Primeiro restaurante nudista do Japão não admite clientes com excesso de peso

O primeiro restaurante nudista do Japão, com abertura prevista para 29 de julho, não vai permitir a entrada de clientes com excesso de peso, informou esta segunda-feira a imprensa nipónica.

As restrições impostas pelo restaurante The Amrita provocaram críticas que consideram esta proibição “ofensiva” e questionam os seus argumentos.

O restaurante refere na lista de regras publicada na sua página de Internet que “existe um limite em termos de peso”, advertindo que “pessoas que superem em 15 quilos o peso médio para a sua altura não poderão entrar no local”.

“Por favor tenham cuidado com isto”, refere o restaurante, que abre portas no dia 29 de julho.

A justificação dada é a de que o estabelecimento quer recriar o ambiente da Roma clássica.

Os clientes que superem o limite estabelecido não podem entrar no restaurante e o montante que pagaram pelo jantar não lhes será devolvido.

Só se pode entrar no restaurante com reserva, que implica um pagamento prévio, com valores que vão desde os 12 mil ienes (100 euros) do menu mais básico até 80 mil (669 euros) para jantares animados por modelos masculinos, que servem às mesas e protagonizam uma série de atuações musicais.

Outras restrições são a proibição de entrada a pessoas com mais de 60 anos (só podem entrar clientes entre os 20 e 60 anos) e a quem tiver tatuagens.

Apesar de se auto-intitular “restaurante nudista”, The Amrita impõe aos clientes o uso de roupa interior de papel, fornecida pelo estabelecimento.

Também é proibido tirar fotografias no local e “falar com outros clientes ou tocar-lhes” durante o jantar, segundo a página na Internet.

/Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Boris compara Reino Unido a super-herói. "Quanto mais enfurecem o Hulk, mais forte ele fica"

O primeiro-ministro britânico comparou o Reino Unido ao super-herói da Marvel, que nunca se deixa prender, deixando subentendido o aviso de que pode ignorar a decisão do Parlamento que quer impedir uma saída sem …

Dente de rinoceronte deu aos cientistas a mais antiga informação genética já registada

Cientistas conseguiram extrair de um dente com 1,7 milhões de anos (de um rinoceronte já extinto) aquela que é a informação genética mais antiga alguma vez registada. Entre o período de há 2,5 milhões e 700 mil …

SNS "é âncora para os portugueses e sabe resistir às pressões"

A ministra da Saúde elogiou o Sistema Nacional de Saúde no dia em este cumpre 40 anos. A data só não está a ser assinalada com mais vigor devido à proximidade das eleições, explicou …

Um terço dos diplomados no curso de Aeroespacial vai trabalhar para o estrangeiro

A nota mínima de entrada no curso de Engenharia Aeroespacial do Técnico bateu um novo recorde. As oportunidades e os salários levam os diplomados para o estrangeiro. O único curso de Engenharia Aeroespacial no ensino superior …

Morreu o cantor Roberto Leal

Morreu o cantor Roberto Leal, confirmou o antigo secretário de Estado das Comunidades e da Administração Local. Tinha 67 anos e lutava contra um cancro. A notícia foi avançada pelo antigo secretário de Estado das Comunidades …

Estudo mostra que o canguru gigante tinha uma parecença com os pandas

O já extinto canguru gigante tinha uma característica muito semelhante com o panda-gigante dos dias modernos: grandes mandíbulas que lhe permitiam comer alimentos que outros animais não conseguiam. Há mais de 40 mil anos, o sudoeste …

Assunção Cristas contra o "ditador" verde e André Silva contra a "despesista" demagoga

O debate deste sábado, transmitido pela RTP3, sentou frente-a-frente os líderes do CDS e do PAN. Assunção Cristas contou quantas vezes o programa do adversário usa a palavra "proibir" e André Silva acusou os centristas …

Poluição no rio Lis arrasta-se há mais de 20 anos

A poluição na bacia hidrográfica do rio Lis arrasta-se há mais de duas décadas, com o contributo das descargas ilegais das suiniculturas, mas a construção da estação de tratamento de efluentes suinícolas tem sido adiada …

No Quénia, há meninas a faltar às aulas por não terem acesso a tampões

No Quénia, há adolescentes que não têm dinheiro para comprar pensos higiénicos ou tampões. Por isso, faltam às aulas. O Expresso conta a história de uma menina queniana, de 14 anos, que não aguentou ser humilhada …

As sestas podem ser boas amigas do coração

Fazer uma sesta uma ou duas vezes por semana pode reduzir o risco de ataque cardíaco ou AVC. No entanto, se fizer mais sestas do que o recomendado, os benefícios desaparecem. Uma equipa de cientistas decidiu …