Estamos a esquecer-nos de pôr protetor solar nas áreas mais vulneráveis ao cancro de pele

As nossas pálpebras são um tecido muito frágil. Aliás, é mesmo o mais fino de todo o nosso corpo, com menos de um milímetro de espessura. Esta área é especialmente vulnerável aos raios ultravioleta do Sol.

Esta é a área que menos protegemos com protetor solar, de acordo com um estudo publicado na revista PLOS One. Entre 5 a 10% do cancro de pele ocorre na pálpebra.

Depois de fornecer a 84 participantes uma garrafa de hidratante contendo SPF e instruções de como aplicar, a equipa de investigadores britânicos virou as suas câmaras UV sobre os participantes para ver que áreas do rosto não estavam protegidas.

Eles descobriram que os participantes consistentemente se esqueciam de aplicar o hidratante nas pálpebras, ignorando em média 20% da região. Quando lhe foi fornecido protetor solar, em vez de hidratante, as pessoas esqueceram-se de 14% da área.

“As pessoas estavam a aplicar creme e a sair ao sol a pensar que estão protegidas”, refere Austin McCormick, principal autor do estudo ao NPR. “E ainda assim uma das áreas mais vulneráveis ficou desprotegida”.

Dermatologistas dizem que áreas propensas ao cancro são muitas vezes deixadas de lado. Joshua Zeichner, dermatologista e investigador do Hospital Mount Sinai, em Nova York, afirma que vê regularmente pacientes a esquecer-se de por protetor solar nas partes laterais do pescoço e nas pontas das orelhas – lugares que são particularmente sensíveis aos raios UV devido à espessura da pele. O lábio inferior também corre risco, pois poucos aplicam protetor solar nesse local, que está sempre virado em direção ao sol.

“No escritório, vemos queimaduras nessas áreas e vemos cancro de pele mais tarde na vida nessas áreas”, disse Zeichner. “As pessoas ficam preguiçosas. Não é fácil ser diligente.” McCormick refere que uma das possíveis razões para as pessoas não colocarem creme na área dos olhos é evitar a sensação de ardor que pode ocorrer quando a loção entra em contacto com os olhos.

Anos como um cirurgião de pálpebras no Hospital Universitário de Aintree, em Liverpool, ensinaram a McCormick que as consequências de evitar a área podem ser tão dolorosas – e muito mais difíceis de curar.

“Uma das condições mais comuns que tenho para operar é o cancro de pele nas pálpebras”, disse. Ele algea que percebeu que muitos dos cancro que trata crescem em lugares complicados de cobrir com protetor solar – a pele sob os cílios e o adesivo no canto interno do olho que conecta a pálpebra superior e inferior, chamado de canto medial.

Andrea Kossler, diretora de Cirurgia Oculoplástica e Oncologia Orbital da Universidade de Stanford, diz que as descobertas de McCormick combinam com o que ela encontrou na sua prática: os pacientes não sabem que devem aplicar protetor solar nas pálpebras.

Ela insiste que tanto o hidratante com FPS como o protetor solar “podem e devem ser colocados até a margem da pálpebra”. A Fundação do Cancro da Pele concorda. Enquanto os filtros solares químicos que protegem a pele através da conversão de raios UV para o calor podem causar picadas, Kossler diz que os filtros solares físicos que bloqueiam o sol com minerais como zinco ou dióxido de titânio geralmente não irritam os olhos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …

A Alemanha quer tornar o teletrabalho um direito legal

O Governo alemão prepara-se para publicar um projeto de lei que dará aos trabalhadores do país o direito legar de trabalhar a partir de casa. A medida aplicar-se-á a todos as atividades laborais que possam …

Novo surto em lar de Beja e 90 alunos em isolamento em Famalicão

Um surto de covid-19 identificado no Lar de Idosos do Centro Paroquial e Social do Salvador, em Beja, já infetou 31 pessoas, sendo 24 utentes e sete funcionários, divulgou a Unidade Local de Saúde do …