Portugal está “a viver de água que não tem”

A Associação Natureza Portugal, representante do Fundo Mundial para a Natureza (ANP/WWF), alertou que o país “está a viver além da água que tem” e apresenta recomendações aos políticos, empresas e cidadãos para inverter a situação.

Num comunicado divulgado esta quarta-feira, por ocasião do Dia Mundial da Biodiversidade, a ANP/WWF recomenda a conservação e reabilitação dos ecossistemas aquáticos saudáveis, o não financiamento de novos regadios em zonas de escassez e sempre que não se garantam sistemas de uso eficiente da água e pela redução da procura através do aumento de eficiência de utilização nos diferentes setores.

Sublinhando que Portugal se encontra “parcialmente em situação de seca, devido a anos pouco chuvosos cujos efeitos são agravados pelas alterações climáticas”, as empresas são aconselhadas a participar em projetos e iniciativas de pagamento de serviços dos ecossistemas (nomeadamente fluviais).

Além disso, são também convidadas a integrar a gestão da água na sua cadeia de valor, bem como assumir o risco hídrico da atividade e as responsabilidades sobre o uso da água nos planos social e ambiental.

Os cidadãos são aconselhados a reduzir os consumos domésticos em permanência (apostando em equipamentos mais eficientes, utilizações mais curtas da torneira, menor desperdício), a optarem por consumos de reduzida pegada hídrica (na alimentação, no vestuário, no lazer) e a participarem civicamente, de forma ativa, denunciando irregularidades na gestão local da água e pressionando as autoridades para a adoção duma gestão preventiva e para o cumprimento dos princípios e objetivos da Diretiva-Quadro da Água.

Cidadãos, empresas, agentes do setor agrícola e Estado devem comprometer-se com o uso sustentável da água, num país que é parcialmente afetado por escassez hídrica e onde se prevê um agravamento desta condição no futuro próximo. A mitigação dos impactos das secas e da escassez hídrica em Portugal combate-se através de medidas responsáveis em toda a cadeia de utilização da água”, afirma na nota Afonso do Ó, especialista em Água e Alimentação na ANP/WWF.

Para o técnico, em Portugal “continuamente se confunde ‘seca’ com ‘escassez’ e as decisões governativas que têm sido tomadas são a prova disso, repetindo ano após ano as mesmas medidas de reação aos impactos da seca, quando deveriam estar a ser implementadas medidas de prevenção. Para além disso, há um problema estrutural que é necessário abordar em Portugal: o abuso da água na agricultura”.

No contexto mediterrânico em que Portugal se insere tem ocorrido uma sequência de anos pouco chuvosos, resultando numa situação intermitente mas prolongada de seca em grande parte do território nacional, que pode vir a ser desastrosa para pessoas e atividades, dado o atual panorama climático de alargamento da estação seca e aumento global de temperatura, adianta a associação.

Atualmente, em Portugal, a situação de seca verifica-se mais no sul – Alentejo e Algarve – com impactos significativos ao nível da perda de rendimentos nas colheitas de outono/inverno e pastagens, dificuldades na alimentação de gado, e uma quebra prevista de 10% na área de cultivo de arroz, explica a ANP/WWF, acrescentando que “algumas das medidas já tomadas para mitigar os efeitos da seca também têm impactos económicos”.

“A água é a base de toda a vida; sem este recurso, não é possível a sobrevivência da biodiversidade que ainda existe no nosso planeta e no nosso país – e por consequência, a nossa própria sobrevivência”, disse Ângela Morgado, diretora executiva da ANP|WWF.

A responsável relembrou ainda que “dados do Relatório Planeta Vivo 2018, da WWF, mostram que as populações de espécies de água doce sofreram o declínio mais acentuado de todos os vertebrados nos últimos 50 anos, caindo em média 83% desde 1970”.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Bloco apoia travão ao desconfinamento na região de Lisboa

O Bloco de Esquerda apoiou o adiamento do levantamento de restrições impostas pela pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, destacando que é importante aumentar a vigilância nas empresas de construção e trabalho …

Descoberto "cemitério" de mamutes nos arredores da Cidade do México

Investigadores descobriram um "cemitério" com cerca de 60 mamutes nos arredores da Cidade do México, avança o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do país. De acordo com o site Live Science, a descoberta aconteceu, …

David Luiz confirma rumores. Regresso "vai acontecer se o presidente permitir e os adeptos quiserem"

David Luiz confirmou este sábado os rumores que davam conta que o Benfica e o jogador estavam a negociar um eventual regresso do brasileiro à Luz. Em entrevista ao desportivo Record, David Luiz confirmou a …

Cães treinados para proteger animais selvagens salvam 45 rinocerontes

Há inúmeras razões que explicam o motivo pelo qual os cães são conhecidos como o melhor amigo do Homem. Além de leais e inteligentes, dão sempre o corpo às balas, mesmo nos piores momentos. Quarenta e …

Fez-se história. Foguetão da SpaceX lançado com sucesso rumo à EEI

O primeiro foguetão concebido e construído por uma empresa privada, a SpaceX, de Elon Musk, levando a bordo dois astronautas foi lançado este sábado na presença do Presidente do Estados Unidos, Donald Trump. O lançamento decorreu …

"A Rússia não permitirá a privatização da Lua", avisa Roscosmos

A Rússia não permitirá a privatização da Lua, independentemente de quem avance a iniciativa, avisou o chefe da agência espacial russa (Roscosmos), Dmitri Rogozin, em entrevista ao jornal Komsomólskaya Pravda. "Não permitiremos que ninguém privatize a …

Plataforma flutuante extrai energia das ondas, do vento e do Sol

A empresa alemã Sinn Power criou uma plataforma marítima flutuante capaz de gerar energia renovável a partir de ondas, vento e energia solar. A plataforma híbrida combina turbinas eólicas, painéis solares e coletores de energia das …

Balneários proibidos e 3 metros de distância. As regras da DGS para a prática de exercício físico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda uma distância mínima de três metros entre pessoas que pratiquem exercício físico, no âmbito das medidas de prevenção da pandemia de covid-19. A orientação, intitulada “Procedimentos de Prevenção e Controlo …

Astronautas da NASA já se preparam para voo histórico a bordo do foguetão da Space X

Dois astronautas da NASA já estão a equipar-se para o lançamento histórico de um foguetão concebido e construído pela empresa SpaceX, de Elon Musk, apesar de as previsões meteorológicas indicarem mais tempestades. Com o voo já …

Há dez anos, Portugal adotou a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo

Portugal adotou há 10 anos a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo, após um debate fraturante que remeteu para mais tarde a adoção de crianças por estes casais, possível apenas desde …