Realizado nos EUA o primeiro transplante de pénis e escroto

Um militar norte-americano ferido no Afeganistão recebeu o primeiro transplante completo de pénis e escroto. A cirurgia demorou 14 horas.

A complexa intervenção que reparou os dados causados na zona genital de um militar norte-americano que combateu no Afeganistão foi realizada há cerca de um mês, tendo o anúncio sido feito apenas esta semana.

O veterano, que prefere manter o anonimato, recebeu o primeiro transplante completo de pénis e escroto que alguma vez foi realizado no mundo, no Hospital Johns Hopkins, em Baltimore, Maryland, EUA.

Perante o anúncio do primeiro transplante de pénis e escroto, há, de imediato, uma pergunta que se impõem: o novo órgão vai funcionar?

“Temos esperança de que este transplante faça este homem recuperar a função urinária e sexual de uma forma praticamente normal“, responde Andrew Lee, diretor do serviço de Cirurgia Plástica e Reconstrutiva no hospital, num comunicado de imprensa da instituição, citado pelo Público.

Na cirurgia, realizada a 26 de março, participaram nove cirurgiões plásticos e dois cirurgiões urológicos, uma equipa liderada por Richard Redett.

“Quando acordei senti-me finalmente mais normal… com um nível de confiança também. Confiança… como se sentisse que, finalmente, estou bem agora”, explica o militar, citado no comunicado de imprensa do hospital, confessando que este tipo de lesão é difícil de aceitar.

Os ferimentos foram causados por um dispositivo explosivo improvisado que atingiu a zona genital, mas não afetou os órgãos internos. O militar deverá receber alta já esta semana.

Foi graças a um dador, que morreu em circunstâncias não divulgadas, que tudo foi possível. A família do dador fez questão de fazer uma curta declaração, revelando estar bastante orgulhosa em poder ajudar o militar que serviu o país. Por questões éticas, que poderiam surgir se o recetor viesse a ter filhos, a operação não envolveu o transplante dos testículos.

Este não foi o primeiro transplante de pénis feito no mundo. O primeiro foi realizado em 2006, na China, mas o paciente acabou por mostrar sinais de trauma psicológico por causa do novo órgão e a cirurgia acabou por ser revertida 15 dias depois.

Passados oito anos, na África do Sul, realizou-se então o primeiro transplante de pénis a um indivíduo que tinha sido vítima de uma circuncisão desastrosa. Apenas  três meses depois tinha recuperado as funções do órgão, anunciando em 2015 que tinha concebido um filho.

Mas esta cirurgia não deixa de ser inédita, na medida em que é mais extensa e completa, envolvendo o escroto e uma parte da parede abdominal. A equipa médica do Hospital Johns Hopkins explicou, em conferência de imprensa, que o transplante implicou a ligação de três artérias, quatro veias e dois nervos para assegurar a circulação sanguínea e sensibilidade do órgão genital.

(dr) Johns Hopkins Medicine

A equipa do Hospital Johns Hopkins

Reconstruir um pénis usando tecido de outras partes do corpo implicaria recorrer a uma prótese para conseguir uma ereção, explica Andrew Lee. “Além disso, devido a outras lesões, os militares muitas vezes não têm tecido viável de outras partes do corpo.”

Este tipo de transplante, em que uma parte do corpo ou tecido é transferido de um indivíduo para outro, chama-se alotransplante de tecidos compostos vascularizados.

A principal preocupação da equipa médica é, como em qualquer cirurgia, a rejeição dos tecidos. Duas semanas depois da cirurgia, adianta o Público, o soldado recebeu uma infusão de medula óssea do doador, procedimento que faz parte do protocolo da equipa que tem coo objetivo diminuir os riscos de rejeição.

Nas próximas semanas, o militar deverá recuperar progressivamente a sua vida normal.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

FC Pingzau: O clube que sonha com a Champions e que também pode ser seu por 500 euros

Deter parte de um clube com aspirações à Liga dos Campeões é possível e já pode fazê-lo por apenas 500 euros.O FC Pingzau é o clube austríaco detido por adeptos com o objetivo de chegar …

Uma pitada de poeira de rocha pode ajudar a evitar alterações climáticas catastróficas

O uso de poeira de rocha na agricultura traz não só vantagens para a colheita, mas também para o ambiente. Esta técnica permite uma remoção eficiente do dióxido de carbono. Espalhar poeira de rocha nos terrenos …

ANA avança com plano de "saídas voluntárias"

A ANA, gestora dos aeroportos nacionais, vai avançar com "um plano de saídas voluntárias", no âmbito do redimensionamento das equipas. A ANA - Aeroportos de Portugal, gestora dos aeroportos nacionais, vai avançar com “um plano de …

Cientistas detetaram estranhos objetos astronómicos circulares (e não fazem ideia do que são)

Recorrendo a telescópios, uma equipa de astrofísicos detetou quatro estranhos objetos astronómicos. Foram encontrados nos comprimentos de onda de rádio e são circulares e mais brilhantes do que as suas bordas. Estes estranhos e inesperados …

Especialista alerta sobre possíveis vírus extraterrestres que podem chegar à Terra em futuras missões

O cientista e antigo colaborador da NASA Scott Hubbard alertou para a possível chegada de vírus extraterrestres à Terra em futuras missões espaciais, notando que o interesse pela exploração do Espaço tem aumentado. O antigo …

Covid-19. A morada e a cor da pele são um fator de risco no Brasil

Enquanto que na Europa a idade é um fator de risco da covid-19, no Brasil, o sítio onde moram e a cor da sua pele definem essa fronteira entre os que têm maior ou menor …

Lagos dos Estados Unidos estão a ficar cobertos de verde. Nem os mais remotos escapam

Vários lagos montanhosos dos Estados Unidos estão a tornar-se verdes devido ao crescimento de algas que prosperam por causa das alterações climáticas, concluiu um estudo conduzido por cientistas da Universidade do Colorado. De acordo com a …

No Algarve, metade dos casos de infeção resultaram de transmissão social

Um estudo apresentado na última reunião do Infarmed, em Lisboa, veio estabelecer uma relação entre a propagação do vírus no Algarve e o fator social. De acordo com o estudo, apresentado na última reunião do Infarmed, …

Numa operação inédita de 18 horas, gémeas siamesas unidas pelo crânio foram separadas com sucesso

Ervina e Prefina, com 2 anos, nasceram com os crânios unidos, uma das formas mais raras e complexas de fusão craniana e cerebral conhecidas como "craniófago total posterior". Agora, médicos em Itália conseguiram separá-las numa operação …

Família de Pablo Escobar está a processar um rapper norte-americano. Exige-lhe 10 milhões

A família Pablo Escobar, morto em dezembro de 1993 na Colômbia, está a processar o rapper norte-americano Tauheed Heakeen Epps, mais conhecido como 2 Chainz, por usar o nome do narcotraficante num negócio. De acordo com …