Primeiro-ministro de Malta anuncia que se demite em janeiro

O primeiro-ministro de Malta anunciou este domingo que se vai demitir em janeiro, na sequência da pressão da população para revelar a verdade sobre o atentado à bomba que matou uma jornalista em 2017.

Numa mensagem transmitida esta noite pela televisão nacional, o primeiro-ministro, Joseph Muscat, disse ter informado o Presidente do país que vai deixar a liderança do Partido Trabalhista, no poder, em 12 de janeiro, e que “nos dias seguintes” irá demitir-se do cargo de primeiro-ministro.

Previamente, o contestado primeiro-ministro tinha garantido um voto de confiança dos deputados do Partido Trabalhista, apesar das crescentes alegações sobre o envolvimento do seu antigo chefe de gabinete no atentado.

O grupo parlamentar expressou o seu “apoio unânime” a Muscat, no poder desde 2013, e “às decisões que optar por tomar”.No sistema parlamentar maltês, o chefe do partido que vencer as eleições legislativas torna-se de imediato primeiro-ministro.

Os media da ilha mediterrânica tinham admitido que poderia permanecer em funções até janeiro, quando o congresso do seu partido eleger um novo líder.

A jornalista de investigação Daphne Caruana Galizia, de 53 anos, foi assassinada em 16 de outubro de 2017 por uma bomba colocada na sua viatura.

A sua família (em particular os dois filhos), a oposição (Partido Nacionalista) e movimentos cívicos acusaram Muscat de ingerência no inquérito em curso, ao proteger em particular o seu colaborador próximo e ex-chefe de gabinete, Keith Schembri.Na sexta-feira, milhares de manifestantes desceram à rua, para exigir a demissão de Muscat.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ex-gestor do Grupo Espírito Santo vai ser julgado nos EUA. Pena pode chegar aos 65 anos

Paulo Murta vai ser julgado por um tribunal norte-americano após a sua extradição ter sido autorizada. Caso seja condenado, a sua pena pode chegar aos 65 anos. Paulo Murta, antigo gestor do Grupo Espírito Santo (GES) …

Horas após ser reeleito, Presidente do Chade morre vítima de ferimentos em combate

O Presidente do Chade, no poder há 30 anos, morreu, esta terça-feira, devido a ferimentos sofridos enquanto comandava o exército na luta contra rebeldes no norte do país durante o fim-de-semana. "O Presidente da República, chefe …

Iniciativa Liberal acusa comissão promotora de a tentar impedir de participar no desfile do 25 de Abril

A Iniciativa Liberal (IL) acusou, esta terça-feira, a comissão promotora do desfile do 25 de Abril de tentar impedir o partido de participar nas comemorações, pretendendo os liberais organizar o seu próprio desfile no mesmo …

EDP defende que venda de barragens não estava sujeita a imposto de selo

A EDP considera que a venda da concessão das barragens ao consórcio da Engie não beneficiou de isenção do Imposto do Selo prevista na lei desde 2020 porque a forma como a operação decorreu não …

Polícia Judiciária faz buscas na Câmara de Lisboa

A Polícia Judiciária (PJ) está, esta terça-feira, a fazer buscas na Câmara Municipal de Lisboa, nas instalações do departamento de gestão urbanística, situadas no Campo Grande, e nos Paços do Concelho. Ao que o jornal online …

Portugal regista mais 424 casos e cinco óbitos por covid-19

Portugal registou, esta terça-feira, mais cinco mortes e 424 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde …

Ministro reconhece que retoma do Ensino Superior tem de ser "gradual"

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior considerou, esta segunda-feira, que a retoma das atividades letivas tem de ser feita de forma “gradual e faseada”, mas mostrou-se satisfeito com a responsabilidade demonstrada por docentes …

Apenas uma em cada 500 pessoas foram vacinadas nos países pobres. Greta Thunberg apoia vacinação equitativa com 100 mil euros

Apenas uma em cada 500 pessoas, em média, foi vacinada contra a covid-19 nos países pobres, enquanto nos ricos uma em cada quatro já está parcial ou totalmente imunizada, revelou esta segunda-feira a Organização Mundial …

Mário Soares vai dar nome a uma rua na Covilhã

O antigo Presidente da República Mário Soares vai dar nome a uma das ruas da Covilhã, numa homenagem que integra as comemorações do 25 de Abril naquela cidade do distrito de Castelo Branco. O programa preparado …

"Estava em segredo". Comissão de inquérito abre investigação à divulgação do relatório secreto de Costa Pinto

A Comissão Parlamentar de Inquérito ao Novo Banco abriu esta terça-feira uma investigação sumária à divulgação do chamado “Relatório Costa Pinto”. A notícia é avançada esta terça-feira pelo jornal online Observador, o mesmo órgão de comunicação …