Presidente e dois vereadores de Vieira do Minho acusados de prevaricação e abuso de poder

O Ministério Público (MP) acusou de prevaricação e abuso de poder o presidente da Câmara de Vieira do Minho, António Cardoso, e dois vereadores, todos eleitos pela coligação PSD/CDS, por alegado favorecimento a uma funcionária, irmã de um deles.

Em nota hoje publicada na sua página na internet, a Procuradoria-Geral Distrital do Porto refere que a funcionária também é arguida, acusada dos mesmos crimes. Os vereadores em causa são Paulo Miranda e Afonso Barroso.

De acordo com a matéria que o MP considerou indiciada, a arguida exercia funções de diretora de serviços na Empresa Pública Municipal de Águas, Resíduos e Equipamentos de Vieira do Minho, empresa que foi dissolvida em 2013, numa altura em que a Câmara era liderada pelo PS.

“Face à dissolução, a arguida podia integrar processo de despedimento coletivo, por dissolução da empresa municipal, ou internalizar-se no município por cedência de interesse público, por um ano e até à abertura de procedimento concursal, mas, neste caso, adaptando-se à categoria salarial da Câmara Municipal de Vieira do Minho”, refere a acusação.

Segundo o MP, a arguida “não quis integrar processo de despedimento coletivo e não aceitou, até à data limite de 22 de agosto de 2013, a proposta da Câmara Municipal quanto à cedência de interesse público, por não concordar com a diminuição salarial que esta implicava relativamente ao que auferia na empresa”.

Em setembro de 2013, em virtude das eleições autárquicas, o PS perdeu a Câmara para a coligação PSD/CDS, passando a integrar funções os três arguidos acusados, um como presidente da câmara, os outros dois como vereadores.

A arguida é irmã de Paulo Miranda. Os dois vereadores arguidos eram também administradores da comissão liquidatária da empresa municipal.

Diz o MP que, “aproveitando este quadro”, a arguida, mesmo tendo recusado a internalização na câmara municipal no prazo que tinha para a aceitar, “propôs duas ações administrativas especiais no Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga, uma contra a empresa pública municipal, em liquidação, e outra contra o município, pedindo a celebração de acordo de cedência de interesse público”.

Os arguidos, sustenta a acusação, “optaram por não apresentar qualquer contestação, embora bem cientes da falta de fundamentação legal do que era pedido“.

Pelo contrário, fizeram aprovar, em reunião do executivo camarário, de 2 de abril de 2014, uma transação em que a câmara reconhecia celebrar com a arguida acordo de cedência de interesse público, com efeitos retroativos a 22 de agosto de 2013, para exercer as funções que antes desempenhava na empresa municipal, na categoria e com a remuneração correspondente à sua antiguidade.

Esta transação foi remetida ao processo que corria em tribunal, o qual, por via dela, findou por acordo.

No seguimento da transação, no dia 1 de maio de 2014 foi celebrado acordo de cedência de interesse público entre a câmara municipal, a empresa municipal, em liquidação, e a arguida.

Para o MP, todo este procedimento foi levado a cabo para, “contornando normas legais, beneficiar a arguida, que assim pôde ser internalizada na câmara municipal para além do prazo e auferindo o salário de origem”.

A Lusa contactou o presidente da Câmara, António Cardoso, que se manifestou de consciência tranquila e que admitiu como “mais que provável” o pedido de abertura de instrução.

O autarca escusou-se a quaisquer outros comentários. O processo foi despoletado por uma queixa do PS de Vieira do Minho ao Ministério Público.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Flamengo conquista Supertaça sul-americana. É o quinto título de Jesus no Brasil

O Flamengo, do treinador português Jorge Jesus, conquistou na quarta-feira a Supertaça sul-americana de futebol, ao vencer os equatorianos do Independiente Del Valle por 3-0, no Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro. Depois do empate a …

Descoberto primeiro animal que não precisa de oxigénio para viver

Respirar oxigénio é uma característica fundamental dos animais multicelulares, mas os cientistas acabam de descobrir, pelo menos, um que não precisa de o fazer para sobreviver. É muito provável que tenha aprendido que todos os organismos …

"Marte está vivo". Sonda InSight regista mais de 170 eventos sísmicos no Planeta Vermelho

Resultados dos primeiros dez meses de exploração da sonda InSight da NASA revelaram que o Planeta Vermelho é um mundo com atividade sísmica ativa. "Marte está vivo e a cada diz que passa começo a ter …

Um planeta pode ter sido "roubado" do Sistema Solar

Uma nova análise de astrónomos da Universidade Stony Brook, em Nova Iorque, revelou que as estrelas "roubam" planetas umas às outras - e isso também poderá ter acontecido no nosso próprio Sistema Solar. Quase tudo o …

Netflix passa a mostrar "top 10" diário de séries e filmes

A Netflix disponibiliza, desde esta segunda-feira (24), uma nova feature para os utilizadores do serviço de streaming: uma lista com os 10 filmes e as 10 séries mais vistas no país em cada dia. Esta nova …

A Realidade Virtual pode ser a próxima terapia para tratar pânico, fobias e distúrbios

A Oxford VR, empresa britânica de realidade virtual, acaba de acumular mais de 13 milhões de euros para investir na terapia com a tecnologia do futuro. A companhia surgiu a partir do departamento de psiquiatria da …

Apple não deixa que vilões de filmes usem iPhones

A Apple não deixa que os vilões dos filmes de Hollywood usem os telemóveis iPhone no grande ecrã. Esta é apenas uma das empresas que não permite este tipo de coisa. Os filmes podem ter uma …

O coronavírus pode ser a "doença X" temida pelos especialistas

O coronavírus, que já matou 2.700 pessoas e infetou mais de 80 mil desde dezembro, está a tornar-se "rapidamente" no primeiro grande desafio pandémico do mundo, enquadrando-se nos moldes da "doença X" temida por especialistas. O …

Media Capital passou de lucros a prejuízos de 54,7 milhões

A Media Capital registou prejuízos de 54,7 milhões de euros no ano passado, contra lucros de 21,6 milhões de euros um ano antes, anunciou hoje a dona da TVI, que está em processo de compra …

Camas na classe económica dos aviões podem vir a tornar-se uma realidade

A companhia aérea neozelandesa Air New Zealand está a pensar incluir camas na classe económica de alguns dos seus voos mais longos. A ideia deverá avançar dentro de um ano. A companhia aérea neozelandesa Air New …