The Climate Store. Os preços desta loja sueca variam conforme a pegada ecológica

FrutaFeia / Facebook

Os rótulos dos alimentos já indicam o quão bom ou mau um produto é para a nossa saúde, mas e o planeta? Um número crescente de marcas está agora a rotular os seus produtos para mostrar o seu impacto no clima.

A marca sueca de alimentos Felix inaugurou recentemente a The Climate Store em Estocolmo, uma mercearia, que esteve aberta durante apenas dois dias, onde os preços são estipulados de acordo com a pegada de carbono.

De acordo com a CNN, os produtos são comprados com uma moeda equivalente ao dióxido de carbono. O objetivo é mostrar aos clientes o impacto ecológico das suas compras.

O Veg News revela que, a cada cliente, foi atribuído um orçamento semanal de 18,9 kg CO2e, numa tentativa de fazer os compradores terem cuidado e consciência das opções com pegadas de carbono mais elevadas e, assim, evitar ultrapassar o orçamento.

A rotulagem dos produtos destaca o verdadeiro impacto da produção de alimentos no clima e cria distinções entre a pegada ambiental de alimentos de origem vegetal (baixo impacto) e produtos de origem animal (alto impacto).

“Vai ser emocionante observar o modo como os clientes reagem à negociação e troca de CO2e e ver como conseguem gerir e manter o seu orçamento semanal”, disse Thomas Sjöberg, o gerente de marketing da Felix, em declarações ao site. “Penso que será um abrir de olhos para muitos. Dessa forma, podem avaliar como certas escolhas afetam aquilo que podem pagar e levar no mesmo saco de compras.”

Apesar de a loja-pop ter sido uma iniciativa de curta duração para aumentar a consciencialização da população, a empresa passou a listar, no site, as emissões de gases de efeito estufa associadas a todos os seus alimentos – desde o cultivo dos ingredientes até ao produto acabado.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

“Nenhum país está preparado para um evento da magnitude de Pedrógão Grande", diz Comissão Técnica Independente

O engenheiro António Salgueiro, da Comissão Técnica Independente (CTI) que avaliou os incêndios na Região Centro em junho de 2017, afirmou esta terça-feira que nenhum país está preparado para a magnitude do fogo de Pedrógão …

Escócia também adia desconfinamento para julho

A Escócia também decidiu adiar o desconfinamento por várias semanas, tal como Inglaterra, devido ao agravamento da pandemia no Reino Unido, que registou 27 mortes e 11.625 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas. Inicialmente …

Países do Golfo continuarão dependentes do petróleo por mais uma década

Um estudo da agência de notação financeira Moody's revelou que os países exportadores de petróleo do Golfo vão continuar dependentes da produção de hidrocarbonetos pelo menos na próxima década. Segundo o estudo, citado pela agência Reuters, …

PSP do Porto reforça policiamento no São João e apela ao cumprimento das regras

A PSP do Porto garantiu, esta terça-feira, que vai reforçar o policiamento na noite de São João, de quarta para quinta-feira, e apela ao cumprimento das regras atendendo ao contexto atual da pandemia de covid-19. “Solicita-se …

UE garante compra de mais 150 milhões de doses da vacina da Moderna

A Comissão Europeia aprovou esta terça-feira a alteração ao segundo contrato com a farmacêutica Moderna para a ativação, em nome de todos os Estados-membros da União Europeia (UE), de 150 milhões de doses adicionais em …

Lisboa sobe mais de 20 lugares no ranking. É a 83.ª cidade mais cara do mundo

Lisboa é a 83.ª cidade mais cara do mundo em termos de custo de vida, subindo 23 posições no ranking em relação ao ano passado, num estudo da Mercer divulgado esta terça-feira, que é liderado …

Governo espanhol aprova indultos a nove líderes independentistas catalães na prisão

O governo espanhol aprovou esta terça-feira a concessão de indultos a nove líderes independentistas catalães a cumprir penas de prisão pelo seu envolvimento na tentativa de autodeterminação daquela região espanhola em 2017, anunciou o primeiro-ministro …

Direitos humanos. Confronto entre China e Canadá na ONU

O Canadá denunciou esta terça-feira na ONU, em nome de cerca de 40 países, a situação dos direitos humanos na província chinesa de Xinjiang e em Hong Kong, pedindo a Pequim uma investigação às violações …

Ministra da Saúde afasta limitação de visitas. Mas Associação de lares defende regresso da proibição

A ministra da Saúde, Marta Temido, afirmou esta terça-feira que não há necessidade de voltar a limitar as visitas a lares de idosos, advogando que as pessoas vacinadas contagiadas com o novo coronavírus desenvolvem “uma …

Tripulantes da TAP queixam-se de "extrema violência psicológica" e escrevem carta ao ministro

Um grupo de tripulantes de cabine da TAP escreveu uma carta a Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, na qual dizem temer que o processo de despedimento coletivo avance em julho e que já saíram …