Portugal só ultrapassou uma de seis meias-finais

A seleção portuguesa de futebol só por uma vez, em seis tentativas, conseguiu alcançar a final de uma grande competição, o Euro 2004, que decorreu precisamente em solo luso, e tem na equipa de França a sua “besta negra”.

A 30 de junho de 2004, Portugal garantiu a única final da sua história ao bater a Holanda, por 2-1, em Lisboa, num encontro em Cristiano Ronaldo marcou o primeiro golo na altura da formação de Luiz Felipe Scolari. Maniche fez o segundo e Jorge Andrade, num lance infeliz, reduziu para a laranja mecânica.

Nessa tarde, no Estádio José Alvalade, a seleção lusa pôs fim a um registo de três derrotas seguidas em meias-finais – no Mundial de 1966 e nos Europeus de 1984 e 2000 -, mas a verdade é que, depois disso, já esteve em mais duas meias – no Mundial de 2006 e no Europeu de 2012 – e também ficou pelo caminho.

Em três ocasiões, Portugal apanhou a França, acabando sempre por cair perante os gauleses, duas das vezes em jogos dramáticos.

No Euro 1984, em Marselha, Platini mandou a seleção portuguesa para casa a um minuto do fim do prolongamento 3-2. De nada valeu o bis de Jordão, o segundo tempo já no tempo extra, e uma exibição fenomenal do guarda-redes Bento.

Dezasseis anos depois, novamente os franceses no caminho de Portugal, desta vez no Euro 2000, em Bruxelas, e com um penálti perto do final do prolongamento, agora marcado por Zidane, aos 117 minutos (2-1), aproveitando uma mão de Abel Xavier, num lance muito contestado pelos lusos.

No tempo regulamentar, Nuno Gomes colocou Portugal em vantagem, aos 19 minutos, mas Henry refez a igualdade, aos 51.

Ironia do destino, nova meia-final para a seleção portuguesa no Campeonato do Mundo de 2006, novo duelo com os franceses e com igual desfecho, embora desta vez não tenha sido necessário o prolongamento (1-0).

Em Munique, Zidane voltou a marcar de penalti, aos 33 minutos, depois de uma falta de Ricardo Carvalho sobre Henry, e resolveu a eliminatória.

A primeira presença de Portugal numa meia-final aconteceu em 1966, no Mundial de Inglaterra, com uma derrota perante os anfitriões, por 2-1, no Estádio de Wembley.

Em Londres, Bobby Charlton bisou para os ingleses, enquanto Eusébio reduziu para a seleção lusa já perto do final.

No último Campeonato da Europa, na Polónia e Ucrânia, em 2012, Portugal teve nova oportunidade de marcar presença numa final, mas acabou por cair perante a Espanha nas grandes penalidades.

Em Donetsk, depois do nulo, João Moutinho e Bruno Alves tremeram nos penáltis e acabaram por permitir o triunfo espanhol por 4-2.

Na quarta-feira, em Lyon, Portugal joga com o País de Gales a sétima meia-final da sua história, quinta em Campeonatos da Europa. O prémio é a final, frente à anfitriã França ou à campeã mundial Alemanha.

ZAP / Futebol365 / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Prémios e dados pessoais. Worten alerta clientes para falso SMS em circulação

A Worten alerta os clientes para não partilharem dados pessoais em resposta a mensagens publicitárias falsas que estão a circular por SMS em nome da retalhista, a anunciar um prémio. "Alertamos que não devem ser facultados …

GNR já passou 2200 coimas por falta de limpeza de terrenos. Mais de cem câmaras multadas

Mais de uma centena de câmaras municipais foram multadas por falta de limpeza de terrenos, sendo a ausência de tratamento nas margens das estradas e junto às linhas de distribuição elétrica a principal infração registada …

Presidente do Governo da Catalunha pede a Filipe VI que abdique

O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, pediu na terça-feira ao rei Filipe VI que abdique e solicitou ao presidente do parlamento que convoque uma sessão plenária extraordinária para estabelecer uma "posição comum" …

Virologista chinesa diz que novo coronavírus foi "criado em laboratório militar"

A virologista chinesa que fugiu para os Estados Unidos deu mais uma entrevista onde assegura que o novo coronavírus foi "criado num laboratório militar". Numa nova entrevista, citada pelo jornal online Observador, Li Meng-Yan, a virologista …

Ministério da Saúde abre 435 vagas para médicos de família

É o maior número de vagas dos últimos anos colocadas a concurso para a contratação de médicos especialistas em medicina geral e familiar para o SNS. De acordo com o jornal Público, o Ministério da Saúde …

MP brasileiro processa pastor por anunciar cura com feijões para a covid-19

O Ministério Público brasileiro pediu a abertura de um processo contra o pastor evangélico Valdemiro Santiago e a Igreja Mundial do Poder de Deus, que anunciaram a cura da covid-19 a partir do cultivo de …

Dívida do Estado à ADSE ascende a 200 milhões de euros

A dívida do Estado à ADSE, em 2019, ascendia a 198,2 milhões de euros, segundo o parecer do Conselho Geral e de Supervisão (CGS) ao relatório e contas do ano passado, publicado no site do …

Governo dos Açores violou Constituição ao impor quarentena obrigatória

O confinamento obrigatório de 14 dias que o governo regional dos Açores tem imposto a quem chega à região autónoma é inconstitucional, dizem os juízes do Tribunal Constitucional. As autoridades açorianas violaram a Constituição ao impor …

China caminha a passos largos para a normalidade. Gaming, cerveja e Ikea dão empurrão

A China não regista, desde 17 de maio, vítimas mortais causadas pelo novo coronavírus. No entanto, há dois surtos ativos que parecem não impedir a população de caminhar em direção à normalidade. À semelhança do resto …

No regresso ao Superior, o Ministério recomenda aulas presenciais, com máscara e ao sábado

No regresso do Ensino Superior, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior recomenda que voltem as aulas em regime presencial com uso obrigatório de máscara e algumas das quais lecionadas ao sábado. Num comunicado …