Protetor solar entra na corrente sanguínea após apenas um dia de uso

Um estudo mostra que, apenas um dia depois do seu uso, os químicos dos protetores solares entram na nossa corrente sanguínea. O governo americano está a fazer investigações adicionais em relação ao problema.

De acordo com um estudo piloto realizado pela Administração de Drogas e Alimentos dos EUA (FDA) e publicado na revista médica JAMA, os ingredientes de vários protetores solares comuns entram na corrente sanguínea depois de apenas um dia de uso.

Esses níveis são altos o suficiente para que o governo americano conduza investigações adicionais de segurança. As quatro substâncias químicas estudadas — avobenzona, oxibenzona, ecamsule e octocrileno — fazem parte de uma dúzia que, segundo a FDA, precisam de ser melhor investigadas pelos fabricantes antes de poderem ser consideradas “seguras e eficazes”.

No estudo piloto, a concentração sanguínea de três desses quatro ingredientes continuou a aumentar devido ao uso diário e permaneceu no corpo por pelo menos 24 horas após o fim do uso.

Os resultados não significam que se deve parar de usar protetor solar. Mais estudos precisam de ser realizados para determinar se há implicações médicas verdadeiras relacionadas com a absorção de certos ingredientes, conforme explica o dermatologista da Faculdade de Medicina da Universidade Yale e porta-voz da Academia Americana de Dermatologia, David Leffell.

“Não é novidade que as coisas que colocamos na pele são absorvidas pelo corpo”, complementou Scott Faber, vice-presidente sénior do Environmental Working Group. “Este estudo é a maneira da FDA mostrar aos fabricantes de protetores solares que eles precisam de fazer testes para ver se a absorção química representa um risco para a saúde”.

Num editorial que acompanhou o estudo, o ex-presidente da FDA, Robert Califf, assegurou aos leitores que só porque o estudo encontrou níveis químicos acima das diretrizes não significa que esses ingredientes sejam inseguros.

O estudo piloto

O estudo da FDA envolveu 24 voluntários saudáveis ​​que foram aleatoriamente designados para usar um protetor solar de spray ou creme que continha avobenzona, oxibenzona ou octocrileno como ingredientes, ou um protetor solar em creme que continha ecamsule.

Os voluntários foram convidados a colocar o protetor solar designado em 75% do corpo, quatro vezes por dia, durante quatro dias. Trinta amostras de sangue foram recolhidas de cada voluntário durante sete dias.

Das seis pessoas que usaram o protetor com ecamsule, cinco tinham níveis do produto químico no sangue considerados estatisticamente significativos até ao final do primeiro dia. No caso dos outros três produtos, todos os voluntários apresentaram níveis significativos após o primeiro dia.

A oxibenzona, em especial, foi absorvida pelo corpo numa concentração 50 a 100 vezes maior do que qualquer outro produto químico testado.

Quais os potenciais problemas?

Em 2008, os Centros para Controle e Prevenção de Doenças dos EUA analisaram amostras de urina recolhidas por um estudo do governo e encontraram oxibenzona em 97% delas. Desde então, estudos mostraram uma ligação potencial entre a oxibenzona e níveis mais baixos de testosterona em meninos adolescentes, alterações hormonais em homens e gestações mais curtas e alterações de peso em bebés.

De todos os ingredientes usados em protetores solares, a oxibenzona é conhecida por ser a causa mais comum de alergias. Um estudo descobriu que 70% das pessoas testaram positivo quando expostas a este químico.

Um estudo suíço também encontrou oxibenzona, ou um dos quatro outros produtos químicos para proteção solar, em 85% das amostras de leite materno, o que provocou preocupação de que os recém-nascidos pudessem ser expostos.

A União Europeia substituiu a oxibenzona nos seus protetores solares por outras substâncias que bloqueiam mais os raios UVA e UVB. No entanto, estes novos produtos químicos ainda não passaram nos testes de segurança necessários para a aprovação da FDA.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Sahara já foi casa de algumas das maiores criaturas marinhas

O Sahara nem sempre foi um deserto e há milhares de anos atrás tinha animais, plantas e lagos. Cientistas descobriram agora que algumas das maiores criaturas marinhas viveram lá. O deserto do Sahara é um dos …

Christine Lagarde vai deixar as funções no FMI em setembro

Christine Lagarde vai deixar de ser diretora administrativa do Fundo Monetário Internacional (FMI) a 12 de setembro. A advogada, economista e política francesa apresentou na terça-feira a sua demissão ainda antes da confirmação do seu …

Governo aquém do objetivo. Há mais portugueses sem médico de família

A ministra da Saúde admitiu esta terça-feira que a meta de atribuição de médicos de família para todos os portugueses ficará aquém do objetivo traçado para esta legislatura. Marta Temido revelou que existem 700 mil …

Em 2100, não haverá tartarugas macho (e a culpa é das alterações climáticas)

https://vimeo.com/348240908 As tartarugas-marinhas-comuns nascidas num terreno fértil em Cabo Verde serão todas fêmeas por causa das mudanças climáticas, alertou um novo estudo. Mesmo sob um cenário de baixas emissões, 99,86% das crias de tartarugas seriam fêmeas até …

Aerogel de sílica pode ser a substância necessária para tornar Marte habitável

Marte é um lugar bastante inóspito e a NASA recentemente mostrou que não é possível transformá-lo numa "segunda Terra". No entanto, investigadores de Harvard mostraram que camadas finas de aerogel de sílica podem aquecer a superfície …

Revelada a primeira fotografia de entrelaçamento quântico

Pela primeira vez na História, os cientistas capturaram uma fotografia de entrelaçamento quântico - um fenómeno tão estranho que o físico Albert Einstein o descreveu como "uma ação fantasmagórica à distância". A imagem foi capturada por …

Netflix retira imagens de suicídio de "13 Reasons Why"

A Netflix modificou o episódio da série "13 Reasons Why" onde apareciam imagens do suicídio da protagonista Hannah Baker (Katherine Langford), passando agora essa parte da ação a ocorrer de forma totalmente oculta para os …

Belinda Sharpe é a primeira árbitra do râguebi australiano em 111 anos

Belinda Sharpe vai tornar-se na primeira árbitra de campo na história de 111 anos da liga profissional de râguebi na Austrália, quando dirigir um jogo do campeonato agendado para quinta-feira. A Liga Nacional de Râguebi (NRL) …

Os chimpanzés não têm noção de justiça e aceitam desigualdades

Os chimpanzés carecem da noção de justiça e aceitam a desigualdade na repartição de comida ou materiais, segundo a investigadora Nereida Bueno. A cientista, da Universidade Pontificia de Camillas, que participou num estudo publicado esta semana …

Descartar drogas pelo esgoto pode criar "meta-caimões" nos Estados Unidos

O Departamento da Polícia de Loretto, no estado norte-americano do Tennessee, alertou este sábado para os perigos associados à eliminação de narcóticos através das canalizações das casas de banho. Numa publicação na página oficial de Facebook, …