Primatas passaram num complexo teste de “teoria da mente”

William Warby / Flickr

Um novo estudo sugere que os primatas também possuem a chamada “teoria da mente”, uma habilidade que se pensava ser exclusiva dos seres humanos.

O que é que nos separa a nós, humanos, dos primatas? Uma das coisas que tanto se fala é a conhecida “teoria da mente”, a capacidade que nos permite entender e antecipar os pensamentos dos outros (desejos, conhecimentos, motivos e intenções), mesmo quando são diferentes ou se opõem aos nossos.

Muitos defendem que os humanos são as únicas criaturas a possuir esta habilidade complexa. No entanto, escreve o IFLSCience, uma nova pesquisa sobre primatas está a lançar dúvidas sobre esta suposição de longa data.

No estudo publicado em setembro na revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences, uma equipa internacional de investigadores da Universidade de Quioto, no Japão; do Instituto Max Planck de Antropologia Evolutiva, na Alemanha; e da  University de St Andrews, na Escócia, demonstrou que membros da família dos primatas, tal como chimpanzés, bonobos e orangotangos, parecem possuir esta “teoria da mente”.

A equipa chegou a esta conclusão depois de uma série de experimentos em 47 primatas em cativeiro em santuários no Japão e na Alemanha: 29 chimpanzés, 14 bonobos e quatro orangotangos.

No primeiro teste, o primata viu um filme que mostrava um ator a ser levado a pensar que um objeto estava escondido numa caixa. Depois de o humano ter visto o objeto a ser colocado na caixa, foi embora e o objeto foi removido. Então, o macaco sabia que o objeto não estava na caixa, mas o humano ainda pensava que estava lá.

Ao usar a tecnologia de rastreamento ocular para registar o seu olhar, parecia que o macaco antecipava a falsa crença do humano de que o objeto ainda estava na caixa (mesmo sabendo que não estava).

Para aprofundar mais a questão, a equipa criou outro cenário ainda mais confuso. Os macacos foram divididos aleatoriamente em dois grupos e familiarizados com um de dois tipos de tela: uma barreira feita de material opaco e uma barreira com “truque” (que parece opaca à distância, mas transparente de perto).

Os primatas assistiram a um novo filme com a mesma premissa do primeiro, mas com as duas novas telas. Tal como esperado, os macacos que estavam familiarizados com a barreira opaca anteciparam que o humano iria procurar o objeto debaixo da caixa onde foi visto pela última vez. No entanto, os outros macacos foram capazes de antecipar que o humano não iria procurar em nenhum outro local, pois o objeto havia sido removido, e ambos estavam cientes disso.

Esta forte capacidade de prever as ações de outra pessoa — mesmo tendo em conta as suas diferentes perspetivas, conhecimentos e intenções — mostra um nível notável de inteligência e, de acordo com os investigadores, mostra evidências de que os macacos possuem a chamada “teoria da mente”.

“Estamos entusiasmados por descobrir que os primatas conseguiram passaram neste teste difícil”, disse o autor do estudo, Fumihiro Kano, do Santuário Kumamoto e do Instituto de Pesquisa Primata da Universidade de Kyoto, num comunicado.

“Os resultados sugerem que partilhamos essa habilidade com os nossos primos evolutivos. Planeamos continuar a refinar os nossos métodos para testar outras alternativas não mentalistas à teoria da mente em animais não humanos”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas criam tinta ultra-branca que ajuda a arrefecer as superfícies

Cientistas criaram uma nova tinta ultra-branca que pode refletir 95,5% da luz solar que chega à sua superfície. De acordo com o site IFLScience, esta propriedade permite que algo revestido com esta tinta ultra-branca, como, por …

Morreu Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos

O empresário Sindika Dokolo faleceu, nesta quinta-feira, no Dubai, aos 48 anos de idade, durante a prática de mergulho. A morte do empresário de origem congolesa já foi confirmada à Lusa por uma fonte ligada à …

Lagostins autoclonados invadiram (e conquistaram) um cemitério na Bélgica

Um cemitério na Bélgica foi completamente invadido por lagostins marmoreado. De acordo com o Instituto Flamengo para Pesquisa da Natureza e da Floresta (INBO), a espécie representa uma grande ameaça para a biodiversidade local. Segundo o …

Benfica 3-0 Standard Liège | “Águia” voa de forma imperial

A noite foi de festa no Estádio da Luz para os cerca de 4875 espectadores – 7,5% por cento da lotação – que se deslocaram ao reduto dos “encarnados” esta quinta-feira. O Benfica venceu por 3-0 …

Urnas abertas no Minecraft. Servem para ensinar os jovens a votar nas eleições

A organização não partidária e sem fins lucrativos Rock the Vote e a empresa criativa Sid Lee uniram-se para criar um servidor de "casa de votação" no popular jogo Minecraft antes das eleições presidenciais de …

Zorya Luhansk 0-2 Braga | “Nota artística” em triunfo minhoto

Dois jogos, duas vitórias para o Sporting de Braga no Grupo G da Liga Europa. Uma entrada de rompante em jogo, com dois golos espectaculares nos primeiros 11 minutos, permitiram aos “arsenalistas” controlar e lidar …

Amostra de ADN desvenda homicídio cometido há quatro décadas

Uma amostra de ADN, colhida de um norte-americano da Carolina do Sul após este ser detido por apontar uma arma, permitiu às autoridades desvendar um caso antigo, identificando-o como principal suspeito do homicídio de uma …

Investigadores portugueses criam simuladores para treinar médicos à distância

Investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) desenvolveram, durante o confinamento, um método para os estudantes treinarem para cenários de emergência sem saírem de casa. Em declarações à Lusa, Carla Sá Couto, do …

Restam apenas dois rinocerontes brancos do norte (mas há uma esperança para salvar a espécie)

Com a morte do último macho em 2018, o rinoceronte branco do norte chegou ao ponto em que não pode ser salvo naturalmente. Com apenas duas fêmeas restantes, a subespécie é agora tida como oficialmente …

Há uma região na América do Norte sem qualquer caso de covid-19. Tem a dimensão do México

Nunavut, uma região localizada no norte do Canadá, continua sem registar nenhum caso de covid-19. A receita para o sucesso tem vários ingredientes, mas as caraterísticas especiais da região e as medidas rígidas tomadas logo …