Preso injustamente por 11 meses, jovem pedia 140 mil euros de indemnização. Estado vai pagar 35 mil

O Estado foi condenado a pagar uma indemnização de 35 mil euros a Leandro Monteiro, que esteve preso durante 11 meses, quando tinha 16 anos, por suspeita de abuso sexual. As alegadas vítimas assumiram terem mentido, mas o jovem continuou detido.

O jovem, atualmente com 21 anos, foi detido em 2014 por suspeita de abuso sexual a duas crianças, de seis e 11 anos, suas colegas no Lar de Infância e Juventude da Escola de Artes e Ofícios de Chaves. Pouco tempo depois, as queixosas acabaram por admitir ter inventado a história, numa tentativa de sair da instituição, mas Leandro permaneceu na prisão-escola de Leiria por ordem do Ministério Público e da juíza de instrução do Tribunal de Chaves.

Leandro só foi absolvido dos crimes depois de ter estado preso preventivamente durante 11 meses. A mentira foi descoberta logo no início do processo mas, ainda assim, o Ministério Público optou por manter o menor preso.

Ricardo Sá Fernandes, que defendeu o jovem a pedido da mãe, intentou uma ação judicial para pedir uma indemnização de 140 mil euros. O advogado explicou ao Jornal de Notícias que “o tribunal entendeu que houve um erro judiciário no primeiro caso e que o Leandro esteve indevidamente preso” e que, por essa razão, condenou o Estado a pagar uma indemnização.

De acordo com o causídico, na altura do julgamento, que decorreu no Tribunal de Chaves, tinham sido “tornados públicos elementos de natureza pericial, produzidos ainda em junho de 2014” que apontavam “claramente no sentido de que o Leandro não praticou os factos de que está acusado”. Em causa estava a perícia médica que indicava uma “situação de falsa denúncia”.

A acusação tinha sido feita pela mãe de uma das crianças, que garantiu que estas tinham sofrido abusos sexuais. No entanto, o relatório mostrou que uma das crianças tinha sido influenciada a fazer a acusação pela mãe, que pretendia retirar o filho da instituição.

Leandro Monteiro, natural do Algarve, foi institucionalizado em Chaves um ano e três meses antes da detenção.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “Preso injustamente por 11 meses, jovem pedia 140 mil euros de indemnização. Estado vai pagar 35 mil..”
    Quem deveria pagar a indemnização devia ser o juiz que proferiu a sentença, o contribuinte na pessoa do estado não tem que assumir a irresponsabilidade, incompetência do juiz.

    • 1. Prenderem a mãe (durante 11 meses) que levou a filha a prestar falsas declarações (“…uma das crianças tinha sido influenciada a fazer a acusação pela mãe,…”); 2. a Juíza que decretou a prisão (“A mentira foi descoberta logo no início do processo …”) deve ser alvo de processo disciplinar, registado no seu cadastro, com obrigatoriedade de pagamento da indemnização que vier a ser estipulada.
      Chega de serem sempre os contribuíntes (via Estado) a pagarem a incompetência de quem exerce funções públicas.

RESPONDER

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …

59 autarcas constituídos arguidos na Operação Éter

O Ministério Público constituiu 74 arguidos, 59 dos quais autarcas e ex-autarcas de 47 câmaras do Norte e Centro, no processo da investigação às Lojas Interativas da Turismo do Porto e Norte, realizada no âmbito …