As primeiras estrelas surgiram 180 milhões de anos depois do Big Bang

CXC / U.Waterloo / A.Vantyghem / STScI / NRAO / VLA / NASA

As primeiras estrelas começaram a iluminar o Universo 180 milhões de anos depois do Big Bang, um período que coincide com as primeiras evidências da existência de hidrogénio no Universo detetadas por um grupo de cientistas.

As descobertas foram publicadas esta quarta-feira na revista Nature. Astrónomos do Instituto Tecnológico de Massachusetts (MIT) e da Universidade Estadual do Arizona, nos Estados Unidos, captaram com uma antena de rádio do tamanho de uma mesa situada no oeste da Austrália sinais ténues de gás hidrogénio procedentes do Universo originário.

Os cientistas, segundo um comunicado, rastrearam esses sinais até 180 milhões de anos depois do Big Bang, o que os transforma nas primeiras evidências de hidrogénio observadas no Universo.

O gás estava num estado que só teria sido possível nas primeiras estrelas, que surgiram num Universo desprovido de luz e emitiram radiação ultravioleta que interagia com o hidrogénio circundante.

Como resultado, os átomos de hidrogénio por todo o Universo começaram a absorver a radiação de fundo, uma forma de radiação eletromagnética que existe no Cosmos, o que significou uma mudança fundamental que os cientistas puderam detetar em forma de ondas de rádio.

A descoberta proporciona evidências de que as primeiras estrelas teriam começado a brilhar aproximadamente 180 milhões anos depois do Big Bang, acrescentaram os investigadores na nota.

“Este é o primeiro sinal real de que as estrelas estão a começar a formar-se e a afetar o meio que as envolve”, afirmou o coautor do estudo e pesquisador do Observatório Haystack do MIT, Alan Rogers.

O especialista explicou que o que estava a ocorrer naquele período é que parte da radiação das primeiras estrelas estava a começar a permitir que o hidrogénio fosse visto em certas radiofrequências.

Após o Big Bang, o universo era um lugar escuro, onde não havia estrelas nem galáxias, e estava cheio principalmente de gás hidrogénio neutro. Tiveram que passar entre 50 a 100 milhões de anos para que a gravidade começasse a atrair as áreas mais densas de gás até começar a formar estrelas.

Foram necessários 12 anos de pesquisa para detetar os vestígios das primeiras estrelas do Universo, e para isso foram utilizados sinais de rádio.

Esses sinais proporcionaram “a primeira evidência de que os antepassados mais antigos da nossa árvore familiar cósmica nasceram apenas 180 milhões de anos depois do início do Universo”, diz um comunicado da Universidade do Arizona.

Algumas caraterísticas nas ondas de rádio detetadas também sugerem que o gás hidrogénio e o Universo na sua totalidade deveriam ser duas vezes mais frios do que os cientistas estimaram anteriormente, com uma temperatura de aproximadamente -270 graus centígrados.

A equipa de investigadores não tem a certeza dos motivos de o Universo ter sido muito mais frio do que se acreditava nos primórdios, mas alguns cientistas “sugeriram” que a interação da misteriosa matéria escura “pode ter exercido algum papel” nesta circunstância.

Para o diretor do Observatório de Haystack, Colin Lonsdale, esses resultados “exigem algumas mudanças na compreensão atual da evolução do Universo nos seus primórdios”. Assim, Lonsdale considerou que a descoberta pode afetar os modelos cosmológicos e os teóricos terão de voltar a “pensar”.

Esta descoberta foi feita com a utilização de uma antena de rádio do tamanho de uma simples mesa que permitiu “ver mais longe que os mais poderosos telescópios espaciais, abrindo uma nova janela para os primórdios do Universo”, indicou Peter Kurczynski, do National Science Foundation dos Estados Unidos, que colaborou no estudo.

EFE // EFE

PARTILHAR

RESPONDER

Cientista descobre espécie extinta de ganso através de uma pintura egípcia

Uma famosa pintura que estava originalmente no túmulo do príncipe egípcio Nefermaat levou um cientista a descobrir uma espécie de ganso já extinta. A cena "gansos de Meidum", originalmente pintada no túmulo do príncipe Nefermaat, encontra-se …

Físico cria algoritmo de IA que pode provar que a realidade é uma simulação

Hong Qin, do Laboratório de Física de Plasma de Princeton (PPPL) do Departamento de Energia dos EUA, criou um algoritmo de Inteligência Artificial que pode provar que a realidade é, na verdade, uma simulação. O algoritmo …

Quase 10 anos depois, avião de Gaddafi continua parado num aeródromo em França

Quase uma década depois de ter aterrado em solo francês, o avião presidencial do ex-ditador líbio continua parado num aeródromo no sul do país, estando no meio de vários processos judiciais que parecem não ter …

Governo recebeu 1.600 ideias para a bazuca. Costa agradece mobilização

Durante a fase de discussão pública, o Plano de Recuperação e Resiliência recebeu mais de 1.600 contribuições e mais de 65 mil consultas. O primeiro-ministro António Costa disse que, durante a fase de discussão pública, …

"Honjok" é o nome do movimento sul-coreano que reivindica a solidão

A solidão tornou-se um tema recorrente devido à pandemia de covid-19. Na Coreia do Sul, existe um movimento chamado "honjok", que promove um estilo de vida solitário. O isolamento imposto pela pandemia de covid-19 está a …

Do subsolo sírio à nomeação ao Óscar: hospitais em tempos de guerra numa "era de impunidade"

The Cave é o nome de uma produção que esteve nomeada para o Óscar de Melhor Documentário de 2020. É também o lugar onde hospitais sírios se escondem para salvar vidas longe de bombardeamentos e …

Patrícia Mamona sagra-se campeã no triplo salto em pista coberta

Esta tarde, Patrícia Mamona tornou-se a terceira atleta portuguesa a garantir a medalha de ouro para Portugal no Campeonato da Europa em pista coberta. A portuguesa Patrícia Mamona conquistou, este domingo, a medalha de ouro na …

Dias de aulas mais longos, férias mais curtas e cinco períodos. Em Inglaterra, já se equacionam formas de recuperar o tempo perdido

Há três medidas em cima de mesa que podem vir a ser adotadas para combater os atrasos na aprendizagem dos alunos. Na Inglaterra, as escolas reabrem para aulas presenciais esta segunda-feira, mas já se pensa …

Índia abre centro de bem-estar para hóspedes abraçarem vacas e "esquecerem todos os problemas"

Animais de conforto e apoio emocional são cada vez mais populares em todo o mundo. Embora a maioria das pessoas use cães ou gatos, há também algumas escolhas mais bizarras, incluindo pavões, macacos e cobras. Os …

Abel Ferreira tentou levar jogador do Benfica para o Palmeiras

O treinador português Abel Ferreira, no comando técnico dos brasileiros do Palmeiras, pediu a contratação de Franco Cervi, que alinha pelo Benfica, mas acabou por ver a sua proposta recusada pelo jogador argentino. A notícia …