Os primeiros Homo sapiens eram mais sofisticados do que pensávamos

Human Origins Program / Smithsonian

Artefactos encontrados durante as escavações em Olorgesailie, no sul do Quénia

As ferramentas encontradas no sul do Quénia revelam que, há cerca de 320 mil anos, os primeiros Homo sapiens já eram mais sofisticados do que pensávamos.

Os antropólogos do Museu Nacional Smithsonian de História Natural e uma equipa internacional de colaboradores descobriram que os primeiros Homo sapiens na África Oriental, que viveram há cerca de 320 mil anos, usavam ferramentas sofisticadas que não eram características do Paleolítico, bem como uso de pigmentos de cor, e já comercializavam com povoações distantes, informa o estudo publicado no Phys.org.

Os artefactos foram encontrados durante as escavações na região de Olorgesailie, no sul do Quénia, e são das ferramentas mais sofisticadas já descobertas até hoje. Algumas delas são feitas de obsidiana, um tipo de rocha vulcânica que produz lâminas extremamente afiadas, cujos depósitos se encontravam entre 24 a 88 quilómetros de distância deste local.

Isto indica, segundo a pesquisa, que já existia comércio entre diferentes povoações que habitavam o continente africano da altura. Também foram encontrados cristais de manganês e ocre, que eram usados como corantes e que pode ter sido usada para a pintura do corpo ou outro tipo de expressão simbólica, escreve o jornal Público.

Estas novas descobertas foram divulgadas em três estudos distintos, publicados a 15 de março na revista Science, e indicam que estes comportamentos da espécie humana no Paleolítico surgiram durante um período de tremenda variação climática na região.

De acordo com as pesquisas, à medida que os terramotos remodelavam a paisagem e o clima começou a variar entre estações húmidas e secas, as inovações técnicas e as redes de intercâmbio social ajudaram os primeiros humanos a sobreviver e a obter os recursos que necessitavam perante estas condições imprevisíveis.

“Esta mudança para um conjunto muito sofisticado de comportamentos, que implicou maiores habilidades mentais e uma maior complexidade da vida social, pode ter sido o principal elemento que distingue a nossa linhagem de outros seres humanos primitivos”, afirma Rick Potts, diretor do programa Origens Humanas do Museu de História Natural.

ZAP // RT

PARTILHAR

RESPONDER

Forças Armadas dos EUA estão a adquirir coletes à prova de bala adaptados para mulheres

As Forças Armadas dos EUA estão a dar grandes passos no que diz respeito à igualdade de género. A instituição está a começar a mudar os seus coletes à prova de bala, de forma a …

Abstenção do PCP no OE2021? É um excelente indicador, diz Costa

O primeiro-ministro, António Costa, considerou um “excelente indicador” o PCP ter anunciado a abstenção no Orçamento do Estado de 2021 (OE2021) e resultado de um entendimento “para ter um bom orçamento para o próximo ano”. “É …

Egito abre restaurante com vista de luxo para as pirâmides de Gizé

O Egito inaugurou um novo restaurante com vista panorâmica para as pirâmides. O investimento faz parte de uma tentativa de reavivar o turismo no país. O Egito revelou novas instalações para os visitantes no planalto nas …

Novo recorde. Portugal regista mais 3.669 casos de covid-19

Portugal regista este sábado 3.669 novos casos de infeção com o novo coronavírus, responsável pela covid-19, o valor diário mais elevado desde o início da pandemia, e mais 21 mortes relacionadas com a covid-19, segundo …

Câmara do Porto encerra cemitérios nos dias 31 de outubro e 1 e 2 de novembro

O presidente da Câmara do Porto anunciou o encerramento dos cemitérios em 31 de outubro e 1 e 2 de novembro, justificando a decisão com a necessidade de desviar meios para cumprir a proibição de …

Rui Vitória de saída do Al Nassr

O treinador português Rui Vitória está de saída do Al Nassr, avança este sábado o canal árabe 24Sports. A saída de Rui Vitória, que em janeiro de 2019 deixou o comando técnico do Benfica, surge …

Casamento com 200 pessoas autorizado em Arruda dos Vinhos. Câmara contesta

O presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos criticou a decisão da autoridade de saúde de autorizar a realização de um casamento “com cerca de 200 pessoas”, considerando que vai colocar a população do concelho …

Novo Banco desmente demissão de gestores após polémicas com Fundo de Resolução e Vieira

O Novo Banco veio a público desmentir a notícia do Público que alega que três gestores de topo da instituição se demitiram, após divergências internas envolvendo várias polémicas relacionadas com o Fundo de Resolução, com …

Milhões da bazuka europeia só chegam em junho

Portugal e os restantes Estados-membros das União Europeia (UE) só deverão receber os respetivos fundos da bazuka europeia de apoio à retoma no pós-pandemia na segunda metade de 2021, em meados de junho. A confirmar-se …

Braço de ferro entre Costistas e Nunistas novamente adiado

O PS voltou a adiar, agora de 31 de Outubro para 7 de Novembro, a reunião da Comissão Nacional que decidirá a orientação do partido face às eleições presidenciais. Fica assim adiado o braço-de-ferro entre …