Professor universitário oferece 500 euros por mês ao pai que arrisca perder a filha

Um homem de 50 anos que está em risco de perder a filha de dois anos, para ser entregue para adopção, por não ter condições financeiras, já recebeu como “prendas” de Natal uma casa e um emprego e, agora, um professor universitário oferece-lhe 500 euros por mês.

Esta onda de solidariedade em torno de Armando Sousa, de 50 anos, surge depois de o Jornal de Notícias ter divulgado o seu caso, na passada segunda-feira, 19 de Dezembro, anunciando que o Tribunal de Família do Porto tinha enviado a sua filha de dois anos para adopção, pelo facto de estar desempregado e de viver num quarto de pensão.

Depois disto, um leitor do JN disponibilizou a Armando Sousa um apartamento em Avintes, em Vila Nova de Gaia, de forma gratuita e uma empresa do Porto apresentou-lhe uma oferta de emprego, de acordo com notícia do jornal.

E agora, é um professor catedrático de Lisboa que, comovido com a história, se oferece para doar a este pai 500 euros por mês, durante seis meses, reporta o JN.

Este professor, que não se quer identificar, revela ao JN que a história deixou toda a sua família “em estado de choque” e que é por isso que pretendem, “sem publicidade, ajudar este pai”.

O diário nota que a decisão do Tribunal de Família do Porto, tomada a 6 de Dezembro passado, decretou a adopção da criança e o “fim imediato” das visitas do pai à filha de modo a dar início ao “fim dos laços parentais”.

Uma fonte associada a processos de adopção refere ao jornal que, após a decisão dos juízes, o caso pode decorrer de forma rápida “porque se trata de uma menina com apenas dois anos, muito bonita e de perfeita saúde física e mental, para a qual não faltarão candidatos a pais”.

O advogado de Armando Sousa apresentou recurso da decisão do Tribunal e este pai está agora mais esperançado de que o processo de adopção sofra um recuo, fruto desta onda de solidariedade, e diz no JN que já tem “uma prendinha” para a filha.

“Sonho em entregar-lhe a prendinha, abraçá-la e dar-lhe um beijinho”, confessa.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Mas será que o homem já não sofre o suficiente por não ter emprego e por não conseguir tudo o que desejaria à sua filhota? Ainda é castigado por isso, retirando-lhe provavelmente a sua única e maior razão de viver?
    Os tribunais deviam ter alguma vergonha do que fazem. Antes de seguir as leis deviam usar o bom senso e acima de tudo ajudar. A seguir as leis de forma cega, ainda vamos parar ao cúmulo do que se passa em Inglaterra.

  2. Ser pai ou mãe pobre neste país passa a ser crime, parece incrível como é possível tamanha crueldade da justiça e das leis deste país, neste caso ninguém na justiça se preocupou em dar a este pai um mínimo de condições para que pudesse cuidar da sua filha preocuparam-se isso sim em roubar-lha como se este fosse um bandido só porque teve a pouca sorte de ter nascido pobre, os valores, o amor entre outros tudo está a desaparecer deste país e a tornar-nos cada vez mais selvagens e indiferentes, se foi de facto para isto o 25 de Abril ,maldito dia!.

  3. Os Pais imigrantes que vem para o nosso país são ajudados em tudo. Dinheiro, casa e acho que alguns nem trabalham. Este nosso irmao portugues é tratado pior que um cão!!! Façamos alguma coisa para mudar isto!!!

RESPONDER

Virgin Galactic abre as portas do primeiro aeroporto espacial do mundo

A empresa norte-americana Virgin Galactic, do bilionário Richard Branson, está a preparar o primeiro aeroporto espacial comercial do mundo, tendo revelado esta semana algumas das imagens daquelas que vão ser as instalações. O aeroporto, localizado …

A Internet está a regar esta planta há três anos

A comunidade online do Reddit tem tratado de uma planta durante três anos. Os utilizadores escolhem diariamente se a planta de ou não ser regada. Tudo começou com uma pequena brincadeira no Reddit, um dos maiores …

O pulmão de um chinês colapsou (e a culpa foi do karaoke)

O pulmão de um homem de 65 anos, na China, colapsou após ter tentado atingir uma nota alta durante uma intensa sessão de karaoke. O homem, residente em Nanchang, na província de Jiangxi, teria estado a …

"Emergência nacional". Deputados pedem a Boris que convoque imediatamente o Parlamento

Mais de 100 deputados britânicos pediram, numa carta divulgada este domingo, ao primeiro-ministro Boris Johnson para convocar imediatamente o Parlamento e voltar a debater o Brexit. As férias de verão do Parlamento terminam normalmente a 03 …

Rambo Luso. Há um português a viver na selva venezuelana há 25 anos

Há 25 anos que o português António Pestana Drumond realiza expedições às regiões de selva do Delta Amacuro e do Parque Nacional Canaima, leste da Venezuela, onde é conhecido pelos indígenas locais como o Rambo …

Já é possível saber se alguém está a mentir. Basta olhar nos olhos

Os olhos não mentem. Pelo menos é o que acham os investigadores da Universidade de Stirling, na Escócia, que criaram uma prova que diz se a pessoa está a mentir ou não com a monitorização …

NASA detetou (e mediu) o primeiro choque interplanetário

A Multiscale Magnetospheric Mission (MMS) da agência espacial norte-americana conseguir fazer as primeiras medições de um choque interplanetário. Em comunicado, a NASA explica que os choques interplanetários são um tipo de choque sem colisão, no …

Quem ganhou a Segunda Guerra Mundial? Aliados e Eixo dizem que foram eles próprios

Em média, tanto os cidadãos de países dos Aliados como cidadãos de países do Eixo dizem que foram eles mesmos os vencedores da Segunda Guerra Mundial. Se perguntarmos a qualquer um dos poucos veteranos remanescentes da …

Norte-americano passou 30 anos na prisão por erro. Vai ser indemnizado em 10 milhões

Um norte-americano que há 30 anos foi erradamente condenado a 57 anos de prisão por violação e roubo vai agora receber uma indemnização de quase 10 milhões de dólares, avança o jornal New York Post. …

O Pólo Norte está a ser atingido por relâmpagos (e isso não é normal)

Uma tempestade perto do Pólo Norte pode não parecer a maior preocupação, tendo em conta o rápido aquecimento do Ártico. Mas é mais um sinal de que o Ártico continua a ter um verão anormal. A …