Plano de privatizações em Angola abala investimentos portugueses

Manuel de Almeida / Lusa

O presidente de Angola, João Lourenço

Os planos do presidente de Angola João Lourenço para a privatização de várias empresas chocam directamente com os interesses de investimento de Portugal, afectando nomeadamente a Caixa Geral de Depósitos, a Mota-Engil e a Galp.

O programa de privatizações (ProPriv) que João Lourenço lançou para Angola arranca já neste ano, devendo decorrer até 2022 e abrangendo 195 empresas. Um processo que pretende mudar a economia angolana, reduzindo o peso do Estado e promovendo o investimento privado, e que surge no âmbito da intervenção do FMI (Fundo Monetário Internacional) no país.

Empresas com investimento português como o Banco Caixa Geral Angola (BCGA), detido em 51% pela Caixa Geral de Depósitos (CGD), a Mota-Engil Angola, controlada em 80% pelo grupo de construção, e a Sonangalp, detida em 49% pela Galp, estão incluídas no ProPriv, conforme destaca o Público na edição desta terça-feira.

A Sonangalp resulta de uma parceria entre a portuguesa Galp e a angolana Sonangol para a distribuição de combustíveis em Angola. Os planos da Sonangol passam há muito por romper esta parceria e os novos planos de privatização visam a venda de cerca de 50 empresas do grupo. Todavia, a petrolífera angolana pretenderá manter as participações que detém na Galp e no BCP, segundo frisa o diário.

No caso do BCGA, fonte da CGD constata no Público que a entidade está “a acompanhar o assunto” e que “mantém um diálogo contínuo com os restantes accionistas do banco e com as autoridades”.

A CGD passou a controlar o BCGA em 2015, após ter adquirido a posição ao Banco Santander por 173,7 milhões de euros. Em 2018, o banco angolano contribuiu com 15,4 milhões para os resultados da CGD, conforme destaca o Público.

A Mota-Engil e a Galp não comentam os planos de privatização de João Lourenço.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Coreia do Sul pede desculpas por não ter protegido homem morto no Norte

O Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, pediu esta segunda-feira desculpas pelo assassínio de um homem atingido a tiro por militares norte-coreanos na semana passada, afirmando que o seu Governo falhou a responsabilidade de proteger um cidadão, …

Baixas na Segurança Social. Dois pesos pesados saem em plena crise

A vice-presidente e uma vogal do conselho diretivo do Instituto da Segurança Social abandonaram funções no final de agosto. A razão da saída não foi avançada. No final de agosto, o Instituto da Segurança Social (ISS) …

"Esforço coletivo para salvar o Natal". Nóbeis da Economia querem novo confinamento em dezembro

Esther Duflo e Abhijit Banerjee, prémios Nobel da Economia de 2019, propõem quarentena em França em dezembro, para que seja possível "festejar o Natal". O casal acredita que só assim será possível festejar a quadra …

Venda de vinhos alentejanos para a Suécia disparou (e foi graças à pandemia)

Nunca se tinham vendido tantos vinhos alentejanos para a Suécia como durante o período de confinamento em Portugal. A estratégia menos restritiva dos suecos contra a covid-19 ajuda a explicar esse cenário, verificando-se a mesma …

Spray nasal investigado na Austrália pode travar covid-19 (e tem uma taxa de eficácia de 96%)

É simples: com apenas uma ou duas aplicações por semana, o novo spray pode evitar que as pessoas infetadas com o novo coronavírus contagiem as outras à sua volta. Muito se tem falado sobre uma potencial …

Brad Parscale, ex-diretor de campanha de Trump, hospitalizado após tentativa de suicídio

O antigo diretor digital de campanha de Donald Trump, Brad Parscale, foi hospitalizado depois de a mulher ter alertado para tentativa de suicídio. Brad Parscale, ex-diretor digital de campanha do atual Presidente dos Estados Unidos, Donald …

Variante de SARS-CoV-2 oriunda de Itália marcou início da pandemia. Circulou durante dias sem controlo

O arranque da epidemia em Portugal foi marcado pela “disseminação massiva” de uma variante do SARS-CoV-2 com uma mutação específica, que começou a circular nas regiões Norte e Centro mais de uma semana antes do …

Existem 51 surtos ativos de covid-19 em lares e 12 em escolas

Existem atualmente em Portugal 51 surtos ativos de covid-19 em lares e 12 em escolas, revelou esta segunda-feira, em conferência de imprensa, a diretora-geral da Direção-Geral da Saúde, Graça Freitas. Sem identificar especificamente os lares …

Catalunha. Supremo Tribunal espanhol confirma inabilitação de Quim Torra

O Supremo Tribunal espanhol confirmou esta segunda-feira a inabilitação por um ano e meio do presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, por desobediência à junta eleitoral central. O acórdão, aprovado por unanimidade, obriga Torra …

Já há mais 6.829 mortes do que em 2019, mas covid-19 só fez 2 mil. Óbitos em casa subiram 18%

Desde o início da pandemia, há registo de um aumento de 18% de óbitos que ocorrem em casa e as mortes em investigação subiram 24%. Nos hospitais há uma subida de 5,6% na taxa de …