PS e PSD podem empatar nas europeias

PSD / Flickr; José Sena Goulão / Lusa

Rui Rio, António Costa

Foram divulgadas as sondagens da Aximage e Pitagórica. Há diferenças nos resultados, mas ambas mostram o mesmo: o PS à frente do PSD por pouco mais de 1% e em possível situação de empate técnico.

Na sondagem do Negócios/CM, na liderança das intenções de voto, o PS teria 31,7% dos votos se as eleições se realizassem esta sexta-feira, com possibilidade de eleger entre oito a nove eurodeputados. Já o PSD teria 29% das intenções de voto, podendo levar para o Parlamento Europeu entre sete a oito eurodeputados.

Nesta sondagem, a CDU surge na terceira posição com 8,4% das intenções de voto e, logo a seguir, surge o BE com 8,3% dos votos. A seguir, surge o CDS/PP com 7,7%. Na corrida para eleger apenas um eurodeputado, surgem no final desta sondagem o Basta com 1,8% dos votos e o PAN e o Aliança, ambos com 1,3%.

Os resultados obtidos para a TSF e o JN não são muito diferentes. O PS, com 30,3% das intenções de voto, surge também à frente do PSD, com 29%. Se fossem assim os resultados, os dois partidos elegeriam oito eurodeputados, ficando numa situação de empate técnico.

Nas últimas eleições de 2014, o PS, com 31,36% dos votos, ganhou ao PSD, que teve apenas 27,71% dos resultados. Foi este resultado que levou à queda de António José Seguro, antigo secretário geral do PS, quando o atual primeiro-ministro, António Costa, na altura presidente da Câmara de Lisboa, tomou a liderança do partido.

Em terceiro lugar nos resultados da Pitagórica, está o BE com 11,3%. Já o CDS/PP, ficaria em quarto com 7,6% dos resultados e, em último, a CDU, com 6,5%. Nestas contas, não haveria hipótese para mais partidos terem hipótese de chegar a Bruxelas, ao contrário da outra sondagem.

As duas sondagens referem também que há ainda eleitores indecisos, mas variam bastante nos resultados. A Aximage afirma que há apenas 3,5%. Já a Pitagórica diz que há ainda 26,2%.

Pedro Marques é o menos popular

Na popularidade dos candidatos parece ser Pedro Marques, o cabeça de lista do PS, a criar dores de cabeça para as contas dos socialistas contra o PSD. Segundo a Aximage, num teste de popularidade, o antigo Ministro do Planeamento é o menos conhecido.

29,9% dos inquiridos sabe identificar quem é o eurodeputado Paulo Rangel, o cabeça de lista dos sociais-democratas. Já Pedro Marques desce em relação a resultados anteriores, com apenas 20,4% dos inquiridos a saberem dizer quem é o candidato.

Nestes resultados a eurodeputada Marisa Matias, a cabeça de lista do BE, surge com 16,2% dos resultados, seguida pelos eurodeputados Nuno Melo cabeça de lista do CDS/PP, e João Ferreira, cabeça de lista da CDU, com apenas 5,6%.

No que respeita a classificações de desempenho, a mesma sondagem põe na liderança Marisa Matias, com uma nota de 11 valores (em 20). Paulo Rangel tem também nota positiva, mas só de passagem: 10,3. Nuno Melo, João Ferreira e Pedro Marques ficam com classificação negativa segundo os inquiridos, com 9,5, 9,2 e 8,8.

Os resultados da Pitagórica relativos à idade dos eleitores mostram que o PSD parece estar a cativar eleitores mais novos, com 25 e 34 anos, ao estar oito pontos percentuais à frente do PS.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Sondagens….há para todos os gostos , só que todas têm um problema, qual será a percentagem de abstenção , e é aí que a porca torce o rabo, com abstenções de 65 ou até 70 % os resultados são imprevisíveis. E atenção é preciso um mínimo de 4% para algum partido eleger deputados.

RESPONDER

Subida do Salário Mínimo Nacional vai aumentar as propinas

A subida do Salário Mínimo Nacional para os 635 euros em 2020, vai ter influência em valores a pagar ou a receber, nomeadamente nas propinas mínimas do Ensino Superior público e nos tectos do Fundo …

É essencial um acordo internacional para taxar “gigantes” tecnológicos, defende Costa

O secretário-geral do PS, António Costa, considerou esta sexta-feira insustentável do ponto de vista social a situação em que classes médias e pequenas empresas suportam a maior parte do esforço fiscal e defendeu um acordo …

Lisboa entre as cidades com trânsito mais caótico do mundo

Um estudo da Mister Auto - marca líder de mercado na venda de peças para automóveis - agora divulgado revelou que Lisboa está na 74.ª posição no 'ranking' das cidades mais circuláveis. Ou seja, muito …

Parlamento rejeita reforçar subsídio de doença para doentes crónicos e oncológicos

A Assembleia da República rejeitou esta sexta-feira, na generalidade, reforçar o subsídio de doença para doentes crónicos, oncológicos ou graves. Em causa estavam dois projetos de lei de Bloco de Esquerda e PCP e um projeto …

Vacas levadas pelo furacão Dorian aparecem dois meses depois

Três vacas desapareceram de uma ilha na Carolina do Norte, em setembro, na sequência do furacão Dorian. Nas últimas semanas, foram encontradas a oito quilómetros de distância. As três vacas desaparecidas de uma ilha na Carolina …

Criptomoedas são "péssima ideia" e interferem com a política monetária

O Nobel da Economia de 2007, Eric Maskin, afirmou, em entrevista à Lusa, que as criptomoedas são uma "péssima ideia", alertou que interferem com as medidas de política monetária e partilhou que tem esperança que …

PSD aponta Rio e Pinto Balsemão para Conselho de Estado. PS indica Louçã e Carlos César

PS e PS revelaram esta sexta-feira quais os nomes que vão indicar para o Conselho de Estado. O antigo governante Francisco Pinto Balsemão, o líder do PSD, Rui Rio, e o bloquista Francisco Louçã são …

Empresário de Schumacher diz que foi proibido de visitar o antigo piloto

O antigo empresário de Michael Schumacher, Willi Weber, disse não saber qual é o estado de saúde do antigo piloto, revelando ainda que a sua mulher, Corinna Schumacher, o proibiu de o visitar por temer …

Nevões em França causam um morto e deixam 300 mil famílias sem energia

Os fortes nevões que afetam França desde quinta-feira causaram a morte a uma pessoa e cortes de energia que estão a privar de eletricidade 300 mil famílias, sobretudo no sudeste do país. Um motorista de 63 …

Remoção de algumas placas com amianto "aumenta exponencialmente a perigosidade"

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, confirmou que ainda há estabelecimentos de ensino com estruturas de fibras de amianto incorporado, esclarecendo que a remoção de algumas aumenta a perigosidade. O Ministério da Educação removeu "muitos milhares …