“Onde Netanyahu foi, seguiu-se a NSO”. Programa de espionagem seguiu interesses geopolíticos

Abir Sultan / EPA

Benjamin Netanyahu, antigo primeiro-ministro de Israel

O jornal israelita Hareetz escreve que os países que alegadamente contrataram os serviços de espionagem de Israel coincidiram com os interesses geopolíticos de Netanyahu.

Numa investigação publicada pelo jornal israelita Hareetz, é exposta uma relação entre os países que terão contratado os serviços da empresa israelita NSO para vigiar jornalistas e políticos e os interesses geopolíticos de Benjamin Netanyahu.

Hungria, Índia, Arábia Saudita, Azerbaijão, Emirados Árabes Unidos, Ruanda, Marrocos ou México são alguma das nações que terão recorrido ao programa de espionagem. Todos eles são estados com quem Israel melhorou as suas ligações sob o Governo do então primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

O Hareetz escreve que, por exemplo, os primeiros números indianos aparecem na lista em julho de 2017, exatamente “quando Modi estava a molhar os pés no Mediterrâneo” com o então primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu.

Após as visitas de Netanyahu à Índia e de Modi a Israel, os dois países fizeram acordos de milhares de milhões de dólares nas indústrias de segurança dos dois países.

Uma situação semelhante aconteceu com a Hungria. Depois do encontro com Viktor Orbán, as relações entre os dois países melhoraram. Em maio, durante a ofensiva israelita contra a Faixa de Gaza, a Hungria foi o único país a opor-se a uma resolução da União Europeia criticando a ação de Israel.

“Parece que o Estado de Israel trabalhou de modo pró-ativo para conseguir que as empresas israelitas de ciberespionagem, em especial a NSO, operassem nestes países, apesar de terem um historial problemático em questões de democracia e direitos humanos”, escreve o jornalista israelita Amitai Ziv.

A investigação jornalística sobre o software Pegasus, levada a cabo pelo consórcio Fobidden Stories, revelou, esta terça-feira, que pelo menos um telemóvel do Presidente francês foi espiado a pedido das autoridades marroquinas, assim como 14 ministros franceses.

De acordo com a Deutsche Welle, além de Macron, também aparecem na lista o Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, e do Iraque, Barham Salih; os primeiros-ministros do Paquistão, Imram Kha, de Marrocos, Saad-Eddine El Othmani, e do Egipto, Mostafa Madbouly; e ainda o rei marroquino Mohammed VI.

Ao todo foram vigiados mais de 180 jornalistas por todo o mundo, assim como 600 políticos, 85 ativistas de direitos humanos e 65 empresários, escreve o Público.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Portugal nunca teve tantos migrantes a obter nacionalidade portuguesa. Maioria são do Brasil e Israel

Em 2020, mais de 149 mil migrantes passaram a ter o cartão cidadão nacional. Só este ano já há registo de 56 mil. O aumento do número de pessoas a pedir nacionalidade portuguesa deve-se à …

Patrões, UGT e Governo assinam acordo de Concertação, num "sinal de desagravamento" das tensões

Esta quarta-feira, será assinado o acordo de formação profissional, denominado Um Desígnio Estratégico para as Pessoas, para as Empresas e para o País, alcançado na concertação social. Carlos Silva, secretário geral da UGT, encara a assinatura …

Navio e cemitério egípcios encontrados em cidade submersa há mais de 1.000 anos

Um equipa de arqueólogos descobriu os destroços de um antigo navio egípcio que naufragou após ser atingido por blocos gigantes do famoso templo de Amon. Também foi encontrado um cemitério. O naufrágio ocorreu há cerca de …

Ferro espera que jovens resistentes à vacinação mudem de atitude

O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, elogiou o processo de vacinação e disse esperar que os mais jovens mudem de atitude. Carla Nunes, da Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova …

Governo cria 500 vagas no ensino superior para alunos desfavorecidos

O Governo vai criar 500 vagas no ensino superior e em cursos técnicos superiores profissionais, no ano letivo de 2022-23, destinados a alunos provenientes de zonas desfavorecidas. De acordo com o Público, a medida faz parte …

Consumir alimentos com ómega-3 pode aumentar a esperança de vida em cinco anos

Um novo estudo indica que ter altos níveis de ómega-3 no sangue pode aumentar a esperança de vida de um indivíduo em cinco anos. De acordo com o novo estudo, publicado The American Journal of Clinical …

Bebiana Cunha é a candidata do PAN à Câmara do Porto

Bebiana Cunha, líder parlamentar do Pessoas-Animais-Natureza (PAN), é a candidata do partido à presidência da Câmara Municipal do Porto. A líder parlamentar do Pessoas-Animais-Natureza(PAN), Bebiana Cunha, de 35 anos, é a candidata do partido à presidência …

CP prevê perturbações na circulação de comboios a partir de hoje e até 15 de setembro

A CP - Comboios de Portugal prevê perturbações na circulação de comboios a partir de hoje, em todos os serviços, a nível nacional, e até 15 de setembro, devido a greves na empresa e na …

Plano para vacinar jovens espera luz verde da DGS

Está tudo pronto para arrancar com a vacinação dos jovens entre os 12 e os 15 anos no fim de semana de 21 e 22 de agosto. Só falta a luz verde da Direção-Geral da …

PSD/CDS apresenta queixa na CNE contra presidente da Câmara de Paredes

A coligação PSD/CDS apresentou uma queixa na CNE contra o presidente da Câmara de Paredes, no distrito do Porto, por ter usado meios da autarquia na campanha do PS. A coligação PSD/CDS-PP que concorre à Câmara …