Primeiro referendo pós-covid. 85% disseram não ao trânsito em ponte romana de Chaves

Vitor Oliveira / Flickr

A Ponte Romana de Chaves, sobre o rio Tâmega, também chamada ponte de Trajano

A população de Chaves votou contra a reabertura ao trânsito automóvel na ponte romana, no referendo local realizado hoje, no qual votaram 12% dos eleitores recenseados no concelho e o ‘não’ obteve mais de 85% dos votos.

De acordo com os resultados divulgados pela Câmara de Chaves, no distrito de Vila Real, o ‘não’ à reabertura da ponte romana ao trânsito automóvel de ligeiros, num único sentido, venceu com 4.440 votos (85,37%).

No total, votaram 5.250 eleitores, que corresponde a 12,07% dos 43.480 recenseados. O ‘não’ venceu em todas as 39 freguesias do concelho, com o ‘sim’ a receber um total de 769 votos (14,79%).

Registaram-se ainda 14 votos brancos (0,27%) e 35 votos nulos (0,67%), com a abstenção a fixar-se nos 87,93%.

O referendo local em Chaves, sobre a reabertura ao trânsito automóvel na ponte romana, que está classificada como monumento nacional, tinha uma única pergunta de resposta “sim” ou “não”: “Concorda com a reabertura da ponte romana de Chaves ao trânsito de veículos automóveis ligeiros, num único sentido?”.

A Ponte Romana de Chaves, também chamada ponte de Trajano, localiza-se sobre o rio Tâmega, na cidade de Chaves. Com cerca de 150 metros de comprimento, foi concluída no tempo do Imperador Trajano, entre o fim do século I e o princípio do século II d.C., sendo considerada uma obra notável de engenharia. Atualmente, encontra-se encerrada ao trânsito, funcionando apenas como ponte pedonal.

Este ato eleitoral foi o primeiro a ocorrer desde que começou a pandemia de covid-19, o que motivou a publicação de medidas de prevenção no sítio oficial na Internet do Ministério da Administração Interna (MAI).

A proposta para a realização do referendo em Chaves tinha sido apresentada pelo executivo liderado por Nuno Vaz e aprovada em reunião de câmara em 22 de junho, e foi também aprovada em Assembleia Municipal de Chaves e validada pelo Tribunal Constitucional.

O autarca tinha referido à agência Lusa que o compromisso para realizar o referendo surgiu na campanha eleitoral de 2017 e que não se iria pronunciar sobre a sua intenção de voto – para “não influenciar nenhuma das decisões” -, e apelou à participação dos cidadãos de todo o concelho.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …

A Alemanha quer tornar o teletrabalho um direito legal

O Governo alemão prepara-se para publicar um projeto de lei que dará aos trabalhadores do país o direito legar de trabalhar a partir de casa. A medida aplicar-se-á a todos as atividades laborais que possam …