Presidente do Irão exige independência à Agência de Energia Atómica

rouhani.ir

O presidente do Irão, Hassan Rohani

O presidente do Irão, Hassan Rohani

O Presidente iraniano, Hassan Rohani, exigiu à Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA) que opere com independência relativamente às potências mundiais, para que se possa resolver “com vontade política” as “ambiguidades pendentes” sobre o programa nuclear de Teerão.

Esse pedido foi feito ao diretor-geral da AIEA, Yukiya Amano, durante o encontro mantido em Teerão, no quadro de uma visita para acelerar a resolução dos assuntos pendentes relacionados com o programa nuclear iraniano, como as eventuais dimensões militares, informa esta sexta-feira a agência oficial iraniana IRNA.

“A AIEA deve desempenhar o seu papel, de um ponto de vista técnico e jurídico, independentemente da visão que os poderes do mundo tenham sobre esta matéria, sobretudo quando as negociações com o Grupo 5+1 (EUA, Rússia, França, Reino Unido, China e Alemanha) se aproximam da fase final”, disse Rohani.

O Presidente iraniano assinalou que Teerão tem mantido uma “cooperação ampla e transparente” com a AIEA e provou aos seus inspetores que as “falsas acusações sobre um desvio das atividades nucleares são infundadas”.

“O Irão, como outros signatários do Protocolo Adicional ao Acordo de Salvaguardas da AIEA, deve estar legitimado para usar todos os seus direitos, e não deve existir qualquer discriminação a esse respeito”, sublinhou Rohani, apontando que sob o chapéu do referido protocolo e das atuais regulações, o Irão “está disposto a alcançar um quadro justo para resolver as questões pendentes” sobre o seu programa nuclear.

O chefe de Estado iraniano manifestou ainda esperança de que o relatório que a AIEA vai publicar na sequência da viagem a Teerão contribua para o caminho bem-sucedido das atuais conversações nucleares entre o Irão e o Grupo 5+1.

A AIEA tenta há 12 anos confirmar, sem êxito, se o Irão tem ou teve um programa militar nuclear clandestino. Além disso, também será responsável por verificar o cumprimento de qualquer acordo alcançado entre o Irão e as grandes potências.

O sistema de inspeções ao qual devem ser submetidas as instalações nucleares iranianas é um dos pontos que impede que se feche um acordo, cujos termos se negoceiam há 20 meses.

Até agora, neste capítulo, o principal problema tem sido a exigência de que o controlo abranja bases militares, o que Teerão rejeita sob o argumento de em causa estão questões de segurança nacional.

O Irão e o Grupo 5+1 acordaram, esta semana, estender o prazo para concluir as negociações sobre o dossiê nuclear iraniano até à próxima terça-feira, dia 7.

A maratona diplomática internacional tem como objetivo assegurar, pelo maior período de tempo possível, que o programa nuclear iraniano tem unicamente fins civis, em troca do levantamento das sanções que estão a bloquear a economia da potência regional xiita de 78 milhões de habitantes.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Autarquias desperdiçaram 128 litros de água por dia em 2018

A Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros encabeça a lista de entidades gestoras que mais água desperdiçam diariamente: 538 litros diários por ramal. Em 2018, a média de perda de água em Portugal continental situou-se nos …

Há mais de 100 mil crianças migrantes detidas nos EUA, garante a ONU

Mais de 100 mil crianças migrantes estarão atualmente em centros de detenção nos Estados Unidos (EUA), disse na segunda-feira um perito independente da Organização das Nações Unidas (ONU), esclarecendo que esta estimativa, que classificou como …

Milhares de manifestantes impedem abertura do parlamento do Líbano

Milhares de manifestantes bloquearam esta terça-feira os acessos ao parlamento do Líbano, obrigando a adiar novamente a análise de várias leis, como a que prevê uma amnistia a quem tem impostos em dívida, contestada por …

Huawei quer implementar 5G no Brasil

O Presidente do Brasil afirmou na segunda-feira que a gigante das telecomunicações chinesa Huawei pretende instalar a tecnologia de quinta geração (5G) no país, mas rejeitou que tenha sido feita uma proposta. O anúncio foi feito …

Benfica lança OPA para controlar SAD. Ações valorizam 70%

As ações da Benfica SAD estavam a valorizar 70%, para os 4,70 euros, um dia depois da Sport Lisboa e Benfica SGPS ter lançado uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre 28,067% do capital da …

Califórnia processa empresa por promover cigarros eletrónicos com sabores para atrair jovens

A Califórnia, nos Estados Unidos (EUA), abriu na segunda-feira um processo contra a Juul, marca líder de cigarros eletrónicos, acusando-a de desenvolver uma estratégia de marketing focada na conquista de menores de idade para adquirir …

Luis Enrique volta a assumir o comando da seleção espanhola

O treinador vai reassumir as funções de selecionador de futebol de Espanha, que deixou para acompanhar a doença da filha, que faleceu em agosto com um cancro ósseo. Luis Enrique, de 49 anos, regressa aos comandos …

Governo suspendeu 18 obras na ferrovia consideradas prioritárias

A Infraestruturas de Portugal (IP) adiou e/ou atrasou ou 18 obras do setor ferroviário que estavam contemplados no programa Ferrovia 2020 e eram consideradas prioritárias. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia …

Suspeito do roubo das pistolas Glock implicou Direcção da PSP (mas nunca foi interrogado sobre isso)

O polícia que está acusado do roubo das pistolas Glock da PSP insinuou, em conversas telefónicas, que haveria chefias da Direcção Nacional desta força policial envolvidas na prática do crime. Apesar disso, nunca terá sido …

O Natal traz emoções fortes. Viva-as intensamente

Quando o tempo frio faz as suas primeiras aparições, quase imediatamente alguém afirma “não tarda nada estamos no Natal”. De facto, a quadra natalícia é o grande prémio de consolação do Inverno: o motivo pelo qual …