Proibição de cobrança do Multibanco cria “desvantagens competitivas aos nossos bancos”

Mário Cruz / Lusa

Fernando Faria de Oliveira, presidente da Associação Portuguesa de Bancos, considera que a proibição de cobrança de comissões nas operações em Multibanco limitam a competitividade dos bancos portugueses.

O presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB), Fernando Faria de Oliveira, alerta que há “constragimentos legais e regulamentares” que afetam a rentabilidade da banca nacional e deixam os nossos bancos numa desvantagem competitiva em relação aos outros países europeus.

A falar na segunda edição da Banking Summit, esta quinta-feira, na Fundação Champalimaud, Faria de Oliveira salienta que “a proibição de cobrança de comissões nas operações em Multibanco, a proibição de aplicação de taxas de juro negativas nos depósitos, ou as contribuições para o Fundo de Resolução Nacional” representam desvantagens competitivas para os nossos bancos.

O presidente da APB, citado pelo Jornal Económico, referiu ainda que a procura é “bastante inferior à capacidade de oferta”. Além disso, diz haver uma “pressão sobre as comissões bancárias, proveniente de argumentos, muitas vezes relacionados com uma (alegada) necessidade de assegurar a defesa dos consumidores ou com a convicção de que os serviços bancários são serviços públicos gratuitos“.

O gestor português disse também que há uma série de contradições que abalam o setor bancário em Portugal. Na sua ótica, a atual política monetária, com uma regulação e supervisão “excessiva” e cheia de “condicionalismos”, afeta a capacidade de ter uma banca “rentável e capaz de atrair capital”.

Depois, pede-se também o crescimento orgânico da rentabilidade da banca, mas contesta-se “o aumento das comissões bancárias e critica-se o encerramento de balcões e redução de efetivos”.

“O país não precisa de quem diga o que está errado; precisa de quem saiba o que está certo”, terminou, desta forma, o seu discurso, citando a escritora Agustina Bessa-Luís.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Cambada de parasitas, sangue sugas, se dão lucro é para os acionistas, se dão prejuízo ou falências o povão paga, só vígaros, não vai ninguem preso!!! CAMBADA DE GATUNOS.

  2. Na tuga quando um banqueiro se queixa, vem o parlamento e os familiares logo apoiar.
    Realmente a banca, como referido aqui pelo pitosga, se tem lucros ficam para os accionistas e directores da instituição, se fôr prejuizo fica para o tuga pagar, que tem as costas largas.
    Quando um banco português diz que está a ser prejudicado em relação a outra instituição financeira que não seja aqui do paízinho, quer dizer que não consegue acompanhar as andanças dos países desenvolvidos e em vez de reconhecer a fraqueza financeira dos tugas, (todos os bancos tugas faliram, menos o Santander pq É espanhol), lançam rumores que são desfavorecidos aqui para o tuga, pois lá fora metem o rabo entre as pernas e bazam. Pois lá não vão mentir, porque os estrangeiros sabem do que se está a falar, ao contrário dos tugas.

RESPONDER

Ana Gomes aponta o dedo a Costa e à esquerda e diz que travou Ventura sozinha

Ana Gomes considera que a sua candidatura conseguiu travar "a progressão da extrema direita" quando os partidos de esquerda se preocuparam apenas com as suas "agendas políticas". No rescaldo da reeleição de Marcelo Rebelo de …

De diferentes cidades, mas com o mesmo nome. Quatro estranhos chamados Paul O'Sullivan formaram uma banda

A banda Paul O'Sullivan apresenta Paul O'Sullivan no baixo, guitarra, bateria e voz. Porém, não é uma banda de um homem só. Cada membro é um músico diferente com o mesmo nome: Paul O'Sullivan. "Uma noite, …

Ventura celebrou "noite histórica", demitiu-se do Chega e avisou o PSD

André Ventura começou por assinalar a "noite histórica" face aos resultados que obteve nas eleições presidenciais 2021. Mas como ficou em 3º lugar, atrás de Ana Gomes, anunciou a demissão do Chega. "Fiquei aquém dos 15% …

Região italiana da Lombardia esteve confinada durante uma semana por engano

A Lombardia, coração económico do norte de Itália, foi confinada e classificada como zona vermelha por engano durante uma semana, devido a estatísticas erradas sobre covid-19, e só ontem um decreto governamental retificou a situação. Devido …

Rio destaca "esmagamento da esquerda" e pede a Marcelo para ser "um bocadinho mais exigente"

"A marca mais forte" destas eleições presidenciais é "a derrota do PS". A análise é de Rui Rio, presidente do PSD, que fala do "esmagamento da esquerda" e da "vitória do candidato do centro", apelando …

Há uma nova explicação para o facto de bebés amamentados terem sistemas imunitários mais saudáveis

Um novo estudo realizado por investigadores da Universidade de Birmingham, no Reino Unido, descobriu que o leite materno promove o crescimento de importantes células imunitárias que ajudam a controlar eventuais inflamações. De acordo com o site …

PS diz que Marcelo deve vitória aos socialistas (e cobra-lhe apoio em tempos difíceis)

"A democracia venceu na primeira volta e o extremismo de direita foi derrotado". É desta forma que o presidente do PS, Carlos César, comenta os resultados das eleições presidenciais ganhas por Marcelo Rebelo de Sousa, …

"Liberdade para a Dinamarca". Novos incidentes em manifestação contra restrições

Uma manifestação contra as restrições impostas para conter a pandemia, organizada por um grupo radical, em Copenhaga, originou novos incidentes na noite de sábado e resultou em cinco detenções, relataram a polícia e os meios …

Pela primeira vez, um restaurante vegan ganha uma estrela Michelin em França

Um restaurante de comida totalmente vegan em França foi o primeiro do país a receber a desejada estrela Michelin. Localiza-se perto de Bordéus. A concessão da estrela ao ONA (Origine Non-Animale) é mais uma evidência de …

Onze mineiros resgatados com vida de uma mina de ouro na China

Onze mineiros presos há duas semanas dentro de uma mina de ouro na China, devido a uma explosão, foram hoje trazidos em segurança para a superfície, informou a televisão estatal chinesa. No dia 10 de janeiro, …