/

Portugal e Espanha avançam com candidatura conjunta ao Mundial 2030

1

FPF

Fernando Gomes (E) e Luis Rubiales (D).

Portugal e Espanha deverão avançar com uma candidatura conjunta para organizarem o Campeonato do Mundo de futebol de 2030.

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, e o presidente da Real Federação Espanhola (RFEF), Luis Rubiales assinaram o protocolo que formaliza a candidatura.

O encontro entre presidentes decorreu em Alvalade, antes do jogo de preparação entre Portugal e Espanha, e veio reforçar a união de forças para impulsionar a candidatura conjunta à organização do Mundial 2030, lê-se no comunicado divulgado no site da FPF.

Os dois representantes procuraram estabelecer “estratégias comuns e plataformas de cooperação a nível técnico e de organização de eventos desportivos”. As duas federações prometem unir esforços também em diversas áreas, tais como responsabilidade social e na troca de experiências e conhecimentos.

“A vontade das duas federações é unirem esforços no sentido de trabalhar em conjunto para vir a apresentar um projeto conjunto para termos o Mundial de 2030 em Portugal e Espanha. Esta era o passo e a formalização necessária para estabelecermos um plano de trabalho para termos hipótese de trazer aos nossos países a realização do Mundial”, disse Fernando Gomes, presidente FPF.

“É um passo importante. Nada pode gerar mais expetativa como aspirar no futuro a organizar um Mundial. Vamos de mãos dadas com Portugal, não existe melhor companheiro de viagem. Com muita humildade e também muito trabalho, acho que vamos conseguir muitas coisas juntos”, disse, por sua vez, Luis Rubiales.

  ZAP //

1 Comment

  1. Isso é muito bonito. Parabéns Portugueses e Espanhóis! De braços dados em projetos comuns. É assim que deve ser entre duas nações velhas conhecidas, com histórias boas e más. Que reine a amizade entre os povos em geral.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.