Portugal no “puzzle de enquadramento da jihad”, mas não como alvo

Zoriah / Flickr

-

O porta-voz do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo (OSCOT), Filipe Pathé Duarte, considera  que Portugal está no “puzzle de enquadramento” da jihad islâmica, não como alvo, mas como ponto de passagem.

De acordo com o responsável, existem duas conclusões sobre as notícias dos últimos dias, que dão conta da passagem de jovens britânicos por Portugal antes de rumarem às fileiras do Estado Islâmico na Síria, sendo que uma destas é precisamente o facto de o nosso país ser “ponto de passagem“.

“Naturalmente, longe de qualquer alarmismo, Portugal está enquadrado no ‘puzzle’ da própria jihad, não sendo alvo preferencial, mas acima de tudo como ponto de recuo e passagem, o que acaba por ser uma forma de podermos consciencializarmo-nos”, frisou Pathé Duarte.

Segundo o responsável, as autoridades portuguesas estão a agir “atempadamente e de acordo com aquilo que é pretendido perante o próprio nível de ameaça”.

A propósito, lembrou que Portugal é membro da NATO e da União Europeia, mas que se encontra no extremo ocidental da Europa, “fazendo fronteira com o Magrebe”.

O responsável considerou ainda que os jovens que são recrutados para a jihad pertencem a “franjas sociais que estão permeáveis na Europa”, reconhecendo que essa realidade não se encontra no nosso país.

“Por uma questão de proporcionalidade, as comunidades muçulmanas francesas, britânicas, alemãs ou holandesas são muito mais dilatadas que a portuguesa. A nossa é muito reduzida, estando perfeitamente inserida na sociedade”, sublinhou.

De acordo com Pathé Duarte, o facto de não haver recrutamento de jovens portugueses não quer dizer que, no âmbito da livre circulação da União Europeia, “alguém não circule e não venha cá cometer um atentado”, frisando que essa realidade há que ser tida em conta “permanentemente”.

A Procuradoria-Geral da República confirmou domingo a existência de vários inquéritos para investigar factos relacionados com o denominado Estado Islâmico, um dos quais investiga atividades desenvolvidas nos Açores.

Numa resposta enviada à agência Lusa, a PGR acrescenta que os inquéritos estão a cargo do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) e que um deles “investiga atividades desenvolvidas nos Açores“.

“Estes inquéritos encontram-se em segredo de justiça”, refere a PGR, sem acrescentar mais pormenores sobre o assunto.

Na quinta-feira passada, o Expresso divulgou a história de um açoriano que se preparava para ir para a Síria para integrar as fileiras da jihad, mas acabou travado pela Polícia Judiciária na Praia da Vitória.

No domingo, o Sunday Times voltou a abordar a história de um jovem de 22 anos identificado como Fabio Poças, emigrante português radicado em Londres, que terá ido para a Síria para se juntar ao Estado Islâmico

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …