Portugal vs Irão | Apuramento arrancado a ferros

Portugal garantiu a passagem aos oitavos-de-final do Mundial 2018, onde vai defrontar o Uruguai, vencedor do Grupo A, no próximo sábado, às 19h00.

Os campeões da Europa, porém, tiveram de sofrer bastante para garantir a passagem e não foram além de um empate 1-1 com o Irão, com o golo da equipa de Carlos Queiroz a aparecer apenas nos descontos, e de grande penalidade.

Pelo meio, realce para um penálti desperdiçado por Cristiano Ronaldo, que ficou assim em branco nesta partida.  O domínio português foi intenso, mas não o suficiente para ser efectivo na frente e somar os três pontos.

O Jogo explicado em Números

  • Portugal pegou de imediato no jogo, em busca de criar situações de perigo. O Irão apresentou-se um pouco mais adiantado do que o fez nos jogos anteriores, o que dava mais espaço de manobra à formação lusa. Nos primeiros dez minutos, Portugal registava 75% de posse de bola e dois remates, apenas um enquadrado, realizado por Cristiano Ronaldo.
  • A pressão ofensiva lusa era intensa, com cinco remates registados aos 20 minutos, mas a fraca pontaria continuava. Melhor estava Portugal no passe, com 89% de eficácia nesta fase. O guarda-redes iraniano, Alireza Beiranvand, mostrava-se muito inseguro nas saídas, mas registava a única defesa no encontro, o tal remate perigoso de Ronaldo.
  • A meia-hora chegou sem golos, com Portugal a registar 80% de posse e a realizar 56% dos seus ataques pelo lado esquerdo. As intenções ofensivas portuguesas também se notavam pela quantidade de cantos, com cinco por esta altura, contra nenhum dos iranianos.
  • Até que, aos 45 minutos, aconteceu a arte de Quaresma. Num ataque pela direita, o “Mustang” combinou com Adrien Silva e, à entrada da área, rematou de “trivela” para um golo de bandeira.
  • Ao intervalo, jogo complicado para Portugal, perante um Irão a ocupar bem os espaços, mas sem descurar o ataque, colocando 12 vezes a bola na área de Rui Patrício, contra as 17 que os campeões da Europa lançaram na área contrária.
  • Ainda assim, Portugal, com 75% de posse de bola, dominou por completo, registando também nove remates, três deles enquadrados, 90% de eficácia de passe e cinco cantos contra nenhum da equipa de Carlos Queiroz. O melhor em campo nesta fase era Ricardo Quaresma, com um GoalPoint Rating de 6.5, pelo golo extraordinário que marcou, 94% de eficácia de passe.
  • Jogo muito movimentado logo no arranque do segundo tempo, com o árbitro a assinalar grande penalidade para Portugal, por falta de Saeid Ezatolahi sobre Cristiano Ronaldo na grande área. No entanto, passava o minuto 53, o capitão luso permitiu a defesa a Beiranvand.
  • Portugal continuava a dominar, com 73% de posse por volta dos 70 minutos, e três remates, um enquadrado. O Irão, por seu turno, não registava qualquer remate desde os 34 minutos, muito por culpa da boa prestação de Pepe. O defesa-central registava, nesta fase, um rating de 6.5, sendo o melhor português, com um registo de cinco duelos aéreos ganhos em nove e oito acções defensivas, inclusive um corte decisivo.
  • A equipa das “quinas” continuava a dominar, mas pairava a ideia de que não tinha o controlo do jogo. Perto do fim, a equipa nacional permitira apenas um remate ao seu adversário, e sem a melhor direcção. Mas ao segundo, já nos descontos da partida, o Irão empatou.
  • O árbitro assinalou penálti, por mão de Cédric na área, e Karim Ansarifard não desperdiçou. E aos 94, Mehdi Taremi teve nos pés a vitória iraniana, mas atirou às malhas laterais. Era tarde demais para os iranianos.

O Homem do Jogo

Perante o domínio de Portugal, a superior quantidade de remates e o penálti de Cristiano Ronaldo defendido na segunda parte, o melhor em campo acabou por ser o guarda-redes Alireza Beiranvand.

Apesar de ter começado algo intranquilo nas saídas, o guardião melhorou, ganhou confiança e terminou com três defesas, uma delas a tal grande penalidade. Algo que lhe garantiu um GoalPoint Rating de 7.0.

O melhor português foi Pepe, imperial nos duelos aéreos – seis ganhos em 12 – e 11 acções defensivas. Foi um verdadeiro esteio, terminando com um rating de 6.3.

