Portugal “arrisca perder o corredor seguro” para o Reino Unido, alerta Filipe Froes

O aumento de casos de covid-19 nos últimos dias pode levar Portugal a ser excluído dos corredores seguros do Reino Unido e a uma reavaliação da data da declaração do estado de contingência, avisou hoje o pneumologista Filipe Froes.

Em declarações à Lusa, o coordenador do gabinete de crise covid-19 da Ordem dos Médicos (OM) deixou um alerta para a degradação da situação epidemiológica no país e para as possíveis consequências dessa situação a nível económico, num dia em que Portugal registou mais seis mortes e 401 novos casos confirmados de infeção nas últimas 24 horas, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) hoje divulgado.

“Demorámos tempo demais a ganhar o corredor turístico seguro para o Reino Unido e, como não maximizámos a capacidade de eliminar as cadeias de transmissão na comunidade, arriscamos voltar a perder o corredor”, afirmou o especialista, acrescentando: “A segunda vaga está a chegar e nós vamos lá chegar com menos capacidade do que desejávamos”.

Paralelamente, Filipe Froes sublinhou também que o “aumento paulatino do número de novos casos precede em uma a duas semanas a subida do número de internamentos hospitalares e internamentos em cuidados intensivos”, sem deixar de realçar a necessidade de utilização de métricas comuns para a comparação da evolução da pandemia com os outros países europeus.

O Conselho de Ministros anunciou na quinta-feira a passagem de todo o território continental a estado de contingência em 15 de setembro, para que se possam definir as medidas necessárias “em cada área para preparar o regresso às aulas e o regresso de muitos portugueses ao local de trabalho”, segundo a ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva. Confrontado com a medida do governo, o pneumologista não descartou uma revisão da data.

“A manter-se este aumento contínuo dos últimos dias, poderá ter de ser reavaliada a data da declaração de estado de contingência. Não basta dizer que se quer antecipar, deve ser reavaliada de acordo com a evolução diária dos casos”, referiu.

Filipe Froes reiterou a importância de traçar uma estratégia de antecipação no combate ao coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a doença covid-19, e abriu a porta a uma possível generalização do uso da máscara.

“Deveríamos tomar todas as medidas para partirmos para uma eventual segunda vaga mais bem preparados. Uma medida que tem de ser equacionada é a utilização permanente da máscara nos espaços públicos abertos”, observou, elencando ainda outras medidas, nomeadamente “a realização de testes de diagnóstico precoce nos contactos de alto risco de todos os casos confirmados” e a simplificação do “licenciamento e da aquisição de novos testes de diagnóstico”.

Em Portugal, morreram 1.815 pessoas das 57.074 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O Hawaii quer remover a sua "escadaria para o paraíso" - e a culpa é dos turistas

Em causa estão preocupações com a segurança e vandalismo, que têm aumentado com a explosão de popularidade da escadaria Ha‘ikū nas redes sociais. É caso para dizer que a Stairway to Heaven vai para o inferno …

Inventou o ZX Spectrum e mudou o mundo. Morreu Clive Sinclair

O empresário britânico e inventor do computador doméstico ZX Spectrum, Clive Sinclair, morreu hoje aos 81 anos na sua casa, em Londres (Reino Unido), devido a doença prolongada, informou a filha ao jornal “The Guardian”. Morreu …

Esta torre construída na Suécia não é gigante em altura, mas em sustentabilidade

Para além de ser feito de um material sustentável — fornecido por florestas locais com gestão consciente e transformado por uma serração nas proximidades, o Centro Cultural dispõe de múltiplas tecnologias que fazem dele mais …

Empresa canadiana debaixo de fogo por publicar anúncios de emprego destinados a não vacinados

Uma empresa de canoagem, sediada no Canadá, está debaixo de fogo depois de ter colocado anúncios de emprego destinados, exclusivamente, a pessoas não vacinadas contra a covid-19. "Por favor, NÃO se candidate se tiver tomado quaisquer …

Disparam ataques a jornalistas. Bruxelas insta países da UE a aumentar proteção

Os países da União Europeia (UE) foram instados por Bruxelas a tomar medidas para proteger os jornalistas, após um aumento no número de ataques a membros da imprensa. A Comissão Europeia exortou os governos a criarem …

Facebook e Google criticados por anúncios de "reversão do aborto"

O Facebook já veiculou anúncios de "reversão do aborto" 18,4 milhões de vezes desde janeiro de 2020, de acordo com um relatório do Center for Countering Digital Hate (CCDH), promovendo um procedimento "não comprovado, antiético" …

Líder militar dos EUA temeu que Trump iniciasse guerra nuclear com a China - e chegou a ligar aos chineses

As revelações aparecem em Peril, o novo livro de Bob Woodward e Robert Costa sobre os bastidores da Casa Branca. Trump já respondeu. O General Mark Milley, o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas dos EUA, …

França suspende 3.000 profissionais de saúde que recusaram vacina contra covid-19

A França suspendeu 3.000 profissionais de saúde sem remuneração por se recusarem a tomar a vacina contra a covid-19, revelou o ministro responsável pela pasta, Olivier Véran. Segundo Véran, citado esta quinta-feira pelo Guardian, "várias dezenas" …

Austrália, Reino Unido e EUA assinam pacto de defesa para conter China

A Austrália, os Estados Unidos (EUA) e o Reino Unido anunciaram o "Pacto de Aukus", que visa frente às pretensões territoriais da China no Indo-Pacífico e envolverá a construção de uma frota de submarinos com …

Governo tem margem de 1600 milhões de euros nas negociações do Orçamento

Os dados são de um relatório do Conselho das Finanças Públicas, que deixa alertas para que o executivo não se estique muito no aumento da despesa e no corte à receita. Segundo escreve o Público, o …