Do preço de Paulinho ao salário de Varandas. Sporting coloca os pontos nos is

O Relatório e Contas da SAD do Sporting foi aprovado, nesta quinta-feira de madrugada, em Assembleia Geral (AG), com um prejuízo de quase 33 milhões de euros. Mas, após vários temas abordados na AG, o Sporting vem colocar os pontos nos is, esclarecendo os salários e prémios da administração e o preço de Paulinho.

O Sporting aprovou, em AG, o Relatório e Contas relativo ao período entre 1 de Julho de 2020 e 30 de Junho de 2021, com um resultado líquido negativo de 32,96 milhões de euros. Uma aprovação por maioria, com 627.716 votos a favor, 273 contra e 22 abstenções.

Mas a AG ficou marcada pela discussão de vários tópicos, entre os quais o preço da contratação de Paulinho ao Sporting de Braga. Um dos presentes na AG avançou que o passe do jogador teria custado à SAD 22,9 milhões de euros e não os 16 milhões anunciados por 70% do passe.

Em resposta a essa ideia, a Sporting SAD lamenta, num comunicado, o que define como “mais um episódio de uma deplorável campanha centrada” em Paulinho, “atribuindo-se agora valores irreais e especulativos, sem qualquer base, à sua contratação”.

Essa contratação “foi comunicada com transparência à CMVM e relatada com rigor no Relatório & Contas da Sporting SAD”, vinca ainda o documento sem se referir em concreto aos valores.

A terminar o comunicado, o Sporting apela ainda à comunicação social para que “preste atenção a fontes fidedignas apenas e não a vozes pouco informadas e pouco esclarecidas de quem busca apenas palco a todo o custo e sem especiais preocupações de rigor”.

Salários dos administradores não serão aumentados

Neste comunicado, a SAD leonina ainda aborda os salários e prémios dos administradores após algumas notícias que surgiram sobre o assunto.

“Não foi proposto, nem muito menos aprovado, qualquer aumento da remuneração dos membros do Conselho de Administração da Sporting SAD”, vinca a Sporting SAD.

“O limite máximo da remuneração fixa mantém-se inalterado desde 2018 e, por outro lado, a remuneração efectiva de todos e de cada um dos membros do Conselho de Administração da Sporting SAD fica – como tem ficado sempre – muito aquém desse limite máximo, o que equivale a dizer que essas remunerações nem sequer atingem o limite validado em sucessivas AG”, realça também o comunicado.

A Sporting SAD acrescenta que “o Conselho de Administração prescindiu, mais uma vez, como em todos os anos anteriores, do aumento a que teria direito por proposta da Comissão de Accionistas e deliberação da AG”, em função do “sucesso desportivo da última época”.

O modelo de remuneração aprovado “assenta nas mesmas bases desde 2018, prevendo uma remuneração fixa e uma remuneração variável” que é “calculada com base em objectivos desportivos e financeiros e é limitada, até ao corrente exercício, a 50% da remuneração fixa”, explica a SAD.

“A partir do próximo exercício esse limite passa para 75%“, mas “a existência ou não de uma tal remuneração no próximo exercício só será apreciada e votada em 2022”, salienta ainda a sociedade.

Varandas ganha menos do que os rivais

Além disso, a Sporting SAD ainda nota que “o valor das remunerações praticado” na sociedade é “substancialmente inferior ao das principais SADs rivais“.

“O total das remunerações fixas da Sporting SAD é de 75% de uma dessas SADs e – sublinhe-se – de apenas 24% da outra SAD”, aponta o comunicado de Alvalade.

E mesmo com os prémios por desempenho aos administradores, o valor pago pela Sporting SAD seria “inferior aos das principais SADs rivais: 96% de uma e 36% de outra”.

O comunicado ainda esclarece que o salário fixo de Frederico Varandas, enquanto presidente do Conselho de Administração da Sporting SAD, é “equivalente a 40% da remuneração fixa do CEO de uma das SADs rivais e 23% da remuneração do presidente da outra SAD”.

Com os prémios, “esses valores alteram para 49% e 34%”, assegura ainda a Sporting SAD.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Costa está muito empenhado num acordo pelo OE, mas não "a qualquer preço"

O primeiro-ministro disse, esta sexta-feira, que o Governo vai fazer tudo ao seu alcance para chegar a um acordo sobre o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), mas advertiu que "um acordo não se obtém …

Evergrande escapa por um triz ao default e garante o pagamento de juros de 71.7 milhões de euros

A gigante imobiliária chinesa conseguiu cumprir com o pagamento dos juros no limiar do fim da extensão do prazo. No entanto, persistem os receios sobre a possibilidade da crise na China contagiar a economia mundial. A …

Pessoas a andar na rua em Viena, Áustria

Em caso de apagão geral, Áustria é o primeiro país europeu a ter um Plano B(lackout)

E se houvesse um apagão que afetasse todo o continente europeu? O cenário é o argumento que o Ministério da Defesa austríaco tem usado para enviar um aviso à população desde o início deste mês. A …

Só um terço das empresas em Portugal têm gestores com um curso superior

O estudo da Fundação Francisco Manuel dos Santos refere que este valor é negativo para o país já que a formação superior dos gestores está associada à produtividade e há maior probabilidade da empresa começar …

Governo avança com desconto de 10 cêntimos por litro nos combustíveis para as famílias

O Governo vai criar um desconto de dez cêntimos por litro nos combustíveis para todas as famílias, até 50 litros por mês. Uma medida que estará em vigor entre novembro deste ano e março do …

Inês Sousa Real, porta-voz do PAN

PAN já enviou memorando de entendimento ao Governo

O partido Pessoas–Animais–Natureza enviou ao Governo, esta sexta-feira, o memorando de entendimento com cerca de 60 propostas, no âmbito do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). "O PAN fez chegar ao Governo um memorando do qual …

Alterações ao Orçamento de 2021 custaram, afinal, muito mais do que o estimado pelo Governo

Apenas duas das 291 medidas adicionadas representaram um impacto anual de 88 milhões de euros, com o Governo a calcular, durante a especialidade, que a totalidade custaria 3,2 milhões de euros. As alterações feitas ao Orçamento …

Entre a pandemia e os preços da energia, Marcelo alerta que chumbo do OE criaria "mais um problema"

O Presidente da República reiterou, esta sexta-feira, que deseja evitar uma crise política criada por um eventual chumbo do Orçamento de Estado, porque "só juntaria um problema" à pandemia e à subida dos preços dos …

França dá a partir de dezembro "cheque-combustível" de 100 euros

França vai dar a partir de dezembro um “cheque-combustível” único de 100 euros a cerca de 36 milhões de condutores que ganham menos de 2.000 euros por mês devido à escalada dos preços do gasóleo …

Parlamento aprova extinção do SEF

A extinção do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) foi aprovada na Assembleia da República, esta sexta-feira, com os votos a favor do PS, BE e da deputada não-inscrita Joacine Katar Moreira. O texto final apresentado …