Jogadores em foco

  • Cristiano Ronaldo 6.1 – Consegue terminar acima dos seis pontos de rating, mesmo falhando a grande penalidade que o levaria ao mesmo número de golos neste Mundial que Messi soma em três torneios. Sinal de que continua a ser a referência maior (única?) no ataque português, com uma participação no jogo bem superior ao que nos foi habituando nas últimas épocas em Madrid. Não só foi o mais rematador (5), ainda que sem pontaria, como brilhou em algo que também é raro: quatro dribles eficazes em sete tentativas.
  • José Fonte 6.2 – Não ficou longe de Pepe, no esforço de garantir em vão a “folha limpa” para Patrício. Ganhou os sete duelos aéreos defensivos que travou e terminou com 89 acções com bola.
  • Ricardo Quaresma 6.0 – Sacrificado durante a segunda parte acabou por ser decisivo, fruto do grande golo que marcou. Acabou por falhar noutros capítulos que provavelmente motivaram Fernando Santos a retirá-lo de campo, como falhar os sete cruzamentos de bola corrida que efectuou e perder a posse em 20 ocasiões.
  • Adrien 5.5 – Assistiu o golo e fez um jogo com números exuberantes, sendo quando caiu que Portugal acabou por mais sofrer. Terminou com 100 passes certos em 107 tentativas mas perdeu a posse em 12 ocasiões e consentiu três dribles.
  • Jogador 5.4 – Terminou melhor o jogo do que o começou mas está claramente longe do seu melhor. Recuperou a posse 9 vezes mas perdeu-a em 14 ocasiões, somando apenas um desarme e uma intercepção. Acertou 85% dos seus passes. Já o vimos fazer bem mais.

Resumo

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Responder a ah Cancelar resposta

"Os números falam por si". Fauci critica reação dos Estados Unidos à pandemia e politização das máscaras

O principal epidemiologista norte-americano, Anthony Fauci, criticou a política errática do Governo do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em relação à covid-19, e lamentou o escasso uso de máscaras devido a motivações políticas. Durante uma …

Turistas podem circular entre concelhos apesar das restrições

Apenas os turistas estão autorizados a circular entre concelhos, apesar das restrições que vigoram entre 30 de outubro e 3 de novembro, indicou a AHRESP, citando um esclarecimento do Executivo. Segundo o esclarecimento enviado pelo gabinete …

É preciso esforço grande agora para salvar o Natal, alerta Santos Silva

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse esta quarta-feira ser necessário “um esforço muito grande” para travar a propagação do coronavírus ” para salvar o Natal” das famílias dos cerca de 5 milhões …

"É uma treta". Ronaldo publica (e depois apaga) crítica a teste à covid-19

O futebolista Cristiano Ronaldo, capitão da seleção portuguesa, modificou a publicação efetuada esta quinta-feira no Instagram, tendo retirado a frase “PCR é uma treta”, em referência ao teste de despiste à presença do novo coronavírus. Um …

PSD confiante em geringonça, mas Ventura lembra que não tem "duas caras". Carlos César quer PS no poder

Com a solução governativa dos Açores em aberto, André Ventura já disse que está fora de questão integrar uma geringonça com "partidos do sistema", mas admite viabilizar um Governo do PSD na região com algumas …

Lage rasga elogios a João Félix. "Vai ser uma das referências do futebol europeu e mundial"

O antigo técnico do Benfica Bruno Lage teceu rasgados elogios ao internacional português João Félix, que esta terça-feira somou dois golos e fez uma boa exibição no jogo do Atlético de Madrid frente ao RB …

"Sentimo-nos em Itália". Médicos do Tâmega e Sousa contradizem hospital e reiteram situação de rutura

Médicos do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) ouvidos pelo semanário Expresso reiteram que os hospitais que integram o centro, o de Penafiel e o de Amarante, se encontram perto da rutura, contradizendo a …

Vieira reeleito em votação histórica para o sexto (e último) mandato

O presidente do Benfica esta quarta-feira eleito para um sexto mandato, manifestou "orgulho" por vencer o ato eleitoral mais concorrido da história do clube e apelou a que os benfiquistas "respeitem os resultados" do escrutínio. "Vencer …

Bélgica anuncia confinamento parcial. Ministro visita hospital e mostra-se "chocado" com o que viu

O chefe do governo federal na Bélgica anunciou ontem novas medidas de confinamento que entraram em vigor à meia-noite em todo o território. Em causa está uma crescente preocupação com o aumento de infetados que, …

O caso mais antigo de osteopetrose foi descoberto no esqueleto de um homem da Idade do Ferro

Uma equipa de cientistas alemães descobriu o caso mais antigo conhecido de osteopetrose, ou doença dos "ossos da pedra", nos restos mortais de um homem de 20 anos da Idade do Ferro. A osteopetrose é uma …