Presidente da Quercus foi investigada por fogo posto. Paula Silva diz que foi “um acidente”

Paula Nunes da Silva / Facebook

Paula Nunes da Silva, presidente da Quercus.

A presidente da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza, Paula Nunes da Silva, foi investigada pela Polícia Judiciária, em 2018, pelo crime de incêndio florestal. Em causa está uma queimada num terreno que provocou um incêndio descontrolado.

Paula Nunes da Silva diz que foi “um acidente” em declarações à Sábado que reporta que a presidente da Quercus foi alvo de uma investigação da Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real pelo crime de incêndio florestal.

O incêndio ocorreu em Abril de 2018 num terreno de que Paula Nunes da Silva é proprietária em Alijó, Vila Real.

Foi uma estupidez, mas são coisas que podem acontecer quando se tem terrenos”, salienta a engenheira florestal em declarações à Sábado.

A actual líder da Quercus terá contratado várias pessoas para limpar o terreno, numa zona de pinheiros bravos. O incêndio terá deflagrado no momento em que os trabalhadores fizeram uma queimada para se livrar do mato.

O incêndio descontrolou-se e “destruiu mais de cinco hectares de floresta“, de acordo com a Sábado.

Paula Nunes da Silva assegura que não estava presente no momento da queimada que originou o incêndio, mas admite alguma “negligência”.

Não cheguei a ser acusada e o caso foi prontamente arquivado”, aponta ainda a responsável da Quercus, frisando que até foi “prestar declarações sem advogado”. “Aprendi a lição”, diz ainda.

Antes de assumir a presidência da Quercus em Fevereiro passado, Paula Nunes da Silva estava ligada ao projecto Criar Bosques que actua na área da florestação.

A responsável da Organização Não-Governamental lamenta que a notícia do seu envolvimento no incêndio só surge agora, mais de dois anos depois do fogo, por causa das “ameaças internas” que diz estar a sofrer no seio da Quercus desde que assumiu a presidência.

Paula Nunes da Silva refere à Sábado que tem sido alvo de “ameaças e pressões” desde que tomou a decisão de fazer uma auditoria financeira na Quercus.

Está a decorrer, nesta altura, um inquérito no Ministério Público à gestão de João Branco, ex-presidente da entidade. Em causa estão suspeitas de que usou a Quercus para favorecer empresas “amigas” e de que utilizou dinheiro da associação para fazer compras na Amazon, em agências de viagens e para pagar consultas de podologia, de acordo com uma investigação do programa “Sexta às Nove” da RTP1.

Paula Nunes da Silva não revela os nomes das pessoas que estão, alegadamente, a pressioná-la, mas assegura que está “a tentar arrumar a casa e colocar alguma integridade na Quercus”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Antártida tem quase mais 20% de colónias de pinguins-imperador do que se pensava

Imagens de satélite revelam que há quase mais 20% de colónias de pinguins-imperador na Antártida do que se pensava anteriormente, totalizando 61, divulgou esta quarta-feira a Agência Espacial Europeia (ESA). Dados obtidos por dois satélites europeus …

De taxista a bombeiro. EHang lança drone para combater incêndios em arranha-céus

A chinesa EHang tem concentrado os seus esforços em serviços de táxi ou turismo aéreo. Agora, a empresa de mobilidade quer provar a versatilidade da sua plataforma de veículos autónomos com o lançamento de uma …

Netflix lidera mercado de streaming em Portugal e ranking do IMDb

A Netflix junta, neste momento, o melhor de dois mundos. Tem um catálogo maior, e por isso com mais produções bem cotadas no IMDb, e é também o serviço de streaming com maior número de …

"Estou cansada de ter medo". Candidata da oposição faz tremer presidenciais na Bielorrússia

Na Bielorrússia, Svetlana Tikhanovskaya, candidata da oposição de apenas 37 anos, está a fazer frente ao mais antigo líder da europa, na corrida as eleições presidenciais. Tikhanovskaya mantém-se firme na luta pelo poder contra o presidente …

Fauci revela que recebeu ameaças de morte e que as suas filhas foram assediadas

Anthony Fauci, um dos principais peritos em doenças infecciosas da Casa Branca, revelou esta quarta-feira que recebeu ameaças de morte e que as suas filhas foram assediadas por causa das suas declarações sobre a covid-19. "Receber …

Califórnia já tem uma estrada pavimentada com plástico

O que parece uma estrada comum é agora a mais recente novidade na cidade de Oroville, na Califórnia. A nova construção junta uma tecnologia que mistura garrafas de plástico com asfalto. Por cada quilómetro de …

Mais de mil operacionais combatem cinco grandes fogos em Portugal

Mais de 1100 operacionais e 16 meios aéreos estão a combater, esta quinta-feira, os cinco maiores incêndios rurais em território continental, concentrados sobretudo na região Centro, de acordo com dados da Proteção Civil. Segundo o site …

Coca-Cola financiou estudos científicos que minimizaram o papel das bebidas açucaradas na obesidade, revela investigação

A Coca-Cola terá financiado com milhões de dólares vários estudos científicos que minimizaram o impacto das bebidas açucaradas na obesidade. A conclusão é de uma investigação publicada na revista médica Public Health Nutrition, que conta …

André Ventura vai pedir suspensão temporária do mandato no Parlamento

O deputado do Chega vai pedir, em setembro, a suspensão do mandato parlamentar até fevereiro do próximo ano para se dedicar às campanhas eleitorais da região dos Açores e das Presidenciais. Em declarações à agência Lusa, …

Governo abre concursos para 800 novos técnicos especializados nas escolas

As escolas vão poder contratar mais de 800 novos técnicos especializados, um reforço de recursos humanos "englobado nas medidas excecionais de organização e funcionamento das escolas para o próximo ano letivo". "As escolas vão poder contratar …