Primeiro-ministro australiano admite erros na gestão dos incêndios florestais

Scott Morrison, primeiro-ministro australiano

Scott Morisson admitiu que podem ter sido cometidos erros na gestão dos incêndios florestais que estão a arrasar o país e sobre a qual recebeu fortes críticas.

O primeiro-ministro da Austrália admitiu, este domingo, que podem ter sido cometidos erros na gestão dos incêndios florestais que estão a arrasar o país e sobre a qual recebeu fortes críticas.

“Há coisas que se poderia ter gerido muito melhor no terreno”, reconheceu o primeiro-ministro, Scott Morrison, numa entrevista à cadeia pública de televisão ABC, em que anunciou uma investigação pública sobre a resposta aos incêndios.

A desculpa do governante chega depois de na sexta-feira milhares de pessoas se terem manifestado em várias cidades da Austrália para pedir a sua demissão e exigir ao Governo mais meios para lutar contra as alterações climáticas e os incêndios florestais, dos quais já resultaram 28 mortos e milhares de casas calcinadas.

Morrison, que se negou a relacionar a crise climática com o agravamento dos incêndios florestais, tem sido objeto de críticas nas últimas semanas.

O primeiro-ministro conservador foi criticado por ir de férias sem avisar para o Hawai, Estados Unidos, em plena crise antes do Natal e durante as suas visitas às zonas afetadas foi mal recebido pelas populações, designadamente com insultos.

Em relação às políticas para enfrentar os efeitos da crise climática, Morrison afirmou durante a entrevista que “o Governo continuará com os seus esforços para alcançar os objetivos” de redução de emissões, sem dar mais pormenores.

Desde que começaram, em setembro passado, os incêndios arrasaram uma superfície de mais de oito milhões de hectares, equivalente à da Irlanda, e calcula-se que até mil milhões de animais selvagens tenham morrido, enquanto continua a época seca e de incêndios.

Depois de vários dias críticos devido às altas temperaturas, na próxima semana está previsto um clima mais frio que poderia dar uma trégua aos bombeiros que lutam contra os devastadores incêndios em todo o país.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Só agora veio a Publico, a intervenção de unidades de Combate a Incêndios Estrangeiras em reforço. Desde Setembro que começou e piorou só agora é que este incompetente decide de pedir ajuda ?????……….. Ou a historia está mal contada, ou o objectivo desse Governo era mesmo que o País arda. Sempre achei estranho a falta de pedido de ajuda Estrangeira, quando a situação ficou incontrolável .

RESPONDER

Montezemolo revelou o sonho que Ayrton Senna não cumpriu

O antigo presidente da equipa da Ferrari, Luca di Montezemolo, revelou que o seu maior arrependimento foi não ter conseguido levar Ayrto Senna para a equipa. Em 1994, Ayrton Senna morreu de forma trágica quando perdeu o …

Friends: atores já terminaram as gravações do episódio especial

Ainda antes de os talk shows serem suspensos devido à COVID-19, Matt LeBlanc foi um dos convidados do The Kelly Clarkson Show, onde confirmou que as gravações do episódio especial de FRIENDS estavam concluídas. O programa …

YouTube remove vídeos que vinculam falsamente a Covid-19 ao 5G

A onda de teorias falsas que ligam a pandemia da COVID-19 ao 5G levou a uma série de incidentes, incluindo ameaças a engenheiros. Agora, o YouTube está a reprimir essa desinformação. O YouTube informou que removerá …

Engenheiros construiram um ventilador caseiro. Pode servir como "último recurso"

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, construiu um ventilador caseiro que pode ser usado como último recurso. A pandemia de covid-19 continua a desafiar as comunidades médicas e uma das ameaças …

Sepultura de genocídio encontrada no Ruanda pode conter 30 mil corpos

No Ruanda, foi encontrada uma sepultura que pode conter 30 mil vítimas do genocídio no país em 1994. Cerca de 800 mil tutsis e hutus moderados foram assassinados. Mais de 25 anos depois de um genocídio …

Belenenses SAD entra parcialmente em lay-off

"A indústria do futebol está entre as mais atingidas pelos efeitos da pandemia", que provocou a suspensão de praticamente todas as provas futebolísticas, destaca o Belenenses SAD. O Belenenses SAD, da I Liga de futebol, entrou …

Dois milhões de máscaras furtadas em Espanha podem ter sido vendidas em Portugal

O equipamento médico e sanitário furtado está avaliado em cinco milhões de euros e terá sido adquirido por uma empresa portuguesa que conhecia a proveniência do material. Um empresário de Santiago de Compostela foi detido por, …

Facebook terá tentado comprar um software de espionagem em 2017

O Facebook tem estado envolvido em vários escândalos e o mais recente está relacionado com a alegada compra da ferramenta Pegasus, usada para hackear iPhones. A empresa de segurança informática NSO Group, responsável pela Pegasus, alega …

Primeiro-ministro espanhol diz que coronavírus desafia o futuro da UE. E fá-lo em sete idiomas

O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez publicou no domingo um artigo em sete idiomas europeus, argumentando que o coronavírus pode ser a ruína da União europeia (UE) caso não sejam tomadas medidas mais drásticas para lidar …

Viseiras de Leiria despertam cobiça. Bélgica e EUA queriam comprar toda a produção

Várias empresas de moldes e plásticos da região de Leiria estão a fabricar viseiras de protecção contra a Covid-19. Uma adaptação em tempos de pandemia que está a levantar atenção no estrangeiro, com EUA e …