Primeiro-ministro romeno garante que não se demite devido aos protestos

O primeiro-ministro e líder da coligação de centro-esquerda no poder na Roménia, Sorin Grindeanu, assegurou esta segunda-feira que o seu governo não se vai demitir, na sequência das maiores manifestações no país desde o fim do regime comunista.

As manifestações começaram há vários dias contra uma resolução especial do governo que na prática descriminalizava casos de corrupção que causassem danos ao Estado até aos 44 mil euros. Ou seja, acabava com as penas de prisão para os responsáveis da administração implicados desde que o Estado não fosse lesado acima desse montante.

O primeiro-ministro, que no domingo aboliu formalmente o polémico decreto, deixou ainda a ideia de que o executivo não vai avançar imediatamente com uma medida paralela com o objetivo de descriminalizar as más condutas.

Sorin Grindeanu admitiu que “o decreto causou divisões” e sugeriu que poderá afastar o ministro da Justiça no final da semana.

A tensão política na Roménia continua elevada, com centenas de apoiantes do Governo a concentrarem-se hoje ao final da tarde em frente ao palácio presidencial em Bucareste, culpabilizando o Presidente Klaus Iohannis pela crise. O Presidente foi um dos políticos que se opôs fortemente à medida.

No entanto, e pela sétima noite consecutiva, manifestantes juntaram-se perto dos edifícios governamentais na Praça da Vitória, local dos maiores protestos na Roménia desde que o regime comunista foi derrubado em 1989.

O líder dos sociais-democratas, Liviu Dragnea, reuniu-se hoje com os líderes dos partidos que apoiam a coligação governamental e afirmou que a sua formação “manifestou um apoio sem reservas pelo executivo… e pelo primeiro-ministro”.

Dragnea não pode ascender ao cargo de primeiro-ministro devido a uma condenação em abril de 2016, por fraude eleitoral.

O Governo já garantiu que vai apresentar uma nova versão do decreto ao Parlamento, onde os partidos que o suportam têm a maioria.

O Tribunal Constitucional romeno vai tomar uma decisão sobre a legalidade do decreto de descriminalização no final da semana.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Para onde caminhamos? A Bíblia diz: “E [o rei do norte = Rússia desde a segunda metade do século XIX. (Daniel 11:27)] tornará para a sua terra com muitos bens [1945], e o seu coração será contra a santa aliança [a hostilidade em relação aos cristãos. A União Soviética introduziu o ateísmo estatal]; e vai agir [isso significa alta atividade no cenário internacional], e voltará para a sua terra [1991-1993. A dissolução da União Soviética e o Pacto de Varsóvia. As tropas russas retornaram a sua terra]. No tempo designado voltará [isso significa crise, que irá eclipsar a Grande Depressão; a desintegração não só da área do euro, mas também da União Europeia e da NATO. Muitos países do antigo bloco de Leste voltará à esfera de influência russa].” (Daniel 11:28, 29a) Este será o último sinal antes de uma guerra nuclear global. (Daniel 11:29b, 30a; Mateus 24:7; Apocalipse 6:4)

Xi Jinping dá os parabéns a Joe Biden pela vitória nas eleições

O Presidente chinês deu os parabéns pela vitória ao Presidente eleito dos Estados Unidos, esta quarta-feira, expressando esperança num espírito de cooperação entre os dois países, para que todos fiquem a ganhar. A China foi uma …

Cristiano Ronaldo é o único português nomeado para os prémios "The Best"

O avançado da Juventus é o único português nomeado para os prémios "The Best", inserido na lista de 11 candidatos na categoria de melhor futebolista de 2020, divulgada hoje pela FIFA. Cristiano Ronaldo reparte a nomeação …

Máscaras descartáveis são de plástico e ameaçam flagelo ambiental. Governo lança campanha de sensibilização

Em plena Semana Europeia de Prevenção de Resíduos, o Ministério do Ambiente e da Ação Climática lançou a campanha “Não Deixes Cair a Máscara”. Por mês, são usadas no país 150 milhões de máscaras. De acordo …

Football Leaks. Julgamento suspenso por 14 dias devido a caso de covid-19

O julgamento do processo Football Leaks foi suspenso por 14 dias, esta quarta-feira, devido à confirmação de um teste com resultado positivo ao novo coronavírus de um familiar de um dos juízes do coletivo. Cerca de …

Morreu El Pibe, Diego Armando Maradona

O antigo internacional argentino Diego Armando Maradona morreu esta quarta-feira aos 60 anos de idade. Foi vítima de uma paragem cardiorrespiratória, avança a imprensa argentina. O estado de saúde do ex-futebolista estava debilitado e, segundo relatos do …

Empresas deixam de estar obrigadas a pôr o código QR nas faturas

A obrigatoriedade de as empresas incorporarem nas faturas o código QR e o código único de documento “traria custos adicionais para as micro pequenas e médias empresas, particularmente na adaptação de sistemas informáticos”. A obrigatoriedade de as …

Bolieiro cita Sá Carneiro e reconhece "exigente missão"

O novo presidente do Governo dos Açores, José Manuel Bolieiro, tomou esta terça-feira posse na Assembleia Legislativa Regional e, citando Sá Carneiro, reconheceu a "exigente missão" que tem pela frente. "Medimos os desafios a enfrentar e …

Escócia é o primeiro país a tornar os produtos menstruais gratuitos

Os produtos de higiene íntima feminina vão passar a ser gratuitos na Escócia. A primeira medida do género em todo o mundo entrará em vigor em janeiro e tem o objetivo de combater a “pobreza …

Fenprof diz que a falta de docentes em algumas escolas se resolvia com oferta de horários completos

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) estima que milhares de alunos continuem sem ter todas as aulas por falta de docentes, um problema que acredita que se resolvia com medidas como completar os horários vagos …

Retirado cartaz em Oeiras por "ofender" Isaltino Morais. Iniciativa Liberal já apresentou queixa

A Câmara Municipal de Oeiras retirou um cartaz da Iniciativa Liberal (IL) que questionava a gestão de Isaltino Morais. O partido liderado João Cotrim Figueiredo já apresentou queixa. De acordo com o semanário Expresso, a …