Portugal insiste na candidatura à liderança da CPLP

Apesar do veto dos países africanos e do Brasil, Portugal não vai ceder à pressão e quer avançar na mesma com uma candidatura à liderança da CPLP.

O Governo português vai avançar com a candidatura à liderança da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, independentemente do ataque feito ultimamente pelo seu atual dirigente, avança hoje o Diário de Notícias.

O moçambicano Murade Murargy, neste momento o secretário executivo da CPLP, tem invocado que o país em que está a sede da organização não se pode candidatar à direção, invocando a existência de um “acordo de cavalheiros” durante a constituição da organização.

Em declarações ao DN, fonte oficial do ministério dos Negócios Estrangeiros diz não ter conhecimento de “nenhum acordo verbal” sobre essa questão.

De acordo com o jornal Sol, este “veto” a Portugal também terá o apoio de Angola e do Brasil e, em declarações à agência Lusa, ontem o primeiro-ministro de Cabo Verde, José Maria Neves, também alinhou nessa posição.

O atual ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, já deu o sinal de que não vai ceder à pressão dos outros países da organização.

No arranque do seu mandato, o ministro deixou bem claro que a CPLP “está no topo das nossas prioridades” e, em particular, este ano por se celebrar “os 20 anos da sua fundação, em que se espera a aprovação da sua nova visão estratégica e em que cabe a Portugal apresentar a candidatura ao cargo de secretário executivo”, disse, citado pelo semanário.

Também o ex-ministro dos Negócios Estrangeiros, António Monteiro, confirmou a posição do atual titular da pasta e refuta as declarações de Murargy.

“Eu estive na fundação da CPLP e não houve qualquer acordo nesse sentido. A decisão, aprovada por unanimidade e que consta dos estatutos, foi que a escolha do secretário executivo seria por rotatividade, por ordem alfabética dos países membros”, salienta o embaixador, citado pelo DN.

O social-democrata lembra ainda que foi também por “unanimidade” que ficou acordado que “a sede da organização fosse em Portugal”.

Neste momento, há pelo menos três nomes que estão a ser falados para ocupar o cargo, entre eles Vítor Ramalho, atual presidente da Unidade de Cidades Capitais de Língua Portuguesa, João Gomes Cravinho, diplomata e ex-secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação do PS, e Luís Campos Ferreira, que ocupou o mesmo cargo, no Governo liderado por Passos Coelho.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Esta escumalha africana corrupta (e brasileira) não tem mesmo vergonha nenhuma e até quer tomar de assalto a CPLP!…
    Daqui a pouco são capazes de dizer que Portugal nada tem a dizer sobre a CPLP!…

    • Só faltava mesmo mais essa!!
      Mas, tendo em conta que apenas Portugal foi contra, e o Brasil e a Angola tudo fizeram para pôr à Guiné Equatorial na CPLP, não admira que agora sejam os primeiros agora a votar contra Portugal na liderança da CPLP…
      A CPLP, deixou de ser uma comunidade países de Língua Portuguesa para se tornar uma comunidade de mafiosos africanos e brasileiros!!
      Quando se lida com escumalha, não é fácil… mas Portugal tem que manter a sua posição ou a CPLP vai acabar mal…

  2. Será que os “políticos portugueses KKKKKKKK” não percebem que o resto do planeta já percebeu como o sistema funciona ? Os países afetados por merdices e não são nada poucas, não querem desordeiros a mandar em determinados organismos chave.

Responder a ELE Cancelar resposta

Todo o Universo primitivo pode ter estado a girar em múltiplas direções

Novas evidências sugerem que todo o Universo primitivo esteve a girar como um planeta ou uma galáxia, deixando um rasto que ainda é visível nos céus. De acordo com o New Scientist, a nova teoria baseia-se …

Nicotina contribui para cancro do pulmão formar metástases no cérebro

A nicotina, uma substância não carcinogénica presente no tabaco, contribui para que o cancro no pulmão se dissemine no cérebro, formando metástases, concluiu um estudo publicado na revista Journal of Experimental Medicine. Uma equipa de investigadores …

Nas montanhas suíças, há quartos de hotel sem paredes nem teto

Dois artistas concetuais suíços criaram sete "quartos de hotel" ao ar livre, sem paredes nem teto, mas com vistas para as montanhas da Suíça e de Liechtenstein. A dupla suíça, os irmãos gémeos Frank e Patrik …

Risco de segunda vaga de covid-19 é alto em França

Um estudo publicado esta sexta-feira revela que a chamada "imunidade de grupo" está longe de ser alcançada em França. O risco de uma segunda vaga de covid-19 em França é "extremamente elevado", de acordo com um …

Desvendado mistério das cartas censuradas entre a rainha Maria Antonieta e o seu suposto amante

A natureza da relação entre a rainha Maria Antonieta e o conde sueco Axel de Fersen continua a intrigar os historiadores há mais de um século. Eram realmente amantes? Agora, graças a uma nova análise …

Ministra do Madagáscar afastada por querer gastar 1,8 milhões em rebuçados para disfarçar sabor de "Covid-Organics"

A ministra da Educação do Madagáscar foi destituída esta quinta-feira, depois de ter proposto gastar 1,8 milhões de euros em rebuçados, para distribuir em escolas e atenuar o sabor de uma infusão para a covid-19. A …

Santa Clara 3-2 SC Braga | Açorianos estreiam-se na nova casa com vitória sobre os minhotos

O Santa Clara venceu hoje o Sporting de Braga por 3-2, em jogo da 25.ª jornada da I Liga de futebol em que se assinalou também a estreia da Cidade do Futebol como palco de …

O maior e mais antigo monumento Maia já conhecido foi descoberto no México

O maior e mais antigo monumento já conhecido construído pela civilização Maia, batizado como Aguada Fénix, foi encontrado no sudeste do México. De acordo com o site New Scientist, o Aguada Fénix é uma enorme …

Twitter bloqueia vídeo de campanha de Donald Trump com tributo a George Floyd

O Twitter bloqueou um vídeo de tributo a George Floyd feito pela campanha de reeleição do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A rede social colocou um rótulo no vídeo da página da conta @TeamTrump, dizendo …

Depois da covid-19, poder haver uma outra doença respiratória à nossa espera

Com o desconfinamento, vamos gradualmente regressando ao normal, mas agora possivelmente com um novo inimigo. A doença dos legionários pode estar escondida nos edifícios que deixamos para trás. Surtos globais de coronavírus forçaram o encerramento de …