Portugal “não faz gestão ativa” das áreas protegidas. “É como uma carroça com rodas quadradas”

ZéMarks / Flickr

Serra da Peneda, Parque Nacional da Peneda-Gerês

Um relatório do Conselho Nacional do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável conclui que Portugal “não faz uma gestão ativa” das áreas protegidas.

Um grupo de trabalho coordenado pelo conselheiro João Joanaz de Melo concluiu que 75% dos habitats e 62% das espécies — sobre os quais existe informação em Portugal — encontram-se em “estado mau ou desfavorável”.

“Muito pouco do que se pratica é gestão efetiva do território e dos seus valores patrimoniais”, critica o conselheiro Miguel Araújo, citado pelo Expresso, sublinhando ainda a “ausência de gestão ativa das áreas protegidas”.

Isto acontece não só pela falta de meios humanos e financeiros, mas também por outras razões, entra as quais a extinção da figura de diretor de área protegida e a passagem dos planos de ordenamento dos parques e reservas naturais a ‘programas’.

“É como pôr uma carroça a andar com rodas quadradas”, atira Joanaz de Melo.

Para o Conselho Nacional do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável (CNADS), a prioridade é pôr Portugal no caminho defendido pelo Pacto Ecológico Europeu.

O documento propõe ao Governo e à Assembleia da República um conjunto de propostas neste sentido: reforçar o papel do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF); dotar as áreas protegidas de uma equipa técnica própria; e criar meios e instrumentos para cumprir uma gestão eficiente.

De maneira a financiar este investimento, o CNADS propõe a aplicação de taxas turísticas ou de portagens para não residentes.

“Se é possível no parque de Doñana ou nos Picos da Europa, em Espanha, e em vários parques nos EUA, e se cá já é aplicado €1 para atravessar a Mata da Albergaria, no Parque Nacional do Gerês, porque não há de ser possível noutras áreas protegidas?”, pergunta Joanaz de Melo.

Por sua vez, Miguel Araújo argumenta que “o país que inventou a Via Verde pode com certeza criar um mecanismo para cobrar aos utentes o uso das áreas protegidas”.

Os conselheiros relembram ainda que os proprietários devem perceber que “proteger a natureza é tão ou mais rentável que destruí-la”.

“O modo como as áreas protegidas têm sido geridas em Portugal não se coaduna com as novas condições e necessidades, nem responde aos atuais desígnios europeus”, lê-se no relatório divulgado esta sexta-feira.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Tratam-nos assim por causa da cor da nossa pele". Polícias nos EUA filmados a chicotear migrantes

Fotos e vídeos mostram polícias na fronteira a carregar contra migrantes e a usar objectos semelhantes a chicotes. A Casa Branca já condenou a situação e promete que vai investigar o sucedido. Pareciam imagens do tempo …

Benfica: a principal ameaça na Liga dos Campeões será Darwin

Pelo menos é a visão catalã. Benfica é o próximo adversário do Barcelona. Mais um jogo, mais uma vitória. O Benfica só sabe ganhar no campeonato português, para já, e na noite passada venceu em casa …

Estado vai financiar formação de funcionários públicos em universidades e politécnicos

Verbas destinadas ao projeto provêm do Orçamento do Estado e do Plano de Recuperação e Resiliência — cerca de 600 milhões. O Estado vai financiar, inteira ou parcialmente, as formações profissionais dos profissionais públicos, através do …

Sevilha rescinde com jogador por má forma física

O Sevilha anunciou a rescisão de contrato com o defesa-central Joris Gnagnon por falta de profissionalismo relativamente à sua forma física. De acordo com o jornal A Bola, o Sevilha rescindiu contrato com o defesa-central francês …

"O nosso Governo está pronto". Trudeau volta a ganhar as eleições - mas sem maioria absoluta

O líder do Partido Liberal do Canadá (LP) Justin Trudeau disse hoje, depois de ganhar as eleições gerais do país, que os eleitores canadianos escolheram "um plano progressivo" e que está pronto para formar um …

Travar margens nos combustíveis pode acabar por prejudicar os consumidores (e até fechar bombas)

A proposta de lei do Governo aprovada, na semana passada, para a limitação das margens das petrolíferas nos preços dos combustíveis pode acabar por travar a concorrência e até levar ao encerramento de bombas de …

"Nunca se pode tirar Messi" (mas há um gesto que pode explicar a sua substituição)

A substituição de Messi, e a forma como reagiu, no jogo entre o Paris Saint-Germain e o Lyon da Liga francesa, continua a dar que falar. E agora avança-se a possibilidade de o craque argentino …

Médicos querem que norma de isolamento tenha em conta a atual taxa de vacinação

Com o regresso às aulas, médicos de saúde pública defendem a revisão da norma referente ao isolamento de contactos de risco, para que esta tenha em consideração a elevada taxa de vacinação. O ano letivo arrancou …

Com Moedas como alvo e Temido como "guardiã", Medina prometeu um novo futuro para Lisboa

O candidato da coligação PS/Livre à presidência da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, acusou a direita de ambicionar nas autárquicas de domingo “a segunda volta do jogo que perdeu na disputa do poder legislativo”. Fernando Medina …

Descoberto sistema de esgotos intacto construído por romanos há 2.000 anos

Uma equipa de arqueólogos turcos encontrou um sistema de esgotos perfeitamente intacto na antiga cidade de Tripolo no Meandro. A infraestrutura foi construída por romanos. A antiga cidade de Tripoli no Meandro — também conhecida por …