Professores e alunos com doenças de risco ficam em casa – mesmo estando vacinados

Com o início do ano letivo, nem todos os alunos e professores estão de regresso às escolas. Aqueles que estão sinalizados como doentes de risco vão manter o acesso aos regimes excecionais, aprovados por causa da pandemia, independentemente da vacinação completa.

Este ano letivo fica mais uma vez marcado pela pandemia de covid-19. No ano passado, cerca de 1500 alunos passaram o ano inteiro à distância por sofrerem de patologias que os sinalizam como sendo de risco. E à volta de mil docentes recorreram ao regime que permite 30 dias de ausência sem penalização no salário, revelou o Ministério da Educação ao Jornal de Notícias.

A tutela referiu que este ano, o número de alunos nesta situação é “absolutamente residual”, explicando que “cada escola fez a gestão desses casos sem ser necessário reportar centralmente”.

“Este regime é uma extensão do já existente para alunos com outras patologias, por exemplo, os que estão em tratamento oncológico, pelo que o apoio se mantém, ainda que certos que um conjunto já residual diminuirá muito face à elevada taxa de vacinação entre os jovens”, refere o ministério ao JN.

Relativamente aos docentes, a tutela explica que irá aplicar a legislação em vigor, sendo uma medida transversal.

Os dirigentes das duas maiores federações sindicais (Fenprof e FNE) também acreditam que serão menos os que irão recorrer ao regime por causa da vacinação e por só ser possível colocar 30 dias por ano civil, o que significa, sublinha Mário Nogueira, que os professores que entregaram atestados em janeiro só o podem voltar a fazer em 2022.

Neste sentido, as turmas com muitos alunos e um distanciamento de apenas “um metro” serão determinantes para os docentes decidirem colocar baixa, defendem Nogueira e Lucinda Dâmaso (FNE).

“A crítica é a mesma do ano passado”, frisa o líder da Fenprof: a condição de risco não passa em 30 dias e depois começam a ser penalizados no salário. “Ainda é cedo, vamos ver as condições no regresso e se se sentem seguros”, insiste a dirigente da FNE.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Professores e alunos com doenças de risco ficam em casa - mesmo estando vacinados

Com o início do ano letivo, nem todos os alunos e professores estão de regresso às escolas. Aqueles que estão sinalizados como doentes de risco vão manter o acesso aos regimes excecionais, aprovados por causa …

Já é possível extrair lítio dos resíduos da produção de combustíveis fóssil

Investigadores norte-americanos descobriram uma forma de extrair lítio de forma sustentável, através das águas residuais da produção de combustíveis fósseis. Graças à sua utilização em dispositivos eletrónicos, o lítio é um elemento cada vez mais procurado, …

Ministro do Ambiente visita Moçambique com dois milhões e projetos de cooperação na carteira

O ministro do Ambiente e da Ação Climática português inicia quarta-feira uma visita a Moçambique, onde irá contactar com projetos apoiados por Portugal e anunciar investimentos ao nível da cooperação na ordem dos dois milhões …

Governo espanhol avança com "plano de choque" para reduzir tarifas de eletricidade

Ministros do Governo de Sanchéz (PSOE) afirmam que o conjunto de medidas apresentadas conseguirão reduzir a fatura da eletricidade para os consumidores em 12% e reiteram a promessa feita de que o ano de 2021 …

Textor suspende compra de acções da Benfica SAD após dúvidas do clube (e Vieira diz que não recebeu a carta)

O empresário norte-americano John Textor anunciou que suspendeu o acordo com José António dos Santos, o "Rei dos Frangos", para a compra de 25% das acções da SAD do Benfica, até à realização das eleições …

Governo trava duplo combate à esquerda (e, em ano de eleições, há muitos "nós" para desatar)

Em ano de eleições autárquicas, com o PS a visar a manutenção da maioria das Câmaras do país, o Governo socialista enfrenta um duplo combate com os parceiros de esquerda, com a revisão da lei …

Porto quer nova companhia para substituir a TAP — e já enviou proposta para Bruxelas

A Associação Comercial do Porto (ACP) enviou uma proposta para Bruxelas a defender a "criação de uma nova companhia aérea para voos intercontinentais a partir de Lisboa e o apoio à captação de rotas para …

Mais de 84% dos jovens dos 12 aos 17 anos com pelo menos uma dose da vacina

Mais de 84% dos jovens entre os 12 aos 17 anos já receberam pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19, segundo dados da task force que coordena o processo de vacinação. Na segunda-feira, "cerca …

Seguido pelo Benfica, David Luiz explica porque assinou pelo Flamengo

David Luiz deu uma nega ao SL Benfica e optou pelo Flamengo. O defesa-central de 34 anos explicou a decisão que tomou de regressar ao Brasil. O Flamengo oficializou a contratação de David Luiz no sábado, …

Estatísticas apontam as duas melhores cidades para viver e fazer negócios (e a pior na gestão da pandemia)

Segundo a sétima edição do ranking elaborado pela Bloom Consulting, Porto e Lisboa são os melhores municípios para viver, para visitar e para fazer negócios. Já Albufeira é o concelho pior no que diz respeito …