//

Com uma nova subida de preços na segunda-feira, portugueses correm às bombas

Com o anúncio do Governo da redução do ISP, e um possível aumento do preço dos combustíveis já na próxima semana, os portugueses estão a aproveitar o fim-de-semana para abastecer.

Na sexta-feira, o Governo anunciou a redução do Imposto sobre Produtos Petrolíferos (ISP), medida que entrou em vigor este sábado, que vigora até 31 de janeiro e que, na prática, se traduz numa descida de dois cêntimos no ISP da gasolina e um cêntimo no do do gasóleo.

No entanto, já há uma nova subida de preços prevista para esta segunda-feira. Segundo a SIC Notícias, o gasóleo e a gasolina devem subir até dois cêntimos por litro, por isso, muitos portugueses estão a aproveitar o fim-de-semana para encher o depósito (ou parte dele).

“Vim pôr alguma gasolina, abastecer não porque é muito dinheiro e nós temos de nos reger com aquilo que temos”, explicou um cidadão ao canal televisivo.

“Isto é um roubo. O que o Estado nos está a fazer é um roubo. (…) Tinha meio depósito e então vim pôr o resto precisamente por causa disso. Tem de ser”, disse outro dos entrevistados.

De acordo com o mesmo canal, há vários setores preocupados com a escalada dos combustíveis e muitos começam a deixar alertas de um eventual aumento dos seus preços, como é o caso dos taxistas.

“A continuar assim, naturalmente muitos dos nossos empresários vão declarar falência, vão encostar o carro”, afirmou à SIC Carlos Ramos, presidente da Federação Portuguesa de Táxis, revelando que já está a ser discutido um aumento das tarifas.

No caso dos que vivem perto da fronteira, a solução passa por ir a Espanha abastecer. Segundo a RTP, em Feces de Abaixo, em Verín (Ourense), 90% dos clientes já são portugueses.

Ao canal público, estes cidadãos dizem que, no final, encher um depósito no país vizinho pode levar a uma poupança de 20 euros.

No espaço de um ano, a gasolina e o gasóleo em território nacional já subiram quase 40 vezes. Portugal tem atualmente a sexta gasolina mais cara da União Europeia e ocupa a sétima posição no que toca ao diesel.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.