Portugal é primeiro país do mundo a pensar nos banhistas daltónicos

Doze praias de Torres Vedras são as primeiras no mundo a ter um sistema de informação para banhistas daltónicos, que foi este sábado inaugurado no arranque da época balnear.

A câmara de Torres Vedras adotou o sistema internacional de identificação de cores, ColorADD, desenvolvido pelo designer Miguel Neiva, nas bandeiras e nos contentores de recolha seletiva de resíduos das praias Azul, Centro, Física, Formosa, Mirante, Navio, Pisão, Santa Helena, Santa Rita-Norte, Santa Rita-Sul, Foz do Sizandro e Porto Novo.

“Nas praias temos as bandeiras, de várias cores, e ter uma bandeira que ajuda as pessoas daltónicas a poderem saber as condições do mar pode parecer um projeto pequeno, mas é um ato extraordinário de integração”, defendeu a secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Catarina Marcelino, à agência Lusa.

A secretária de Estado lembrou que a dificuldade de não conseguir identificar as cores “é uma perturbação muito grande no dia-a-dia de qualquer pessoa e leva à exclusão social de pessoas, ao bullying nas escolas e ao insucesso escolar e social”, sublinhando que, por isso, é “um projeto que ajuda à inclusão de pessoas e a ter uma sociedade mais igual”.

Para a governante, trata-se de um projeto de inclusão social e contribuiu para ter uma sociedade “mais igual”, já que se estima que 10% dos homens são daltónicos, enquanto o daltonismo afeta apenas 0,5% das mulheres em todo o mundo, sendo por isso um problema também de género.

O sistema de informação para daltónicos, que no areal das praias se torna visível com mais uma bandeira hasteada, na qual se inscreve um símbolo identificativo da respetiva cor, foi implementado nas praias Azul, Santa Cruz Centro, Física, Formosa, Mirante, Navio, Pisão, Santa Helena, Santa Rita-Norte, Santa Rita-Sul, Foz do Sizandro e Porto Novo.

Com o projeto, o município pretende que “ninguém fique de fora, se necessitar de ir ao banho”, disse o presidente da câmara, Carlos Bernardes.

ColorADD

Lápis de cor com o sistema de identificação de cores ColorADD

Lápis de cor com o sistema de identificação de cores ColorADD

A ideia foi concebida pelo designer Miguel Neiva já em 2000, mas só em 2008 veio a concluir o projeto de investigação dedicado a este código de identificação de cores para daltónicos, que até agora se disseminou por 60 países.

O código é baseado nas três cores primárias, representadas através de símbolos gráficos. Mediante o conceito de adição de cores, torna-se bastante fácil relacionar os símbolos respetivos e, desta forma, identificar toda a paleta de cores. O branco e o preto surgem apenas para orientar as cores para as tonalidades claras e escuras.

Contudo, o ColorADD só chegou esta semana às praias em todo o mundo, sendo as de Torres Vedras as primeiras praias inclusivas do mundo.

Bom Dia

PARTILHAR

RESPONDER

O Bennu "esconde" diferentes pedaços de outros asteróides na sua superfície

A espaçonave OSIRIS-REx da NASA avistou algumas rochas de cor estranhamente clara na superfície do asteróide Bennu. Depois de algumas investigações, os cientistas descobriram a razão: são fragmentos de um asteróide totalmente diferente e muito …

A Família Real inglesa vai ter um novo membro (e será já no início de 2021)

A Rainha Isabel II vai ter mais um bisneto. A princesa Eugénia anunciou hoje, através das redes sociais, que está à espera do seu primeiro filho. Também a Casa real já se pronunciou sobre a …

Google Maps vai localizar e mapear áreas de contágio de covid-19

O Google Maps, 'website' e aplicação de cartografia da gigante norte-americana Google, vai poder revelar nos mapas, consultados por utilizadores, as áreas de infeção da covid-19. “Ao abrir o Google Maps, clique na guia à direita …

Cabra com mais de 400 anos encontrada mumificada numa montanha de gelo

Uma cabra morta há mais de 400 anos foi descoberta por um esquiador, em Val Aurina, em Itália. Hermann Oberlechner, alpinista e campeão de esqui, estava a caminhar quando encontrou algo invulgar e inesperado no …

Norte-americano morre após overdose de guloseimas

Um homem de 54 anos morreu na sequência de uma paragem cardíaca causada por hipocaliemia severa. A ingestão de alcaçuz preto em altas quantidades é apontada como a causa da morte. Um norte-americano de 54 anos, …

Cidade brasileira de Manaus pode já ter atingido a imunidade de grupo

Um estudo liderado pela Universidade de São Paulo, no Brasil, sugere que a cidade brasileira de Manaus, a capital do estado do Amazonas, pode já ter atingido a imunidade de grupo para o novo coronavírus …

Segunda vaga da covid-19 aumenta fosso entre ricos e os pobres em Madrid

A capital de Espanha foi a mais atingida da Europa ao nível de contágios e mortes por covid-19, situação que levou a presidente da Comunidade de Madrid, Isabel Díaz Ayuso, a decretar o bloqueio parcial …

Sobrinho de Pablo Escobar terá encontrado 18 milhões escondidos na parede do apartamento do traficante

Um sobrinho do traficante colombiano Pablo Escobar disse que encontrou 18 milhões de dólares em dinheiro escondidos dentro de uma parede de um dos apartamento do seu tio. De acordo com o jornal britânico The Independent, …

Bebé nasce durante voo (e companhia aérea oferece-lhe "passagem vitalícia")

Foi durante uma viagem de avião que uma menina resolveu vir ao mundo A mãe da bebé viajava num voo da Egyptair quando entrou em trabalho de parto e teve direito a um presente inesperado. …

Pelo menos 22 mortos em queda de avião militar na Ucrânia

Pelo menos 22 pessoas morreram, esta sexta-feira, na queda de um avião militar no este da Ucrânia, entre as quais estudantes de uma escola militar, havendo ainda registo de dois feridos graves. "Vinte mortos e dois …