Primeiro aniversário dos Coletes Amarelos. França receia novos tumultos

Etienne Laurent / EPA

O clima de tensão regressa a França, com os coletes amarelos a anunciarem a preparação de novas ações para assinalar o primeiro aniversário do início do movimento.

A 17 de novembro, o movimento Coletes Amarelos assinala o seu primeiro aniversário. Dois dos seus líderes adiantaram ao Expresso que estão a preparar ações “especiais” e a agitação vai começar já este fim de semana.

Além disso, algumas das principais centrais sindicais francesas anunciaram manifestações e greves “ilimitadas” a partir da primeira semana de dezembro. Nestas ações deverão participar os Coletes Amarelos.

Os dirigentes Jérôme Rodrigues e Priscilla Ludosky adiantaram ao semanário que o movimento estará presente nas manifestações sindicais. “Não estamos com os sindicatos, mas com as pessoas, vamos participar porque tudo piora e o povo vive com dificuldades cada vez maiores.”

Estão a ser contestados diplomas como a reforma do sistema das pensões – com que o Governo pretende avançar para um regime único e universal que acabe com nichos especiais, por exemplo nos caminhos de ferro – e a nova proposta governamental sobre desemprego, que reduz os direitos dos desempregados aos subsídios.

Com estas medidas, Emmanuel Macron, Presidente francês, pretende reequilibrar o défice do Estado de modo a cumprir os tratados da União Europeia. No entanto, para os manifestantes, ambas as medidas reforçam a ideia de que “este é um poder que só pensa nos ricos”.

“O direito ao subsídio de desemprego faz parte das nossas reivindicações. Mas não somos apenas um bando de desempregados, somos algo muito mais vasto que transformou em profundidade toda a sociedade francesa, nomeadamente no domínio da solidariedade”, explicam ao Expresso.

Há dias, Priscilla, Jérôme e outros dois outros líderes dos Coletes Amarelos escreveram uma carta a Macron na qual lhe propunham uma reunião para discutir as reivindicações do movimento. “Não somos um bando de selvagens!”, disse Jérôme ao diário, adiantando que listas dos Coletes poderão concorrer às eleições municipais francesas do próximo ano.

“Escrevemos e enviámos a carta ao Presidente e à comunicação social, mas ele não respondeu.” Segundo Priscilla, os Coletes Amarelos estão preparados para “comemorar dignamente o aniversário” e regressar às ruas.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A democracia terminou em França, o presidente Macron deve estar pregado e colado na cadeira do poder que nem com guerra civil pretende abandonar.

"Esqueceu-se disto". Parque Nacional na Tailândia envia lixo deixado pelos visitantes por correio

Se deitar lixo ao chão no Parque Nacional Khao Yai, na Tailândia, esse mesmo lixo será enviado de volta para sua casa. Os infratores também serão registados na polícia local. O Parque Nacional Khao Yai, no …

Banco britânico HSBC permitiu branqueamento de esquema de Ponzi de milhões de dólares

O banco britânico HSBC permitiu que fossem transferidos milhões de dólares para todo o mundo de forma fraudulenta, mesmo depois de ter tomado conhecimento da fraude, de acordo com documentos secretos revelados, divulgou hoje a …

Este é o primeiro aeroporto 5 estrelas do mundo devido aos seus protocolos contra covid-19

A Skytrax, órgão que examina e classifica aeroportos em todo o mundo, costuma chamar a atenção do setor pelo menos uma vez por ano, durante a sua cerimónia de prémios. Este ano, o World Airline Awards, …

Há alguma ligação entre stress, insónias e sistema imunitário? Estudo americano sugere que sim

Um estudo realizado por neuro-cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, sugere que poderá existir uma relação entre o stress, as insónias e um fraco sistema imunitário. Investigadores do laboratório Cold Spring Harbor e da …

Governador das Filipinas diz que cantores de karaoke prejudicam combate à pandemia

Um governador de uma província das Filipinas voltou a sua atenção para um grupo de pessoas que, segundo ele, estão a prejudicar a luta contra a pandemia: cantores de karaoke. Numa publicação no Facebook na madrugada …

Histórico: Filipe Albuquerque vence 24 Horas de Le Mans e sagra-se campeão mundial de LMP2

O português Filipe Albuquerque, da United Autosports, venceu este domingo as 24 Horas de Le Mans em automobilismo, na categoria LMP2, a segunda mais importante, e sagrou-se campeão mundial de resistência a uma corrida do …

Convenção do Chega chumba (duas vezes) lista de André Ventura para a direção nacional

A proposta do presidente do Chega, André Ventura, para a direção nacional do partido foi hoje chumbada na convenção que decorre em Évora, ao não conseguir reunir os dois terços dos votos dos cerca de …

Portugal com mais 13 mortos e 552 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 13 mortos relacionados com a covid-19 e 552 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo os dados a DGS, a região …

TikTok anuncia acordo com Oracle e Walmart e adia proibição nos EUA

A aplicação TikTok, detida pela sociedade chinesa ByteDance e ameaçada de ser proibida nos Estados Unidos, anunciou este domingo um acordo de princípio com a Oracle, como parceiro tecnológico, e com a Walmart, em termos …

As gaivotas são inoportunas? Saiba que as suas fezes podem valer mil milhões de dólares

Afinal, as gaivotas podem ser animais bem mais interessantes do que aquilo que a maioria das pessoas pensa. É que as suas fezes são muito valiosas e os seus nutrientes fertilizam campos agrícolas e recifes …