo conhecido de osteopetrose, ou doença dos "ossos da pedra", nos restos mortais de um homem de 20 anos da Idade do Ferro. A osteopetrose é uma …