Pós-troika, swap e irrevogável entre as dez finalistas a “Palavra do ano 2013”

sxc

foto: sxc

foto: sxc

Uma editora seleccionou dez palavras como as mais marcantes deste ano, entre as quais “grandolada”, “inconstitucional”, “irrevogável”, “papa”, “pós-troika” e “swap”, e vai colocá-las à escolha dos portugueses, a partir de hoje, para eleição da “Palavra do ano”.

A iniciativa é da Porto Editora, que tem uma componente histórica de especialização na área dos dicionários e da lexografia, tendo a escolha das dez palavras resultado do trabalho de “acompanhamento e análise da realidade da língua portuguesa”, feita pelos seus especialistas, explicou à Lusa fonte do grupo editorial.

As dez palavras finalistas de 2013 são: “bombeiro“, “coadoção“, “corrida“, “grandolada“, “inconstitucional“, “irrevogável“, “papa“, “piropo“, “pós-troika” e “swap“.

A escolha foi feita “com base em critérios de frequência de uso e de relevância assumida, quer através dos meios de comunicação social e das redes sociais, quer da utilização dos dicionários da Porto Editora nas suas versões online e mobile”, disse a mesma fonte.

A escolha da “palavra do ano” pode ser feita a partir de hoje, no site da Porto Editora, e até ao dia 31, comprometendo-se a editora a fazer “o ponto de situação da votação” todas as sextas-feiras. A palavra vencedora será conhecida na primeira semana de Janeiro.

No ano passado a palavra vencedora foi “entroikado“, que sucedeu a “austeriadade“, eleita em 2011.

Relativamente à lista das dez palavras, a mesma fonte explicou que “não podia fazer parte nenhuma palavra que tivesse sido seleccionada nos anos anteriores”.

A escolha da palavra “bombeiro” deve-se ao facto de, “neste verão, os bombeiros portugueses terem demonstrado uma enorme coragem no combate aos violentos incêndios que destruíram florestas e roubaram vidas”, explicou a mesma fonte.

“O projecto-lei que possibilita a coadoção por casais do mesmo sexo, apesar de adiado, tem sido alvo de discussão há vários meses”, daí a escolha do termo “coadoção”.

“As corridas entraram na rotina de cada vez mais portugueses, que participam em número crescente nas muitas provas que são organizadas por todo o país”, daí a escolha do vocábulo “corrida”.

“‘Grandolada‘ surgiu como uma acção de protesto contra a austeridade e o Governo, e afirmou-se como tal pela sua originalidade”, enquanto “os sucessivos chumbos do Tribunal Constitucional a várias medidas apresentadas pelo executivo em funções incrementou a frequência do uso da palavra ‘inconstitucionalidade'”.

Irrevogável“, foi como o então ministro dos Negócios Estrangeiros Paulo Portas “definiu a sua demissão que, no entanto, não se concretizou”, sendo actualmente vice-primeiro-ministro.

O cardeal Jorge Bergoglio, em Fevereiro passado, foi o primeiro latino-americano da história da Igreja Católica eleito papa, e daí a escolha da palavra, acrescentando a mesma fonte que “os primeiros meses de papado de Francisco têm surpreendido” e dado que falar.

Quanto à escolha de “piropo“, o ato é visto por alguns como galanteio e é entendido por outros como assédio verbal, “um tema que foi debatido por vários sectores da sociedade”.

“Com o fim do programa de intervenção previsto para meados de 2014, a grande preocupação da generalidade dos portugueses é o que se passará a seguir” e, por isso, “tanto se falar do pós-troika“, a nona palavra escolhida.

Quanto à selecção de “swap“, “apesar de ser uma palavra estrangeira e da sua especificidade, o vocábulo entrou nas conversas dos portugueses por causa das notícias sobre esse tipo de contratos”, justificou a mesma fonte.

Em 2009, quando se realizou pela primeira vez esta iniciativa, a “palavra do ano” foi “esmiuçar“. Em 2010, ano do campeonato do mundo de futebol na África do Sul, foi “vuvuzela“, em 2011, “austeridade“, que levou a melhor a “esperança“, classificada em segundo lugar, e, em 2012, “entroikado“, que recolheu 32% dos votos dos cibernautas.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Escolhas "unilaterais" agitam PSD. Castelo Branco acusa direção nacional de desrespeitar estatutos

A concelhia do PSD de Castelo Branco acusou esta segunda-feira a direção nacional do partido de desrespeitar os estatutos, ao escolher “unilateralmente e discricionariamente” o nome de João Belém para candidato àquele município, contra a …

Ivo Rosa indigna colegas ao revogar decisões tomadas por tribunais superiores

Ivo Rosa, juiz de instrução da Operação Marquês, revogou decisões tomadas por tribunais superiores, o que resultou numa onda de indignação dos seus colegas e do Conselho Superior da Magistratura. Na decisão que deixou cair 25 …

Marques Mendes diz que Ivo Rosa "é um perigo à solta". Governo deve avançar para confinamentos locais

No habitual espaço de comentário na SIC, Luís Marques Mendes teceu duras críticas à decisão do juiz de instrução Ivo Rosa, no âmbito da Operação Marquês. Sobre a atual situação epidemiológica, o antigo líder do …

“É como ser queimado com ácido quente“. Planta venenosa australiana causa dores que podem durar anos

Os "cabelos" da planta gympie-gympie causam uma picada tão tóxica que a dor pode durar anos. Esta pode ser encontrada nas florestas australianas. A gympie-gympie, ou dendrocnide moroides, é um tipo de arbusto que recebe o …

Líder da CSU quer cadeira de Merkel (e vai disputar corrida com líder da CDU)

Se a aliança democrata-cristã CDU/CSU vencer nas eleições legislativas de setembro, o próximo chanceler alemão será um homem: o líder da CDU Armin Laschet ou o homólogo da CSU, Markus Soeder. O líder da CSU, Markus …

Irão acusa Israel de ataque a central nuclear e promete "vingança"

O Irão acusou Israel de responsabilidade num ataque que atingiu, este domingo, a instalação de enriquecimento de urânio de Natanz, deixando entender que se registaram danos nas centrifugadoras, e prometendo "vingança". "Com esta ação, o regime …

Abel Ferreira expulso e Palmeiras perde Supertaça para o Flamengo

O Flamengo bateu o Palmeiras nos penáltis, este domingo, depois de um empate 2-2 no tempo regulamentar, na final da Supertaça do Brasil, na qual o treinador português acabou expulso por protestos. O médio Raphael Veiga, …

Centeno quer que BdP possa vender bancos sem aval da Autoridade da Concorrência. Regulador está contra

As novas regras da banca preveem que o Banco de Portugal (BdP) possa alienar total ou parcialmente um banco a outra instituição sem ter de esperar pela decisão da Autoridade da Concorrência. Porém, o regulador …

Ruben Amorim falou do "campeonato cheio de artistas", mas fintou arbitragem após novo empate

O Sporting empatou o segundo jogo consecutivo e Ruben Amorim acabou expulso já depois do apito final no jogo com o Famalicão (1-1). Fintando o tema da arbitragem, o treinador dos leões falou de um …

"Só amamos as batalhas difíceis." Sócrates culpa silêncio da esquerda pela ascensão da extrema-direita

"Passei sete anos a defender-me da mentira da fortuna escondida e no final ouço, pela primeira vez, que há indícios de um crime que já prescreveu." José Sócrates escreveu um artigo de opinião, no jornal …