Descoberta primeira prova da existência de profeta bíblico lendário

Web Gallery of Art / Wikimedia

Profeta Isaías

O Profeta bíblico Isaías segundo o pintor Raffaello

A figura bíblica Isaías, que profetizou a chegada do Messias, pode ter sido uma pessoa real. Os investigadores encontraram um selo de argila antigo do tempo em que o profeta terá vivido com o seu nome inscrito.

Com o nome “bulla“, o selo foi recuperado de um lixo com 2700 anos em Ofel, uma estreita passagem no sul de Jerusalém, datado do ano 8 a.C. e está inscrito o nome do profeta judeu.

Foi encontrado a apenas 3 metros do mesmo local onde a “bulla” do Rei Ezequias, de quem Isaías seria um conselheiro, estava em 2015.

“Aparentemente descobrimos um selo impresso, que pode ter pertencido ao profeta Isaías, num escavação arqueológica e científica”, disse Eilat Mazar da Universidade Hebraica em Jerusalém, que liderou a pesquisa. “Se for esse o caso, então não seria surpresa termos encontrado perto de onde onde foi encontrada a ‘bulla’ do Rei Ezequias”.

Infelizmente partida, a “bulla” tem cerca de um centímetro de diâmetro, estampada com o nome Yesha’yah[u] – Isaías em hebraico. A seguir, estavam as letras NBY, as primeiras três letras utilizadas para a sigla de profeta em hebraico: nun-beit-yod-aleph.

Na sua total composição, no selo deveria ler-se “Profeta Isaías“. “A ausência desta carta final exige que deixemos em aberto a possibilidade de que poderia ser o nome Navi – profeta em hebraico. Mas o nome de Isaías é bastante claro”, disse Mazar.

O selo poderia ter pertencido a um outro Isaías daquele tempo, já que o nome era bastante comum naquele tempo. No entanto, se a “bulla” se referia de facto ao Profeta Isaías que aparece mencionado na bíblia, esta seria a primeira prova da existência do profeta – fora dos textos religiosos.

(dv) Ouria Tadmor/Eilat Mazar

O autor do Livro de Isaías, que faz parte do Antigo Testamento da Bíblia, não é claro, mas a forma como é retratado mostrava-o como alguém muito próximo do Rei Ezequias entre 727 e 698 antes de Cristo. Foi o Profeta Isaías, de acordo com a Bíblia, quem aconselhou Ezequias a resistir ao povo dos assírios, prevenindo a invasão de Jerusalém através da intervenção divina.

Apesar de a “bulla” não constituir uma prova definitiva de que Isaías existiu, esta continua a ser uma descoberta notável, explicou Mazar. A sua proximidade com a “bulla” de Ezequias e o facto de que só pessoas de elevado estatuto usavam “bulla”, abre uma possibilidade muito plausível de que o selo tenha pertencido ao Isaías bíblico.

Além disso, fascinantemente, no reverso do selo está uma impressão de tecido, o que indica que o sel foi utilizado para fechar uma embalagem de pano – e está marcado pela impressão digital, provavelmente de quem a fechou.

“A descoberta das estruturas reais do tempo do Rei Ezequias em Ofel é uma rara oportunidade de revelar vividamente este tempo específico da história em Jerusalém”, concluiu Mazar.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Título: ‘Descoberta primeira prova da existência de profeta bíblico lendário’
    Depois lê-se no texto: ‘O selo poderia ter pertencido a um outro Isaías daquele tempo…’ e ‘Apesar de a “bulla” não constituir uma prova definitiva de que Isaías existiu…’
    Afinal, em que é que ficamos? Ou já estava escrito o título e tiveram preguiça de o rever ou é o chamado ‘clickbait’ (notícia sencionalista para gerar clicks).

RESPONDER

Inscrição hebraica com 2.800 anos revela antigo nome bíblico

Uma equipa de arqueólogos encontrou um jarro com 2.8000 anos com a inscrição em hebraico "Benayo" no sítio arqueológico de Abel Beth Maacah, no norte de Israel, local várias vezes mencionado na Bíblia Hebraica.  De …

Braga vence FC Porto e conquista Taça da Liga. Sérgio coloca lugar à disposição

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 1-0 e conquistou a Taça da Liga, com Ricardo Horta a marcar o golo decisivo aos 90+5, garantindo um troféu que os bracarenses já tinham …

Rara moeda de ouro com a cara de Eduardo VIII vendida por preço recorde

Uma rara moeda de ouro com o perfil do rei britânico Edward VIII foi vendida a um comprador particular pelo valor recorde de 1,3 milhões de dólares. A informação é avançada pela Royal British Mint, a …

Depois dos incêndios, Austrália está prestes a experimentar uma "bonança" de aranhas mortais

Depois dos incêndios florestais que assolaram o país, os australianos começaram a implorar por chuva. O bónus de aranhas mortais não estava incluído no pedido, mas os especialistas do Australian Reptile Park acreditam que é …

Governo admite retirar cidadãos nacionais de Wuhan

As autoridades portuguesas estão a cooperar com outros países europeus para reforçar o apoio aos cidadãos nacionais que se encontram em Wuhan, onde ocorreram os primeiros casos do novo coronavírus, admitindo a possibilidade de retirá-los …

Os cogumelos podem ser muito mais antigos do que pensávamos

Os cogumelos podem ser mais antigos do que pensávamos, concluíram cientistas que dataram vestígios de micélio (constituinte dos cogumelos) com 800 milhões de anos, divulgou esta quarta-feira a Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica. Estudos anteriores …

Comer iogurte natural pode ajudar a reduzir o risco de cancro da mama

Uma das causas mais apontadas para o cancro da mama é a inflamação causada por bactérias nocivas. Esta tese ainda não foi provada, mas é apoiada pelas evidências até agora disponíveis de que a inflamação …

Primeiro caso suspeito de infeção por coronavírus detetado em Portugal

Foi detetado o primeiro caso suspeito de infeção infeção pelo novo coronavírus , em Portugal, anunciou este sábado a Direção-Geral de Saúde. “Este doente, regressado hoje [este sábado] da China, onde esteve na cidade de Wuhan …

Slava Semeniuta transforma chuva em atmosfera néon

O artista e fotógrafo russo Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, mistura elementos naturais e faz mágica com eles. Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, retoca fotografias de poças de água para criar composições …

Empresa quer vender dispositivos que extraiem água potável do ar

A empresa israelita Watergen está a planear começar a vender uma versão para o consumidor do seu aparelho que extrai água potável do ar ainda este ano. A tecnologia do gerador atmosférico da empresa está em …